PM prende 5 pessoas por tráfico de drogas; entre eles, 2 menores

1126
Drogas foram localizadas com o apoio do canil da Polícia Militar (foto: Polícia Militar)

Na tarde de sábado, 4, uma equipe da 2ª Cia. da Polícia Militar prendeu três pessoas, de 30, 27 e 26 anos, e apreendeu dois adolescentes, um de 14 e outro de 16 anos, suspeitos de tráfico de drogas, no Jardim Gonzaga.

Conforme o boletim de ocorrência, foram apreendidos 406 porções de cocaína, um tijolo de maconha e 20 pedras de crack. Além de dinheiro, havia anotações de contabilidade do tráfico e balanças de precisão.

De acordo com a PM, uma guarnição recebeu denúncias de que um foragido da Justiça estava embalando drogas para vender e saiu em busca dos acusados. No local, uma equipe suspeitou de um homem que estaria no corredor de uma casa e teria tentado fugir ao perceber a aproximação da viatura.

No imóvel, os agentes localizaram mais dois homens e dois adolescentes, que estariam embalando drogas. Eles teriam corrido para o banheiro, onde jogaram entorpecentes no sanitário e tentavam acionar a descarga, durante a abordagem dos militares.

Na moradia, os agentes informam ter encontrado uma sacola contendo 406 pinos de cocaína, uma porção a granel da mesma droga, diversos pinos vazios, embalagens plásticas, duas balanças de precisão, duas folhas de contabilidade, R$ 33 em dinheiro e quatro celulares.

Ainda dentro do sanitário, foram recuperadas dezenas de pedras de crack já embaladas, algumas ainda brutas, as quais estavam sendo fracionadas. Com apoio do Canil, os militares localizaram mais pedras de crack a granel, ao lado do sanitário e embaixo de um móvel, e um tijolo de maconha com cerca de 400 gramas.

Edson Donizeti Vieira de Mendonça, 30, Sérgio Fernando Ferraz Junior, 26, e Bruno Wellington Ferraz Santos, 27, receberam voz de prisão e devem responder por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Os adolescentes foram autuados por ato infracional.

As cinco pessoas foram conduzidas à Delegacia Central, onde permaneceram recolhidas à disposição da Justiça.