Parceria resultará em plano de levar coleta ao bairro Congonhal

487
Publicidade

Além da recuperação da estrada principal, que deverá passar por reperfilamento a partir da segunda metade deste mês, o bairro Congonhal poderá ser contemplado com um novo projeto. É o que antecipou a O Progresso o secretário municipal de Governo, Luiz Gonzaga Vieira de Camargo.

De acordo com ele, a Prefeitura estabeleceu parceria com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para o desenvolvimento de um plano. A intenção é levar o sistema de coleta de esgoto até o bairro.

O Executivo costurou o entendimento em reunião na manhã do dia 29 de novembro, no paço municipal. Na ocasião, representantes da companhia assumiram compromisso de desenvolver projeto de saneamento básico.

A parceria terá a contribuição do vice-prefeito Luiz Paulo Ribeiro da Silva. Ele ficará encarregado de acompanhar a confecção da proposta. A Prefeitura espera utilizar o conhecimento técnico de engenheiros da companhia para apresentar um projeto viável junto ao CBH-SMT (Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê), para pleitear recursos.

“O Congonhal é, atualmente, o bairro mais problemático que temos no município”, declarou a prefeita Maria José Vieira de Camargo, ao anunciar a parceria.

Publicidade

De acordo com ela, a localidade precisa ter demandas atendidas em função do adensamento populacional. “Além da estrada, há um problema de esgoto seríssimo lá, e que pretendemos resolver com essa união”, complementou.

Uma vez concluído o projeto, a Sabesp deve entregá-lo à Prefeitura. O Executivo, por sua vez, vai remetê-lo ao comitê para pleitear recursos do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos).

“Esse órgão tem dinheiro para ser investido em saneamento básico, só o que é preciso é o projeto. Como a Sabesp tem capacidade técnica, ela vai nos auxiliar na questão”, antecipou Gonzaga.

Conforme o secretário, ainda não há previsão da conclusão da propositura. Atualmente, o esgoto produzido pelas propriedades é despejado em fossas negras. Algumas delas destinam os dejetos no meio ambiente.

Publicidade