Orquestra Jovem do Estado realiza apresentação gratuita no ‘Procópio Ferreira’

912
Conjunto regido por Cláudio Cruz toca obras de Mozart, Nielsen e Stravinsky (crédito: Heloisa Bortz)

O teatro “Procópio Ferreira” recebe neste sábado, dia 16, o concerto da Orquestra Jovem do Estado, com regência de Cláudio Cruz. O clarinetista Bruno da Silva Ghirardi, vencedor do concurso Jovem Solista 2017 e ex-aluno do Conservatório de Tatuí, faz um solo durante a apresentação, que começa às 16h e tem entrada gratuita.

Bruno faz solo na peça “Concerto para Clarinete”, do dinamarquês Carl Nielsen (1865-1931). Depois a orquestra ainda executa “Abertura de Don Giovanni”, do alemão Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791), e “Petrushka”, do russo Igor Stravinsky (1882-1971).

O MAESTRO

Cláudio Cruz iniciou-se na música com o pai, o luthier João Cruz. Foi premiado pela Associação Paulista de Críticos de Artes, Prêmio “Carlos Gomes”, Prêmio “Bravo” e Grammy Awards.

Atuou como spalla da Osesp, foi diretor musical da Orquestra de Câmara Villa-Lobos e regente titular das Sinfônicas de Ribeirão Preto e Campinas.

Regeu a Orquestra de Câmara de Osaka, New Japan Philharmonic, Hyogo Academy Orchestra, Svogtland Philharmonie (Alemanha) e Jerusalem Symphony Orchestra.

É regente titular e diretor musical da Orquestra Jovem do Estado, diretor artístico da Oficina de Música de Curitiba e primeiro violino do Quarteto de Cordas Carlos Gomes.

O SOLISTA

Bruno da Silva Ghirardi ingressou em 2009 no Conservatório de Tatuí, onde estudou com Ely Jacob Hessel e Max Ferreira. Atuou como aluno bolsista na Banda Sinfônica e Orquestra Sinfônica na instituição.

Durante o ano de 2016, foi spalla da Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo. Recentemente, recebeu bolsa para participar da Mattheiser Sommer-Akademie, em Bad Sobernheim, na Alemanha, onde teve aulas com o professor Ralph Manno.

Atualmente é clarinetista da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e integra o quinteto de clarinetes Viajando pelo Brasil, que se apresentou em Cuba e vem recebendo convites para tocar em diversos festivais internacionais.

É aluno da professora Paula Pires na Emesp “Tom Jobim” e cursa o terceiro ano do bacharelado em música pela ECA-USP, sob orientação do professor Luís Afonso Montanha.