O invicto Tricolor

542





O mais querido não tomou conhecimento de ninguém e voltou da Europa invicto, mostrando sempre um grande futebol. Naquela inesquecível excursão, o São Paulo do treinador Oto Vieira esnobou em cima de adversários renomados.

 

Por exemplo, a formação da foto, inapelavelmente, sapecou 3 a 1 no Borrusia Dortmund, em maio de 1964. Ganhou nove partidas e empatou três vezes.

 

Clubes daqui se aproveitavam, pelo fato de o Brasil ser o “bi” mundial, e as excursões eram constantes. Todos queriam, afinal, ver esse futebol tão maravilhoso que, de fato, o país apresentava.

 

Tricolor esteve na antiga Tchescolováquia, Alemanha, França, Bélgica, Rússia e encerrou na Itália, ganhando por 1 a 0 do Milan – sua longa viagem nos meses de maio e junho daquele ano.

 

Enquanto isso, uma equipe considerada mista cumpria sua jornada por aqui, disputando o torneio Rio-São Paulo. Em pé: De Sordi, Bellini, Jurandir, Riberto, Suli e Sudaco. Agachados: Faustino, Del Vecchio, Benê, Bazaninho e Valdir.

 

Curiosamente, Bazaninho, nos anos 1980, esteve algumas partidas vestindo a camisa do XI de Agosto aqui de Tatuí, quando este disputou o campeonato paulista da terceira divisão de profissionais. Grande tricolor, sempre com histórias inesquecíveis do futebol.

 

NOTA: As fotos são do arquivo pessoal do autor, que data de 50 anos. Ele, como colecionador e historiador do futebol, mantém um acervo não somente de fotos, mas de figurinhas, álbuns, revistas, recortes e dados importantes e registros inéditos e curiosos do futebol, sem nenhuma relação como os sites que proliferam sobre o assunto na rede de computadores da atualidade