Novo paço municipal é tido como modelo de sustentabilidade

5
Comdema em visita no novo paço municipal (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da redação

O Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema) realizou nesta quarta-feira, 25, a primeira – antecipada pela assessoria de comunicação do Executivo como uma de “muitas” – visitas técnicas em locais públicos com o intuito de “gerar conhecimento, capacitar e atualizar seus integrantes sobre as condições atuais de alguns pontos ambientalmente relevantes para o município”.

Essa primeira visita foi no novo paço municipal. Projetado e construído para ser modelo em sustentabilidade, o prédio contém itens, em sua edificação, que procuram promover a economia de recursos, como água (torneiras com redutor de vazão ou temporizador, evitando o desperdício, válvulas de descarga com duplo acionamento, reduzindo em 50% o consumo de água no sanitário; e  sistema de captação de águas pluviais usadas para irrigação) e energia elétrica (pisos e paredes claras, ventilação cruzada, janelas e portas de vidro, cinturão de árvores, iluminação com lâmpadas LED, aparelhos que reduzem o gasto energético e placas de captação de energia solar).

O paço municipal também possui a estrutura “brise soleils”, que auxilia no controle, “de forma passiva”, da temperatura em ambientes, promovendo sombreamento e ventilação cruzada.

Além disso, a edificação sustentável busca incentivar a redução de resíduos, por meio da coleta seletiva, permitindo a acessibilidade (rampas e demais itens que facilitam o acesso e a circulação de todos em suas dependências, valorizando a inclusão) e a mobilidade urbana alternativa (com a instalação de bicicletários, incentivando a “carona solidária”).

O entorno do prédio possui área permeável gramada e as vias de acesso têm piso intertravado, que permite a infiltração das águas pluviais, ou seja, o abastecimento dos lençóis freáticos e a diminuição da percolação da água superficial.

Publicidade

“Os itens fazem parte de um exemplo de elementos e de práticas que uma edificação sustentável potencialmente tem que possuir. É função da gestão ambiental do Executivo incentivar a instalação e a aquisição gradual destes elementos que promovam a melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente, em todos os prédios municipais. Por isso, é importante que os membros do Comdema sejam parceiros na difusão destas informações e deste conhecimento”, comentou a conselheira Marceli Fernandes Lazari, que também destaca que “as visitas técnicas capacitam os integrantes do conselho, estimulando a participação e a troca de informações”.

Quem se interessar em implantar itens e práticas sustentáveis em sua edificação pode entrar em contato com a equipe da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 14h. A sede da pasta está situada na rua Chiquinha Rodrigues, 909, vila Dr. Laurindo. Mais informações: (15) 3205-1082.

Próximas visitas

O Comdema, em sua agenda, tem visitas programadas para os locais: ecopontos municipais (urbanos e rurais), no mês de setembro; Cooperativa de Reciclagem de Tatuí (Cooreta), em outubro, para verificar as evoluções e os entraves junto aos cooperados, bem como analisar projetos e programas em andamento; sistema de automação da Fatec Tatuí e as parcerias do setor, como os pluviômetros usados pela Defesa Civil (Compdec), em novembro; e, por fim, sistema de captação de água, além de projetos e programas realizados pela Sabesp no município, no mês de dezembro.

Publicidade