Novas ambulância do Samu serão regularizadas no prazo de 20 dias

258
Publicidade





AC Prefeitura / Evandro Ananias

Veículos incorporados à frota do serviço devem começar a circular pelas ruas no mês que vem

 

As três novas ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) devem começar a circular pelas ruas da cidade em 20 dias. Esta é a expectativa da coordenadora da unidade tatuiana, Andreia Fonseca.

Os veículos, atualmente, passam pelo processo de regulamentação de documentos. De acordo com a coordenadora, as ambulâncias ainda precisam ser emplacadas e, segundo ela, essa é “a parte mais demorada”.

Publicidade

Com a chegada dos carros para atendimento de emergência, o Samu tatuiano contará com cinco ambulâncias. Andreia explicou que o carro alugado pela corporação será devolvido.

“Devido ao aumento populacional da cidade e, consequentemente, o maior número de atendimentos ao público, foi necessário o aluguel desse veículo”, disse a coordenadora.

Com um carro a mais, Andreia espera prestar melhor atendimento à população. “Em setembro, tivemos aproximadamente 900 ocorrências por mês, e temos uma fila de espera pelo atendimento”, explicou.

A coordenadora do Samu disse que uma ambulância será utilizada como “reserva técnica”. O objetivo é colocá-la em atividade quando os outros veículos estiverem em manutenção ou em revisão.

Ela também afirmou que os funcionários do Samu já estão preparados para o recebimento das novas ambulâncias e que não foi preciso contratar novos funcionários.

Os novos veículos serão colocados no atendimento dos casos mais graves, que necessitam de equipamentos e funcionários especializados.

O Samu, contou Andreia, geralmente atende a pacientes com paradas cardiorrespiratórias e pessoas com ferimentos graves, especialmente presos em ferragens.

“Tudo que é preciso na emergência existe na nossa viatura”, disse Andreia. “As ambulâncias ‘correm’ com médico, enfermeiro e condutor”.

Dia 11, o anúncio da conquista das novas três ambulâncias foi dado pela assessoria de comunicação da Prefeitura. De acordo com ela, a compra das ambulâncias foi possível devido à parceria do Executivo com o governo federal, por meio do Ministério da Saúde.

“Os três novos carros representam a duplicação de veículos e, consequentemente, da capacidade de atendimento”, apontou a assessoria.

O Samu começou o atendimento à população em dezembro de 2010. A sede da unidade tatuiana era no batalhão do Corpo de Bombeiros e contava com apenas duas ambulâncias.

Atualmente, conta Andreia, a equipe trabalha com sede própria, no prédio da extinta 4ª Companhia da Polícia Militar, que também abrigou o Tiro de Guerra. A nova “casa” ainda não tem data marcada para a inauguração oficial.


Publicidade