NOTAS POLICIAIS

359





GCM prende jovem por furto de veículo e tráfico de drogas

Em patrulhamento no bairro Fundação Manoel Guedes, na tarde de sábado, 5, a GCM (Guarda Civil Municipal) prendeu o auxiliar de produção José Alexandre Paciencia, 18, por tráfico de drogas e furto de uma moto modelo Protork.

De acordo com boletim de ocorrência, guardas avistaram o acusado entrando em um matagal “já conhecido nos meios policiais como ponto de tráfico de entorpecente”. Ao perceber a viatura da GCM, Paciencia teria mudado de direção.

Os guardas abordaram o auxiliar de produção e, em revista pessoal, encontraram R$ 90 em dinheiro. No matagal, a GCM encontrou seis papelotes contendo maconha, cinco com cocaína e oito com crack.

Questionado pelos guardas se na residência dele haveria mais entorpecente, Paciencia disse que não, mas que havia uma motocicleta furtada.

A guarnição foi até a casa e, autorizada pelos pais dele, entrou no local e encontrou a motocicleta de marca Protork, de cores preta e amarela.

Paciencia teria confessado o furto, mas não disse o local onde cometera o crime. O acusado teve voz de prisão ratificada no plantão policial, por tráfico e furto de veículo.


Rapaz é preso com papelotes e tijolos de 3 tipos de droga

A Guarda Civil Municipal flagrou o desempregado Marcos da Silva Neves, 18, com cocaína, crack e maconha no bairro Rosa Garcia I, na madrugada de segunda-feira, 7.

De acordo com boletim de ocorrência, em patrulhamento, guardas avistaram Neves parado no bairro. O acusado tentou fugir ao ver a viatura, mas foi abordado.

Em revista pessoal, a GCM não encontrou entorpecente com Neves. Porém, durante a abordagem, o acusado teria descartado um “saquinho” contendo 50 papelotes de crack.

Um dos guardas foi até o local onde Neves estava parado antes de tentar fugir e encontrou, escondido em um monte de areia, um “tijolo” de cocaína de 890 gramas, 26 papelotes de maconha, 60 gramas de crack e mais 62 porções da mesma droga, resultando, junto a encontrada próximo ao acusado, em 112 papelotes.

Conforme o BO, Neves negou que as drogas fossem dele. Porém, foi conduzido ao plantão policial, onde recebeu voz de prisão em flagrante.


Condutor de moto colide com carro e é pego por embriaguez

Policiais militares atenderam ocorrência na noite de sexta, 4, de uma colisão entre uma moto CG 125 Fan e um Gol, no centro. O condutor da motocicleta, de 27 anos, foi preso por embriaguez ao volante.

De acordo com boletim, o homem não respeitou sinalização de pare em um cruzamento e colidiu com o veículo. Conforme a PM e a vítima do acidente, o acusado aparentava estar sob efeito de álcool e com a capacidade psicomotora “alterada”.

O motociclista foi encaminhado ao pronto-socorro, onde ficou em observação. No entanto, não foi possível realizar coleta de material e nem teste de bafômetro para constatar o nível de álcool no sangue.

A embriaguez foi atestada por exame clínico e o acusado, preso por embriaguez ao volante. A fiança foi fixada em R$ 750, valor pago pelo condutor da motocicleta.


Homem é agredido e roubado após carona a desconhecido

Um aposentado de 55 anos foi vítima de roubo e agressão após sair de um bar e dar carona a desconhecido, na sexta-feira, 4, próximo das 13h.

De acordo com boletim de ocorrência, o aposentado estava em um bar, no bairro Jardim São Paulo, quando um homem desconhecido pediu carona e a vítima concedeu.

O ladrão teria pedido para o condutor parar na avenida Salles Gomes, próximo a outro bar. Após o aposentado estacionar, o desconhecido teria pegado “rapidamente” uma carteira no console do veículo, atingido a vítima com uma cotovelada no rosto e fugido.

Conforme o BO, o aposentado tentou perseguir o ladrão, mas não obteve sucesso. Na carteira roubada, havia R$ 440 em dinheiro e documentos pessoais da vítima.


Aposentado cai em golpe de estelionatário e perde R$ 750

Um aposentado de 83 anos foi vítima de estelionato após sair de uma agência bancária no centro, na tarde de quinta-feira, 3, e perdeu R$ 750.

Conforme o BO, a vítima foi abordada, na Praça da Matriz, por um homem que se apresentou como gerente do banco que ele acabara de sair, afirmando que o aposentado tinha uma quantia em dinheiro para receber.

A vítima contou que o suposto gerente foi com ele até próximo a uma padaria e pediu para que o aposentado desse o dinheiro retirado anteriormente no banco – um total de R$ 750 -, e aguardasse que a situação seria resolvida em seguida.

De acordo com o BO, o aposentado deu o dinheiro e o RG, também pedido pelo suposto gerente.

O estelionatário teria entrado em um estabelecimento próximo à padaria e saído minutos depois, pedindo que a vítima descesse até a rua Prudente de Moraes para tirar cópia do RG. O suposto gerente teria devolvido o RG e ficado com o dinheiro solicitado anteriormente.

Segundo o BO, o aposentado foi tirar cópia do documento e, quando voltou, o suposto gerente não estava mais no local.