Notas policiais

370
  • Vítima percebe golpe depois de realizar 2 transferências

Uma aposentada de 59 anos, residente na vila Doutor Laurindo, caiu em golpe ao acreditar estar ajudando um irmão dela. O caso aconteceu no dia 24 de setembro, mas a vítima só registrou boletim de ocorrência na Delegacia Central na semana seguinte.

Segundo o documento, por volta das 11h, a aposentada recebeu mensagens, via WhatsApp, de uma pessoa passando-se pelo irmão dela. O suposto irmão pediu que ela realizasse duas transferências, via Pix, uma no valor de R$ 1.250 e outra de R$ 900.

Conforme o boletim, imaginando estar auxiliando o irmão dela, a aposentada transferiu os R$ 2.150. No entanto, o golpista pediu que a vítima realizasse uma terceira transferência e, somente após entrar em contato com o irmão, percebeu que havia caído em golpe.

A vítima disse à PC que a primeira transferência foi feita através de um número de CPF (Cadastro de Pessoa Física), em benefício de “Adjair Soares de Castro Neto”, e a segunda, através de um e-mail, favorecendo “Talia Horrana Bispo de Lima”.


  • Produtos de higiene pessoal são subtraídos de 3 mercados

A Delegacia Central registrou casos de furtos de produtos de higiene pessoal em três mercados diferentes, em intervalo de menos de uma semana. Entre os crimes, somente um desempregado de 43 anos, acusado do furto mais recente, ocorrido no sábado, 2, acabou detido.

O primeiro furto foi informado à DC na quarta-feira, 29 de setembro, quando uma fiscal de caixa de um supermercado, situado no Jardim Santa de Cássia, informou que, dois dias antes, fora constatado que uma mulher se agachara e colocara quatro frascos de xampus em uma cestinha.

Segundo o boletim de ocorrência, quando percebeu que não estava sendo observada, a suspeita colocou os quatro frascos, avaliados em R$ 19,89 cada, dentro da bolsa dela e conseguiu deixar o local sem pagar pelos produtos.

No segundo caso ocorreu em outro estabelecimento do Jardim Santa Rita, na noite de quarta-feira, 29 de setembro.

Conforme o boletim, um ajudante de pedreiro de 28 anos havia sido contido pelo segurança do mercado, tentando furtar um “kit”, contendo um xampu e um condicionador, no valor de R$ 25,99. O suspeito foi apresentado por GCMs no plantão policial e, posteriormente, liberado.

Já no terceiro caso, acontecido na noite de sábado, 2, uma equipe da Polícia Militar estava a caminho da vila Angélica quando foi solicitada por funcionários de um supermercado no bairro São Cristóvão. Eles informaram que um sujeito havia furtado dois desodorantes, às 20h13, e retornado, às 21h30, para tentar furtar outros dois desodorantes.

De acordo com o BO, após ter acesso ao sistema de monitoramento do estabelecimento, os PMs iniciaram patrulhamento e localizaram o suspeito. Durante busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado. mas ele teria confessado que furtara o supermercado. Os produtos não foram localizados.

Ainda segundo o BO, o acusado foi conduzido ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, à Central de Flagrantes. Ele acabou recebendo voz de prisão, com possibilidade de fiança, no valor de R$ 1.500, e permaneceu detido à disposição da Justiça.


  • ‘Amigo’ esfaqueia homem em briga por propriedade de rádio

Na manhã de domingo, 3, um homem de 53 anos foi esfaqueado, no Largo do Mercado, na área central. Os golpes teriam sido causados por um “amigo”, durante uma discussão pela posse de um rádio. O caso foi registrado no plantão policial como tentativa de homicídio.

De acordo com a Guarda Civil Municipal, por volta das 10h50, agentes faziam patrulhamento na feira livre quando foram solicitados pelo sujeito, o qual informou ter sofrido agressões com uma faca.

Conforme a corporação, o homem estava com o corpo sujo de sangue, lesões no braço esquerdo e nas costas. Ele relatou aos guardas que havia sido agredido por um amigo, que já havia deixado o local, por causa de um rádio.

Segundo o boletim de ocorrência, o sujeito foi encaminhado à UPA (unidade de pronto atendimento) “Augusto Moisés de Menezes Lanza” e, posteriormente, à Delegacia Central. Lá, além do registro da ocorrência, o rádio e a faca ficaram apreendidos.


  • Aposentado é encontrado sem vida em imóvel no Santa Rita

Um aposentado de 63 anos, residente em Carapicuíba (SP), identificado como Antônio Carlos Batista de Souza, foi encontrado morto em uma casa do Jardim Santa Rita de Cássia, na sexta-feira, 1º. O filho dele registrou o boletim de ocorrência dois dias depois, como morte acidental.

Conforme relato do filho da vítima fatal, Souza foi encontrado caído na residência, situada na rua Francisco Cato. Ele era o proprietário do imóvel e costumava vir a Tatuí para ficar no local aos finais de semana.

De acordo com o boletim, a declaração médica informa que Souza estava em “mal estado geral e com múltiplos hematomas pelo corpo, incluindo uma fratura de fêmur”. Foi solicitado exame necroscópico do IML (Instituto Médico Legal).

O filho da vítima disse à PC que o pai tinha epilepsia e, provavelmente, teria convulsionado enquanto estava sozinho na residência.