Notas policiais

37
  • Mulher tenta furtar loja para ‘dar’ roupas infantis para filha

Uma mulher de 20 anos acabou detida, na tarde de sexta-feira, 25, suspeita de tentar furtar uma loja situada na rua José Bonifácio, na área central. A acusada estaria tentando furtar uma camiseta, duas calças e um par de tênis infantis para a filha dela.

Conforme a Guarda Civil Municipal, uma vendedora afirmou que a mulher havia colocado as peças de roupas infantis, avaliadas em R$ 135,96, em uma sacola de outras loja e, por conta disso, foi abordada por funcionários ainda no local.

Segundo o boletim de ocorrência, a suspeita disse à vendedora que não iria pagar, mas, logo depois, disse que estava acompanhada de um senhor, o qual teria ido a uma agência bancária para sacar dinheiro e pagar os produtos.

Ainda segundo o boletim, posteriormente, a acusada relatou que levaria as roupas e o tênis, pois ela não dinheiro, mas a filha dela estava “precisando”. Ela foi apresentada no plantão policial, onde recebeu voz de prisão, com possibilidade de fiança no valor de R$ 500.


  • Mulher viúva justifica venda de drogas para criar 5 filhos

Uma mulher de 35 anos foi presa, na tarde de sexta-feira, 25, acusada de tráfico de entorpecentes no Jardim Rosa Garcia 2. Durante a ação, a Polícia Militar recolheu porções de maconha e crack, além de dinheiro.

De acordo com a corporação, uma equipe possuía informações de que uma mulher estaria vendendo drogas na “linha férrea”. Por volta das 17h30, policiais entraram em uma viela que dá acesso à linha do trem e avistaram uma mulher e um homem conversando.

Durante a abordagem, segundo a PM, os agentes pediram para que a mulher esvaziasse os bolsos, encontrando duas pochetes: uma delas, contendo 24 pedras de crack e quatro papelotes de maconha e a outra, R$ 102 em notas e algumas moedas.

Conforme a PM, o homem disse estar no local para trocar objetos por droga, porém, a mulher só queria vendê-las. Ela afirmou estar vendendo entorpecentes porque enfrenta dificuldades financeiras, devido ao marido ter falecido há dois meses e ter cinco filhos para criar.

Segundo o boletim de ocorrência, eles foram encaminhados ao Pronto-Socorro Municipal e, depois, à Central de Flagrantes. Lá, o homem foi liberado, enquanto a suspeita recebeu voz de prisão, permanecendo à disposição da Justiça.


  • PM prende suspeito antes de venda de drogas em “festa”

A Polícia Militar prendeu, na madrugada de domingo, 27, um estudante de 23 anos, suspeito de tráfico de drogas no Jardim Santa Rita de Cássia. Com ele, a corporação recolheu porções de maconha, cocaína e crack, itens para embalagem de entorpecentes e dinheiro.

Segundo a PM, uma guarnição fazia patrulhamento pelo bairro, por volta da 0h10, quando os agentes avistaram um indivíduo, o qual, percebendo a aproximação policial, começou a “caminhar mais rápido”. Devido à “atitude suspeita”, os agentes o abordaram na rua Benedito Nunes.

Conforme a corporação, com o sujeito, os policiais militares localizaram 34 microtubos de cocaína e R$ 31. Ao ser questionado, o estudante afirmou estar indo a uma festa em uma chácara, na qual venderia cada microtubo por R$ 10.

Segundo a PM, o rapaz confessou que armazenava mais entorpecentes no quarto dele, sendo então encontrados: cinco porções de maconha; porção maior de maconha; meio tijolo de crack; seis porções a granel, sendo três de crack e três de cocaína; 120 microtubos com cocaína; uma balança; uma peneira; diversas embalagens transparentes; um saco grande com microtubos vazios; e um multiprocessador, usado para misturar crack e bicarbonato de sódio.

De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito, identificado como Maxwell Muniz dos Santos, foi conduzido ao Pronto-Socorro Municipal e, depois, à Delegacia Central, onde recebeu voz de prisão em flagrante.


  • Adolescente de 16 anos acaba flagrado com moto roubada

Um adolescente de 16 anos foi apreendido, na tarde de domingo, 27, às 15h52, suspeito de receptação no Jardim Rosa Garcia 2. A Polícia Militar flagrou o jovem com uma motocicleta preta, roubada no mesmo dia.

Conforme a PM, policiais militares faziam patrulhamento quando, pela rua Lázaro Phols, depararam-se com o sujeito pilotando a moto sem placa de identificação e sem os espelhos retrovisores.

Durante a abordagem, segundo a corporação, nada de ilícito foi encontrado com o adolescente, mas os agentes notaram que a placa estava enroscada na lateral da moto. Já pela busca veicular, os policiais foram informados de que havia um registro de roubo no mesmo dia.

Ainda segundo a PM, o adolescente foi conduzido ao Pronto-Socorro Municipal e, depois, ao plantão policial, onde acabou liberado. O delegado solicitou exame pericial da moto antes de entregá-la ao proprietário.


  • Ladrões roubam moto, pizzas, bebidas e dinheiro de motoboy

Um motoboy teve a motocicleta, bolsa térmica e dinheiro roubados, na vila Primavera, enquanto iria fazer uma entrega de pizzas e refrigerantes. O crime aconteceu no dia 19 de junho, mas só foi comunicado à Delegacia Central na segunda-feira, 28.

Segundo relatado, por volta das 22h50, pela rua Eduardo Costa Rosa, um sujeito “moreno, magro e de cerca de 1,80 metro de altura”, acenou ao motoboy, indicando o local em que deveria realizar a entrega.

Ao descer da moto, um segundo sujeito, também “moreno”, que estava escondido, teria chegado por trás do motoboy, exigindo que entregasse a bolsa, contendo três pizzas e dois refrigerantes. Os ladrões ainda roubaram a moto e R$ 100, antes de fugirem em direção ao bairro Jardim Thomaz Guedes.