Notas Policiais

769
  • Mãe foge de flagrante de furto, mas filho acaba apreendido

Dois adolescentes, de 15 e 13 anos, foram apreendidos na tarde de sexta-feira, 24, suspeitos de tentarem furtar um supermercado na região central. Durante a ação, a Polícia Militar recuperou diversos produtos, equivalentes a R$ 173,14.

Conforme o boletim de ocorrência, duas funcionárias do estabelecimento foram alertadas por clientes de que quatro pessoas – sendo duas mulheres, uma garota de 15 anos e um menino de 13 – estariam furtando produtos e escondendo em bolsas e mochilas.

Segundo o boletim, as funcionárias ficaram aguardando os denunciados em frente ao supermercado. Elas chamaram uma das mulheres, que fugiu do local, porém, deixando a bolsa, com diversos produtos, cair no chão.

Os adolescentes, de acordo com o BO, foram abordados com mais produtos do estabelecimento em uma mochila. O garoto informou que a mulher que fugira é a mãe dele. Os adolescentes afirmaram que a outra mulher não estava participando do crime.

Eles foram apreendidos e liberados aos responsáveis legais. Já os produtos (um pacote de bolachas, 13 pacotes de suco artificial, um pacote de lenços umedecidos, seis sabonetes, oito desodorantes, três xampus e um condicionador) foram recolhidos e devolvidos a uma representante do supermercado.


  • Pilotando moto, menor tenta fugir da GCM, mas é capturado

Um estudante de 17 anos foi flagrado pela Guarda Civil Municipal dirigindo sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo). O adolescente cometeu a infração na noite de sábado, 25, às 22h25, no Jardim Wanderley.

De acordo com a GCM, uma equipe flagrou o estudante, com uma motocicleta prata, da marca Honda, modelo CG 125 Titan KS, avançando dois sinais vermelhos pela rua 11 de Agosto, próximo à Praça da Matriz, vindo a quase colidir com um carro. Os agentes solicitaram a parada, mas o sujeito acelerou e tentou fugir.

Conforme a GCM, os guardas começaram a acompanhar o adolescente. O indivíduo entrou na rua 7 de Abril e, após passar pelo Mercado Municipal “Nilzo Vanni”, continuou transitando na contramão até o final da via.

Segundo a GCM, o estudante ainda tentou se esconder, porém, acabou capturado. Em busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado. Questionado, ele alegou que fugira “por ser menor e a moto não ter documento”.

O adolescente foi levado ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, na sequência, à Central de Flagrantes. Lá, acabou liberado, contudo, a moto permaneceu apreendida.


  • Estelionatário envia mototáxi para retirar cartão de vítima

Uma mulher de 67 anos, moradora do Jardim Lucila, acabou alvo de estelionatários. Com um cartão bancário da vítima, os golpistas retiraram R$ 2.330 da conta dela. O caso aconteceu no dia 8, mas só foi comunicado na Delegacia Central na manhã de segunda-feira, 27.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima recebeu ligação de uma suposta funcionária da operadora de cartões da Caixa Econômica Federal, alegando que o cartão dela tinha sido clonado e usado para uma compra no valor de R$ 2.100 em Jundiaí.

Conforme o boletim, a falsa atendente pediu a autorização da vítima para bloquear o cartão e informou que o mototaxista “Rodrigo” iria até a casa dela para buscá-lo. O rapaz informaria o código “1565” para confirmar ser o mototaxista enviado pela “empresa” e, então, ela receberia outro cartão.

Posteriormente, segundo o BO, a mulher compareceu a uma agência bancária para conferir o saldo da conta dela e constatou que a conta havia sido “zerada” e bloqueada. Os golpistas sacaram R$ 2.000 em um caixa eletrônico e gastaram R$ 1.300 em compras pela internet.


  • Indivíduos armados roubam celulares, uísques e R$ 1.000

Uma adega localizada no centro foi roubada na noite de sábado, 25, por volta das 21h40. Dois indivíduos – um deles armados – renderam três pessoas e levaram bebidas alcoólicas, celulares e dinheiro.

Segundo relatado, o proprietário do estabelecimento, a noiva dele e um cliente teriam sido surpreendidos por dois sujeitos desconhecidos. Eles se dirigiram ao caixa e teriam pegado R$ 1.000.

Na sequência, os ladrões tomaram os celulares das vítimas, sendo um da marca Samsung, modelo J7, e dois da Apple, modelos iPhone 6 e iPhone X. Os rapazes ainda teriam subtraído três uísques antes de fugirem.

O dono do estabelecimento disse à PC que, no dia seguinte, através do rastreador do celular dele, conseguiu localizar o aparelho às margens da rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127), no sentido Tatuí a Boituva.