NOTAS POLICIAIS

406





Pedreiro acusado de roubar barbearia resiste à detenção
Acusado de roubar uma barbearia localizada no bairro Rosa Garcia I, um pedreiro de 24 anos teria resistido à prisão. De acordo com boletim de ocorrência registrado no plantão policial, Leonel Salvador Paulo Júnior teria agredido uma equipe da Polícia Militar que o abordou às 17h10 de quinta-feira, 22, na rua Ernani Cavalcanti e Silva.

Os policiais que realizaram a revista relataram que precisaram usar de força moderada para controlar o pedreiro. Informaram, ainda, que um grupo de pessoas tentou dificultar a abordagem. As pessoas não identificadas teriam ofendido os militares que conseguiram algemar o suspeito e o levar até a delegacia.

Também conforme os PMs, Júnior teria sido reconhecido pela vítima. O barbeiro contou que o suspeito teria entrado no estabelecimento comercial às 17h10. Ele estaria armado com uma faca e havia roubado a quantia de R$ 400.

Júnior acabou sendo localizado 20 minutos depois do assalto. Ele estaria perto de uma linha ferroviária que passa pelo bairro, a metros de distância da barbearia. Com ele, os PMs encontraram dinheiro, mas não localizaram a faca.


 

Bandidos furtam garrafões de uísque e vodca de condomínio
Às 12h58 de quinta-feira, 22, uma empresária de 60 anos procurou a Delegacia de Polícia Central para registrar boletim de furto. A vítima informou que teve garrafões de bebidas alcoólicas levadas por bandidos no período da manhã.

O imóvel fica num condomínio situado no quilômetro 129 da rodovia Castello Branco (SP-280). Em depoimento, a proprietária disse que havia sido informada do furto por uma jardineira. Conforme a empresária, os criminosos levaram dois televisores, dois galões de uísque e outro de vodca.


 

Idosa alega ter sido atacada por cachorro no Jd. Lucila
Na manhã de quarta-feira, 22, uma mulher de 75 anos de idade denunciou a proprietária de três cachorros por lesão corporal e omissão de cautela na guarda e condução de animais. A idosa alegou em boletim de ocorrência ter sido atacada por um dos animais na tarde do dia 15, quinta-feira da semana retrasada.

Segundo ela, o cão teria provocado machucado na perna esquerda. O ataque teria acontecido perto das 14h30, no Jardim Lucila, quando ela voltava de um supermercado. A mulher afirmou que um dos cachorros da vizinha havia avançado sobre ela, apresentando “minuta médica” constatando lesão.


 

Guardas prendem tratorista e servente furtando botequim
Guardas civis municipais prenderam um tratorista de 46 anos e um servente de pedreiro, de 18, por tentativa de furto. Florisvaldo Santos e Franciscarlos Fernandes receberam voz de prisão por volta das 5h20 de quinta-feira, 22.

Conforme boletim de ocorrência, eles teriam sido flagrados dentro de um botequim, situado no São Cristóvão, por uma guarnição acionada por denúncia anônima. Com cada um deles, os GCMs apreenderam uma garrafa de vodca.

De acordo com os guardas, os suspeitos teriam estourado o trinco da porta de aço do botequim. Após o flagrante, eles foram levados ao plantão policial, onde permaneceram aguardando transferência para uma cadeia da região.


 

Comerciante tentou assaltar com caneta e acabou detido
A Polícia Militar prendeu um comerciante de 19 anos por tentativa de roubo, na rua Capitão Lisboa, no centro. O suspeito teria tentado praticar o crime com uma caneta.

A vítima, uma cabeleireira de 28 anos, chamou a atenção de uma guarnição. Ela havia gritado por socorro depois de ter notado a aproximação de uma viatura, às 22h10 de quarta-feira, 21.

Conforme boletim de ocorrência, ao ver os policiais militares, a vítima correu para o meio da rua e começou a pedir ajuda. Informou aos PMs que um homem teria se aproximado dela e, simulando estar armado, anunciado o assalto.

A vítima disse aos militares que havia tentado questionar o criminoso, mas o homem teria ameaçado matá-la, caso não entregasse a chave de uma moto. Ela tem uma Yamaha, modelo Fazer, 250 cilindradas, preta, ano 2010, com placa de Tatuí.

Na sequência, o homem havia pegado o capacete da cabeleireira e, quando tentou dar a partida, notado a presença da viatura. Ramon Aparecido Ferreira, 19, no entanto, acabou sendo abordado. Ao vistoriá-los, os PMs verificaram o objeto apontado pela vítima e descobriram que a arma era uma caneta.