NOTAS POLICIAIS

313





Assaltantes são presos pela PM após roubar padaria no centro

Três homens foram capturados pela Polícia Militar depois de assaltarem uma padaria na rua São Bento, no centro, na tarde de segunda-feira, 9.

A PM foi acionada pela atendente da padaria, por volta das 13h, logo após o roubo. A vítima informou à polícia que três homens haviam invadido o local, um deles portando uma arma de fogo, e roubado R$ 150 em dinheiro. Para ajudar na identificação, a vítima descreveu as roupas de um dos bandidos.

Os policiais faziam buscas pelas proximidades da rua São Bento quando encontraram três homens caminhando ao encontro da viatura.

Segundo o boletim de ocorrência, ao verem o carro da PM, o trio tentou correr para o lado contrário. Um dos homens, o mecânico Júlio César Camargo,39, foi detido de imediato pelos policiais.

Na sequência, os agentes conseguiram alcançar e prender o pizzaiolo Ailton Lourenço da Silva Junior, 22, acompanhado de um adolescente de 17 anos. De acordo com a PM, o pizzaiolo utilizava as mesmas roupas descritas pela vítima.

Os homens foram levados até o plantão policial. Camargo foi reconhecido pela atendente como a pessoa que portava a arma. Ela também reconheceu Junior como coautor do crime. Eles foram presos em flagrante.

A participação do menor no roubo será averiguada. O dinheiro roubado e a arma utilizada não foram encontrados. A PM apreendeu apenas um cigarro de maconha que estava em posse de um dos rapazes.


Dois clientes são roubados no mesmo dia em supermercado

Duas pessoas foram assaltadas no sábado, 7, em um supermercado no bairro Valinho.

A primeira vítima foi uma auxiliar de produção de 34 anos. Ela estava sacando dinheiro em um caixa eletrônico localizado junto ao supermercado quando foi surpreendida por um homem.

De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz estaria com uma das mãos no bolso, aparentando portar uma arma.

O assaltante teria ordenado que a vítima entregasse o dinheiro que acabara de sacar. Mesmo antes de a auxiliar de produção obedecê-lo, o rapaz tomou os R$ 950 da mão dela e fugiu.

A vítima gritou por socorro e chamou a atenção de outros clientes, que tentaram deter o assaltante, mas não conseguiram. A equipe de segurança do estabelecimento deverá fornecer as imagens captadas pelas câmeras de segurança à Polícia Civil.

No segundo caso, ocorrido por volta das 13h, um aposentado de 81 anos teve a carteira, contendo documentos e R$ 400 em dinheiro, roubada após sair do estabelecimento.

De acordo com o BO, o homem, que havia feito compras, foi abordado por dois rapazes, na faixa etária de 18 anos.

A dupla teria se oferecido para carregar as compras do aposentado, que recusou a ajuda. Um dos rapazes teria, então, pedido R$ 1 para “inteirar” a compra de marmitex.

A vítima entregou o dinheiro aos jovens. Porém, ainda segundo o BO, um dos jovens seguiu o aposentado até a residência da vítima, que fica próxima ao supermercado, e praticou o roubo.

A vítima conta que conseguiu agredir o assaltante com um “porrete” que usa para caminhar. O objeto teria se quebrado com a força do golpe. Mesmo assim, o assaltante conseguiu fugir.


Menores são apreendidos com maconha e 30 pedras de crack

Dois adolescentes, de 14 e 15 anos, foram apreendidos pela Polícia Militar com pedras de crack e porções de maconha, na manhã de terça-feira, 10, na vila Esperança.

Os policiais cumpriam mandado de busca em uma casa na rua Floriano Nunes Machado, por volta das 6h30, quando encontraram, em um dos cômodos do local, 30 pedras de crack, guardadas em cima do guarda-roupa, além quatro porções de maconha, escondidas embaixo de um colchão.

Segundo o boletim de ocorrência, o adolescente de 15 anos teria assumido que a maconha pertencia a ele e seria utilizada para uso próprio.

Já o adolescente de 14 anos teria afirmado que as pedras de crack haviam sido compradas por R$ 200 e seriam vendidas por R$ 10 cada unidade.

Os adolescentes foram levados pelos policiais ao 1º Distrito Policial e ficaram apreendidos.


Servidora pública municipal é esfaqueada por casal em briga

Uma funcionária pública municipal de 43 anos foi esfaqueada durante uma briga na madrugada de sexta-feira, 6, na vila Dr. Laurindo.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a vítima havia acabado de chegar à residência onde mora quando um carro teria parado em frente à garagem da casa.

Dentro do veículo, estaria um casal desconhecido, que desceu do automóvel e a rendeu.

A servidora pública conta que entrou em luta corporal com o casal. O homem, então, atacou a vítima com uma faca, desferindo três golpes na perna direita da mulher. Depois da agressão, o casal fugiu.

A vítima passou por atendimento médico no pronto-socorro. A Polícia Militar foi chamada para atender à ocorrência e conduziu a servidora até a Delegacia Central.

Ela revelou à Polícia Civil que havia recebido ameaças anônimas, realizadas por uma “voz feminina”, que diziam conhecer o local de trabalho e moradia da vítima, os horários de entrada e saída do trabalho e a alertavam a “tomar cuidado”.

De acordo com o BO, a faca utilizada nas agressões foi apreendida.