NOTAS POLICIAIS

318





Motorista de 52 anos bate em caminhão na rodovia SP-141

Um motorista de 52 anos bateu o veículo que dirigia na rodovia Mário Batista Mori (SP-141), na tarde de segunda-feira, 30 de setembro. O acidente ocorreu por volta das 17h25, no quilômetro 33+800.

Conforme boletim de ocorrência, o motorista conduzia um Gol, prata, ano 2001, com placas de Tatuí, e havia apresentado sinais de embriaguez. A esposa do motorista do Gol, uma funcionária pública municipal de 52 anos, também estava no carro na hora do acidente.

O motorista colidiu contra a traseira de um caminhão Mercedes Benz, branco, ano 2013, com placas de Tietê, dirigido por outro homem, de 45 anos. O caminhoneiro saía de uma empresa alimentícia instalada na região quando percebeu a colisão.

A Polícia Militar foi acionada e solicitou que os dois motoristas fizessem teste do bafômetro. O resultado apontou que o condutor do Gol apresentava 0,93 miligrama de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Na sequência, os militares levaram os dois envolvidos para o Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, ao plantão policial.


Sogra acusa nora de agressão após ter feito um comentário

Durante um churrasco de comemoração de aniversário, uma mulher de 56 anos teria sido agredida pela nora, de idade não informada em boletim de ocorrência.

Segundo a vítima, a agressora teria ficado com ciúmes da atenção que o marido dela havia dado ao filho do primeiro casamento.

A sogra contou à Polícia Civil que havia comentado, na confraternização, que a nora “estava nervosa”. A agressora teria escutado a conversa, não gostado e agredido a vítima com murros e tapas no rosto.

Os familiares da vítima, ao perceberem a briga, teriam segurado a agressora e a colocado para fora da casa.

A mulher, no entanto, havia retornado à residência para pegar a filha que dormia num dos quartos. Naquele momento, a sogra teria ficado surpresa e sido novamente agredida.

Ela declarou que, mesmo com a filha no colo, a nora teria conseguido derrubá-la ao chão com socos. A vítima disse que o marido dela a teria socorrido e posto a mulher mais uma vez para fora da casa.


Três invadem imóvel no Jardim Mantovani e fazem dono refém

Três assaltantes armados teriam invadido a residência de um comerciante de 43 anos no Jardim Mantovani, no domingo, 29 de setembro.

A vítima informou que foi rendida no momento em que havia aberto uma das portas da casa. O proprietário queria verificar “barulhos que vinham do quintal”.

Naquele momento, os assaltantes teriam mandado a vítima “se deitar” e pedido dinheiro. O trio teria levado o comerciante para o andar superior da casa e revistado todos os cômodos em busca de dinheiro.

A vítima informou que os bandidos levaram um videogame, uma mochila, um par de óculos escuros, um relógio de pulso masculino e um celular da marca Motorola, mas esqueceram um rádio comunicador. Durante a ação, um dos criminosos trancou o proprietário num dos banheiros do imóvel.

O comerciante disse que um dos acusados havia “ficado de guarda” na frente da residência e afirmou que todos os envolvidos aparentavam ter menos de 30 anos.

Afirmou, ainda, que os criminosos são brancos e magros, e que vestiam roupas nas cores vermelhas, preta e azul escura.


Ajudante de 29 é atropelado enquanto andava de bicicleta

Na tarde de domingo, 29 de setembro, um ajudante de 29 anos sofreu atropelamento enquanto andava de bicicleta. O acidente ocorreu na rua Capitão Lisboa, às 16h30. A vítima teria sido atropelada pelo condutor de um veículo Celta, não identificado até o momento.

Segundo boletim de ocorrência, testemunhas informaram que o veículo tem pintura na cor preta. Contaram, também, que o motorista teria fugido do local. Populares não conseguiram anotar as placas do carro.

O ajudante precisou ser internado no Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”, onde recebeu atendimento e passou por exames que terão resultados encaminhados à perícia técnica.


Escola estadual tem objetos de som furtados no domingo

A vice-diretora da Escola Estadual “Ary de Almeida Sinisgalli” registrou boletim de ocorrência no domingo, 29, após ladrões terem entrado na unidade e furtado equipamentos eletrônicos.

De acordo com ela, os criminosos levaram um “notebook”, um “datashow”, caixas de som, duas mesas de som, a central de monitoramento de segurança, um computador, um monitor e R$ 2.000 em dinheiro.

A representante da escola afirmou que o crime ocorreu durante a noite. Segundo ela, os ladrões teriam cortado a grade dos fundos da instituição e chegado ao pátio.

Em seguida, teriam desmontado a fechadura de uma das portas que dá acesso ao interior da escola.

Também invadiram uma sala multimídia e a sala da diretoria. A representante contou, ainda, que os bandidos estouraram o cadeado do portão principal para sair com os itens furtados.