Você e o Meio Ambiente!

514
Publicidade

Eu entendo a felicidade como uma relação de harmonia, como uma relação estreita da pessoa com a sociedade, com aqueles que lhe são próximos e com o meio ambiente.
José Saramago

Você e o Meio Ambiente!

São grandes os desafios a enfrentar quando se procura direcionar as ações para a melhoria das condições de vida no mundo.

Um deles é relativo à mudança de atitudes na interação com o patrimônio básico para a vida humana: O meio ambiente.

O mundo está cada vez mais preocupado com a atual situação do meio ambiente, uma série de fatores responsáveis por isso, como por exemplo: a qualidade do ar que respiramos, o temor a desastres naturais, ou até mesmo a preservação para as futuras gerações.

Cada um tem seu motivo para se preocupar com o meio ambiente, o importante é que junto com as preocupações, existam ações para a melhoria ambiental.

Publicidade

Aquecimento global, queimadas, derretimento de geleiras, calor excessivo, frio excessivo e muitos outros fatores naturais têm provocado em milhares de pessoas uma consciência ambiental, onde elas enxergam a necessidade de se preservar o meio ambiente, para evitar e acabar com catástrofes resultantes das ações dos próprios humanos.

A preocupação com o meio ambiente está presente em quase toda sociedade, pessoas e empresas adotam e desenvolvem medidas e ações que, além de diminuir os impactos, como no caso de redução de gases poluentes e ponderação no consumo de água e energia, também contribuem para a reestruturação ambiental, como por exemplo, o reflorestamento.

Os valores da preservação e preocupação ambiental atingem um grande número de pessoas, principalmente, os brasileiros. O meio ambiente dentro das nossas preocupações fica atrás de alguns itens como a educação, saúde, violência, desemprego, políticos e outros.

Enfim a nossa sobrevivência depende de conservação e preservação ou necessita de desenvolvimento humano?

A resposta óbvia é que ela necessita de equilíbrio entre todos estes aspectos, lembre-se que a questão de nossa sobrevivência sempre volta à batalha inicial desta guerra que é o combate à miséria, sem uma vitória nesta luta nenhuma outra ação faz sentido.

A grande diferença dos tempos modernos para os tempos passados é que antigamente esta questão, como traço cultural de populações, era repassada para gerações através de experiências e conhecimentos tradicionais, como de pai para filho, dos sábios das aldeias para seus sucessores.

Hoje a sociedade já tem a sua disposição instrumentos criados por organizações governamentais e não governamentais que tem como objetivo a busca deste equilíbrio necessário para a sustentabilidade de nossa presença no planeta que vão desde legislações, como licenciamento ambiental até normas específicas como Objetivos do Milênio, Sistemas de Gestão Ambiental, Protocolo de Kyoto, entre outros.

Desta forma podemos afirmar que esta preocupação apesar de ter tomado uma dimensão global, tem a mesma raiz que deu origem às atividades imemoriais de conservação e preservação encontrada nos traços culturais das atividades de povos e comunidades ancestrais a necessidade de sobrevivência.

Separe em casa o lixo em casa em duas lixeiras, uma para o lixo orgânico não reciclável (sujo) e outra para lixo reciclável (limpo). Busque saber qual cooperativa existe perto da sua casa para coleta de resíduo reciclável.

Traga uma caneca ou copo de casa para o seu ambiente de trabalho, assim você evita a utilização de copos descartáveis, que poluem meio-ambiente.

Só cuida da natureza quem cuida de si mesmo, do seu próximo, quem é honesto. O cuidado com a natureza é consequência disso. Não tem escala de valores, o cuidado tem que fazer parte da rotina diária, principalmente, nas pequenas coisas dos afazeres domésticos.

Publicidade