Vila Angélica ganhará quadra poliesportiva

Previsto para 6 meses, equipamento ficará próximo de campo com grama artificial

797
Nova quadra integrará um futuro complexo esportivo (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Siltec
Da redação

Os moradores da vila Angélica e bairros adjacentes deverão ganhar, em até seis meses, uma nova opção para atividades esportivas e de lazer. A prefeitura anunciou, durante esta semana, a construção de uma quadra poliesportiva no bairro.

A prefeita Maria José Vieira de Camargo assinou, na quarta-feira, 15, um contrato com a empresa VSM Engenharia, vencedora de processo licitatório, para a construção do equipamento na rua Acácio Manna, esquina com a rua Georgina Pieroni Lincoln.

A obra está estimada no valor de R$ 204.497,12. O recurso será disponibilizado por meio de convênio com o governo federal, via Ministério do Esporte/Caixa. Conforme Maria José informa em nota à imprensa, “a conquista é fruto de trabalho do deputado federal Samuel Moreira”.

A quadra poliesportiva, para a prática de esportes como futsal, basquete, voleibol e handebol, contará com alambrados, arquibancada, iluminação e hidráulica para instalação de bebedouro. “É mais uma importante conquista para o esporte e lazer do nosso município”, declarou a prefeita, pela nota.

Conforme o secretário municipal do Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, após a assinatura, o contrato é levado à Caixa Econômica Federal e, em uma semana, o documento será analisado, antes de receber a autorização para a construção da quadra.

Publicidade
Siltec

Com o aval, a prefeitura poderá emitir uma ordem de serviço para o início da obra. Segundo Sinisgalli, o prazo de entrega do novo equipamento público, no contrato, é de 150 dias após a autorização da CEF. “Estimamos que o prazo máximo seja de até 180 dias”, declarou o titular da pasta.

O secretário afirmou ter recebido os representantes da VSM Engenharia e realizado uma visita técnica ao local que receberá a construção. A nova quadra poliesportiva ficará próxima à quadra de futebol society, entregue no mês de setembro do ano passado.

O campo de grama artificial, construído na rua Georgina Pieroni Lincoln, esquina com a rua Virgínia Rosa de Moraes, foi possível por convênio com o governo do estado de São Paulo, a partir do “Programa 100% Esporte para Todos”, assinado no mês de dezembro de 2017.

De acordo com Sinisgalli, a prefeitura planeja construir, futuramente, uma academia ao ar livre no espaço entre a quadra poliesportiva e a society. “No final, com as duas quadras e a futura academia ao ar livre, o espaço será um complexo esportivo”, garantiu o secretário.

Atualmente, a administração realiza reforma no campo de futebol do Jardim Santa Rita de Cássia e retomou a construção do CIE (Centro Integrado de Esportes), no Jardim Lucila, ambos com previsão de entrega para o primeiro semestre deste ano.

Sobre o CIE, Sinisgalli afirmou que, neste momento, está sendo construído um muro de arrimo e feita a instalação do gradil em todo o entorno do prédio, além da calçada. “Estamos mexendo na parte externa, cercando todo o CIE”, revelou.

Até o início de fevereiro, estão previstas a terraplanagem de uma segunda quadra e a instalação de folhas laterais para o fechamento do ginásio. Internamente, o CIE recebe serviços elétricos e a colocação de louças.

“Aguardamos a chegada de um guindaste para que a instalação das folhas laterais seja feita mais rapidamente. Estamos dando andamento no CIE dentro da nossa projeção”, assegurou Sinisgalli.

Já o campo localizado no Jardim Santa Rita recebeu os serviços de drenagem, e, ao longo da semana, uma máquina realizou o nivelamento e a regulagem do terreno. Após a limpeza, o secretário afirma que, ainda neste mês, deverá ser colocado o gramado.

Conforme Sinisgalli, o barracão ao lado do campo está sendo repintado, após receber a instalação de piso, contrapiso e azulejos. “Fizemos toda a parte de piso naquele espaço. O local não tinha azulejos e nem contrapisos”, expôs.

A prefeitura ainda está reformando o imóvel de um caseiro que será contratado para cuidar do campo. “Após a pintura, iniciaremos os serviços de instalações elétricas, que não há na casa”, apontou o secretário.

Com a entrega do campo reformado, a escola de futebol de base Santa Rita, comandada pelo técnico Duza, retornará os treinos no local. Atualmente, cerca de 150 crianças das categorias sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17 têm treinado no campo da Associação Atlética Az de Ouro, no bairro Tanquinho.

De acordo com Sinisgalli, além das atividades no gramado, a administração pretende utilizar o barracão revitalizado para promoção de aulas esportivas e oficinais culturais aos moradores do bairro e adjacências.

“Estamos acelerando a obra no Jardim Santa Rita. Queremos entregá-la em fevereiro ou março para a população”, concluiu o titular da pasta.

Publicidade
Siltec

1 COMENTÁRIO

  1. E pro jardim Gonzaga nunca vem nada, eu sinto vergonha disso. . .não do meu bairro mais sim pelos prefeitos que passam por essa prefeitura nunca dar valor a nosso bairro, ou pelos menos algo de lazer . . .aqui não tem se quer uma quadrinha de futebol pra gente se deveria tem que andar não sei quantos até a vila Angélica pra poder jogar um futebol. . .

Comments are closed.