Valdeci Proença é oficializado como candidato do Podemos

Coligação homologa 50 pré-candidatos para a Casa de Leis

648
Coligação “Junto Podemos Mais – Amor, Trabalho e Honestidade” apoia Valdeci Proença e Lúcia Maciel (foto: divulgação)
Publicidade
Da reportagem

O Podemos definiu o nome do atual vereador Valdeci Antônio Proença para concorrer a prefeito nas eleições 2020, tendo como vice-prefeita a médica Lúcia Maciel, a Dr. Lúcia, do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro).

A decisão foi oficializada em convenção partidária na Câmara Municipal, sexta-feira, 11, em cerimônia restrita a filiados e convencionais, com transmissão ao vivo pelas redes sociais.

O encontro também contou com a participação, da presidente estadual do Podemos Mulher, Alessandra Algarin, além de deputados federais e estaduais do partido, por meio de videoconferência, como Renata Abreu (federal), Bruno Ganem (estadual) e o presidente do partido, Márcio Paschoal Giudicio (estadual).

A convenção formou a coligação “Junto Podemos Mais – Amor, Trabalho e Honestidade” e ainda homologou 50 pré-candidatos à Câmara Municipal, sendo 24 pelo PTB e 26 pelo Podemos.

Proença foi eleito em 2016 pela coligação PTB/PP/PTN, com 1.787 votos – a maior votação do pleito – e cumpre o segundo mandato na Câmara. Entre 2013 e 2014, ocupou o cargo de primeiro-secretário da mesa diretora e, entre 2017 e 2018, o de segundo-secretário.

Publicidade

A O Progresso, o pré-candidato contou ter atingido os objetivos com a convenção. “Tivemos cuidado e fizemos o possível para atender ao decreto municipal, respeitando o distanciamento, o uso de álcool gel, máscaras e limite de pessoas”, acrescentou.

Como objetivo para as eleições deste ano, Proença ressalta que quer “fazer uma campanha simples e honesta, sem ataques aos adversários políticos, e sim com muitas propostas aos eleitores”.

O prazo para os partidos políticos realizarem convenções destinadas à escolha de candidatos para as eleições municipais termina nesta quarta-feira, 16. As datas foram definidas pela emenda constitucional (EC) 107/2020, que alterou o calendário eleitoral.

Publicidade