Vacinação contra gripe em pacientes alérgicos em época de coronavírus

590
Publicidade
Dr. Jorge Sidnei Rodrigues da Costa - Cremesp 34.708 *

Essas recomendações foram recentemente publicadas pelo Departamento de Alergia Alimentar e de Imunizações da ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia), da qual sou membro, e as repasso por esta coluna, por serem de interesse médico e do público em geral:

“A vacina contra gripe é um instrumento capaz de reduzir a circulação do vírus Influenza entre a população, especialmente no início do outono”. Em época de pandemia de coronavírus, o controle de qualquer outra infecção respiratória funciona como importante medida para prevenir a contaminação por outro vírus potencialmente perigoso.

A alergia ao ovo responde pela segunda principal causa de alergia a alimentos na infância e o fato de a vacina da gripe ser cultivada em fluidos de ovos embrionários de galinhas suscita algumas dúvidas sobre a segurança de se vacinar pacientes alérgicos a ovo.

Respaldado em evidências científicas atualizadas e robustas a respeito da segurança da vacinação contra gripe em alérgicos a ovo, o Departamento de Alergia Alimentar da Asbai esclarece:

– Pacientes alérgicos a ovo de qualquer gravidade podem receber a vacina a partir o sexto mês de vida;

Publicidade

– Pacientes com história prévia de anafilaxia ao ovo devem preferencialmente ser vacinados em ambiente seguro, com supervisão médica;

– Não está indicada a aplicação da vacina Influenza em doses fracionadas para alérgicos ao ovo;

– Testes cutâneos epidérmicos ou intradérmicos com a vacina não são preditivos para reação à vacina Influenza;

– Não há necessidade de precaução adicional posterior à administração da vacina, mas a observação por tempo maior pode ser orientada a critério médico;

– A prática recomendada para aplicação de todas as vacinas em crianças deve incluir a capacidade de reconhecer e tratar reações de hipersensibilidade agudas; e

– Reações à vacina da gripe podem ser secundárias a hipersensibilidade a outros componentes da vacina e em casos de reações prévias, o paciente deverá ser avaliado por um especialista para as orientações de como proceder nas doses futuras.

Tendo em vista o perfil de segurança e o benefício da imunização, especialmente diante da atual epidemia do coronavírus, a Asbai posiciona-se altamente favorável à vacinação contra gripe em pacientes alérgicos ao ovo.”

*Médico com TEP em pediatria pela Associação Médica Brasileira e pela SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria), membro da Asbai (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia) e diretor clínico e médico responsável pelo Cevac (Centro de Vacinação) de Tatuí.

Fontes referências:

– UptoDate – Literature review current through: Feb 2020. | This topic last updated: Sep 10, 2019. Influenza vaccination in individuals with egg allergy Authors: John M Kelso, MD; Julie Wang, MD. Section Editor: Scott H Sicherer, MD, FAAAAIDeputy. Editor: Elizabeth TePas, MD, MS.

Greenhawt M, Turner PJ, Kelso JM. Administration of influenza vaccines to egg allergic recipients: A practice parameter update 2017. Ann Allergy Asthma Immunol 2018; 120:49–52.

* Médico pediatra com título de especialista em pediatria pela AMB e SBP e diretor clínico do Cevac – Centro de Vacinação de Tatuí.

Visite nosso site: www.alergoclincevac.com.br, ou ligue (15) 99606-6136 para mais informações.

Publicidade