Um em cada dez adultos apresenta doença renal crônica, informa a SBN

410
Publicidade

Segundo a presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), doutora Carmen Tzano, um em cada dez adultos sofre com problemas renais crônicos. Geralmente, os pacientes buscam ajuda médica quando a doença se encontra em estágio avançado, quando pode ser preciso fazer uma diálise.

A doença renal crônica é a perda de funcionamento dos rins, cuja principal função é filtrar o sangue e remover os resíduos tóxicos e o excesso de água do organismo. Ocorre quando uma doença ou outra condição de saúde prejudica a função renal, causando danos aos rins.

As doenças mais comuns que geralmente causam a doença renal são: diabetes; hipertensão ou pressão alta; nefrites ou glomerulopatias; doença renal policística; cálculos renais ou obstruções do canal urinário por problemas da próstata; infecções urinárias e renais; doenças autoimunes, como lúpus e reumatismo; uso abusivo de medicamentos analgésicos ou outras substâncias químicas.

A insuficiência renal crônica leva a um acúmulo de líquidos e toxinas no organismo. Essa doença afeta a maioria dos sistemas e funções do corpo, inclusive a produção de glóbulos vermelhos, o controle da pressão arterial, a quantidade de vitamina D e a saúde dos ossos.

Os fatores que podem aumentar o risco de uma pessoa desenvolver insuficiência renal crônica incluem ainda, além das doenças citadas acima, tabagismo, doenças cardíacas, aumento de colesterol e triglicérides, obesidade, descendência africana, americana ou asiática, ter história familiar de doença renal e ter 65 anos de idade ou mais.

Publicidade

O tratamento da doença renal crônica visa melhorar os fatores de risco e tratar as doenças associadas. Porém, quando existe o declínio total da função renal é necessária a “Terapia Renal Substitutiva”. Os tipos de terapia renal disponíveis são a Hemodiálise e a Diálise Peritoneal, além do Transplante Renal.

A melhor forma de prevenção é passar por avaliação de um especialista.

* Médica especialista em Nefrologia com Título pela Sociedade Brasileira de Nefrologia, Responsável Técnica pela Hemodiálise do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, Nefrologista no Instituto Medicina Integrada de Tatuí (IMIT).

Publicidade