Taxa de mortes por Covid-19 sobe 200%; contaminações têm queda

Índice considera as notificações registradas pela VE nos últimos 7 dias

295
Publicidade
Da reportagem

O índice de contaminações pelo novo coronavírus apresentou queda nos últimos sete dias, contudo, a curva de óbitos subiu e registrou recorde no mesmo período. Entre o sábado passado, 15, e esta sexta-feira, 21, o município notificou nove mortes e detectou 145 novos casos de Covid-19.

A taxa de infectados teve redução de 15% em relação ao registrado na semana anterior (de 8 a 14), quando foram notificados 170 casos positivos. Em outro comparativo, a queda é de mais de 50% em relação à semana de pico (de 18 a 24 de julho), quando houve 289 confirmações.

Já o número de mortes saltou 200% em comparação ao período anterior, passando de três para nove óbitos pela doença. Os falecimentos confirmados nesta semana são de três homens e seis mulheres.

O óbito mais recente foi divulgado em boletim epidemiológico na manhã de sexta-feira, 21, referente a um homem de 86 anos, que estava internado na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Misericórdia.

Na quinta-feira, 20, o órgão da Secretaria de Saúde informou o óbito de um homem de 73 anos, que estava internado na Santa Casa. Outros sete óbitos ocorreram entre domingo, 16, e terça-feira, 18.

Publicidade

Com os novos registros, a cidade somava 53 vítimas fatais desde o inicio da pandemia, sendo 25 homens (18 acima dos 60 anos e sete entre 39 e 59 anos) e 28 mulheres (22 na faixa dos 60 anos e seis entre 39 de 59 anos).

Os números representam taxa de 3,19% de letalidade (índice calculado pelo número de óbitos em comparação à quantidade total de casos confirmados de infecção).

A média de diagnósticos em sete dias foi de 20,7 infectados a cada 24 horas. Somente nos últimos quatro dias, a cidade recebeu 308 novas notificações, das quais 67 foram confirmadas (21,75%).

Até terça-feira, 18 (data de fechamento da edição anterior de O Progresso), a cidade somava 7.234 notificações por Covid-19, sendo 26 casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 5.616 descartados e 1.592 positivos, com 51 óbitos pela doença.

Já na tarde de sexta-feira, 21, conforme o boletim epidemiológico mais recente, divulgado por volta das 11h, o município somava 7.542 notificações, sendo 53 casos suspeitos aguardando resultado dos testes (0,70%), 5.830 descartados (77,30%) e 1.659 positivos (22%), com 53 óbitos (3,19%).

Dos casos confirmados, 1.659 pacientes já estavam recuperados (93%), 53 morreram e 63 estavam em tratamento: 15 em hospitais e 48 em casa. Os casos suspeitos somavam 53 pacientes em tratamento: cinco em hospitais e 48 em casa.

A ocupação de leitos clínicos de internados por Covid-19 ou suspeitos na Santa Casa era de 27% e a ocupação da UTI por pacientes com Covid-19 ou casos suspeitos, de 70%.

Estavam internados, na Santa Casa, 13 pacientes, sendo sete na UTI, com quadros que inspiravam cuidados (todos com testes positivos), e quatro no isolamento, com quadros estáveis (um positivo e dois suspeitos).

No hospital particular, estavam internados sete pacientes, sendo dois na UTI, com quadros que inspiravam cuidados (positivos para Covid-19), e cinco no isolamento (dois positivos e três suspeitos).

Publicidade