Tatuí ganha duas novas escolas neste mês

    Unidades devem atender mais de 240 estudantes no Jardim Santa Emília e Inocoop

    1304
    Escola no Jardim Santa Emília teve investimento de 1,6 milhão em prédio de 814 m² (foto: Eduardo Domingues)
    Publicidade
    Siltec

    Duas escolas estão programadas para serem inauguradas neste mês em Tatuí. A O Progresso, a prefeita Maria José Vieira de Camargo afirmou que já foram concluídas as edificações das unidades no Jardim Santa Emília e no Inocoop (Conjunto Habitacional “Amaro Padilha”).

    Ainda não há data exata da inauguração, contudo, a prefeitura informou só estar aguardando a chegada e instalação do mobiliário das unidades escolares para realizar a abertura oficial.

    Cada unidade foi projetada para atender, no mínimo, 120 crianças. A administração está investindo mais de R$ 2 milhões na construção das novas unidades, além de ampliações e reformas que também vão atender a crianças de zero a dez anos.

    “Uma das metas, até 2020, na Educação, é zerar a lista de espera por vagas em creche. Com essas duas unidades, já vamos reduzir bastante esta listagem. Mas, ainda temos outras em construção, que devem ser finalizadas em breve”, declarou a prefeita.

    No Jardim Santa Emília, o investimento é de R$ 1,6 milhão, em um prédio de 814 metros quadrados. Já no Inocoop, a obra se aproxima de R$ 900 mil, em 450 metros quadrados. Neste último caso, a creche está sendo construída ao lado da pré-escola que já atende alunos de quatro e cinco anos desde 2017.

    Publicidade
    Siltec

    Na sequência, a previsão é de conclusão da creche do Residencial Astória, que também funcionará como pré-escola e escola municipal, para atender às crianças do bairro e adjacências, em investimento de R$ 2,1 milhões.

    A obra substituirá o prédio chamado “Escola de Lata” por um de alvenaria. Com a nova unidade, a secretaria poderá começar a atender desde a creche até o aluno do quinto ano do ensino fundamental.

    Segundo a prefeita, até dezembro, ainda há previsão de inauguração da creche do bairro Santa Cruz. O investimento é de R$ 1.231.435,21. A construção tem 890 metros quadrados, o que deve gerar outras 120 vagas.

    A prefeitura retomou as obras da creche do bairro em agosto deste ano, após passar por novo processo de licitação. A primeira empreiteira que realizava a obra atrasou o cronograma de construção e houve rompimento do contrato.

    “Infelizmente; na administração pública, temos esses percalços pela frente. Empresas que não cumprem prazos e deixam a desejar na qualidade dos serviços. Rompemos o contrato e realizamos uma nova licitação”, comentou a prefeita.

    Já para 2020, há previsão de conclusão de uma pré-escola para atender mais de 350 alunos, de zero a cinco anos, no loteamento Residencial Vida Nova Tatuí, o bairro Pacaembu. A unidade escolar começou a ser construída em fevereiro e contará com 1.462 metros quadrados.

    De acordo com o secretário municipal da Educação, Miguel Lopes Cardoso Junior, 70% da demanda reprimida de vagas em creches devem ser atendidas até o fim do ano com a inauguração das novas unidades.

    Cardoso acentuou que a administração está trabalhando para atender 100% da demanda. “São ações significativas que estamos fazendo, com investimento praticamente do zero. E a demanda é tanto por estrutura quanto de recursos humanos”, apontou.

    Com a construção das quatro escolas, serão ampliadas em pelos menos 600 as vagas para o ensino infantil, que, somadas às 350 na nova escola do bairro Tanquinho, totalizam 950 novas matrículas para o próximo semestre letivo.

    “Quero finalizar tudo até 2020, mas vamos avançar bastante já em 2019, porque o pedido de creche é muito grande, embora a gente tenha conseguido aumentar mais de 1.400 atendimentos durante este ano”, acrescentou a prefeita.

    Maria José sustentou que as cinco escolas devem suprir toda a demanda inicialmente totalizada, contudo, reconheceu que a fila de espera pode aumentar novamente até a finalização das obras.

    “Esta é uma demanda que cresce dia a dia, pois nós temos partos diariamente em Tatuí. Essas mães, que hoje estão com seus bebês, precisam trabalhar e, daqui três meses, já estão procurando vagas nas creches”, ponderou.

    Conforme a Secretaria Municipal de Educação, nos primeiros três semestres da atual administração, houve a ampliação de 2.563 vagas em creches e pré-escolas. Somente em 2017, o setor somou 1.563 atendimentos aos já existentes.

    Do total de vagas criadas em 2017, 1.351 matrículas foram de crianças de zero a três anos e 212, de quatro e cinco anos. Em 2018, até o dia 30 de julho, foram contabilizados outros mil novos alunos.

    Na pasta, Maria José ainda salientou que estão em andamento diversos programas educacionais e de alfabetização, promovidos em parceria com institutos, organizações e com o governo federal, que devem continuar no próximo semestre letivo.

    Ela pontuou que a prefeitura mantém o programa “Mais Alfabetização” – que foca no trabalho de estudantes dos primeiros e segundos anos – e lembrou que continua recebendo o material do Emai (Educação Matemática nos Anos Iniciais), por meio do projeto Ler e Escrever, do governo estadual.

    “Além dos novos prédios, a nossa Secretaria da Educação está constantemente engajada no desenvolvimento integral dos nossos alunos e, por isso, temos vários programas que já vêm desde 2017 e que estão tendo continuidade”, asseverou.

    Ainda segundo Maria José, junto à pasta, existem parcerias com a Coop (Cooperativa de Consumo) e com a concessionária CCR SPVias para a realização do programa Cooperjovem e Caminho para a Cidadania, respectivamente.

    “Esses são programas contínuos, que estão acontecendo, assim como o projeto Jovens Empreendedores, do Sebrae, e o Proeja (Programa de Educação de Jovens e Adultos), desenvolvido em parceria com a Uniso (Universidade de Sorocaba)”, adicionou.

    Ainda falando em parcerias, Maria José elencou outros convênios, como o da UFSCar, que garante a manutenção do Programa Futuro Cientista, e com o Instituto Ayrton Senna, que promove os programas Gestão de Política da Alfabetização e o Gestão Nota 10.

    “Acho que esses programas são grandes ganhos para a Educação. O IAS a gente batalhou muito para trazer para Tatuí. Ele está em todos os estados onde a educação precisa ser mais trabalhada. Mas, em São Paulo, são apenas três municípios, e Tatuí é um deles. Estamos conseguindo grandes ganhos para o setor”, concluiu a prefeita.

    Publicidade
    Siltec

    DEIXE UMA RESPOSTA

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome