‘Série Masters’ traz músicos e professores consagrados

Convidados vão ministrar master classes e workshops gratuitos e abertos ao público entre segunda e sexta

313
César Roversi, um dos destaques consagrados que participam do evento (foto: Stela Handa)
Publicidade
Da redação

O Conservatório promove, entre os dias 2 e 6, a “Série Masters”, que traz para Tatuí vários músicos e professores consagrados para ministrar master classes e workshops. Os encontros visam estimular a troca de experiências entre músicos, professores e estudantes e são abertos à comunidade. A entrada é gratuita.

De acordo com o assessor artístico do Conservatório, maestro Edson Beltrami, a “Série Masters” deve reunir alguns dos grandes profissionais que atuam no Brasil.

“Trazemos o conhecimento e a experiência deles para os nossos alunos e também para a população. Nesta primeira edição, teremos aulas e palestras voltadas a clarinete, viola, saxofone, piano, canto lírico, percussão e flauta. A ideia é que seja a primeira de várias”, comentou.

A série começa nesta segunda-feira, 2, às 10h, no teatro “Procópio Ferreira”, com master class de clarinete coordenado pelo professor Ovanir Buosi, formado pela Unesp, no Brasil, e pelo Royal College of Music, de Londes.

Nessa cidade, integrou a Southbank Sinfonia, com a qual excursionou pela França e Itália e apresentou-se com o prestigiado grupo London Windsem performances no Cheltenham Festival, em turnê pela Holanda e no festival londrino The Proms.

Publicidade

Desde 1997, é primeiro clarinete solista da Orquestra Sinfônica de São Paulo (Osesp) e desenvolve intensa atividade camerística. É professor da Academia Osesp e professor-recitalista convidado de diversos festivais no Brasil e exterior.

No mesmo dia, às 14h, no Salão “Villa-Lobos”, o convidado Gabriel Marin ministra master class de viola. Violista do Quarteto Carlos Gomes e da Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo (Osusp), ele estudou na Dinamarca com o professor Rafael Altino, além de ter ganhado bolsa integral da Heinemann Foundation para participar, na Suíça, do Verbier Festival &Academy, onde foi aluno de NobukoImai e Roberto Diaz. É professor da Academia de Violas do Neojiba e professor de viola e coordenador de música de câmara no Instituto Baccarelli.

Na terça-feira, 3, às 14h, no Salão “Villa-Lobos”, o músico Cesar Roversi apresenta workshop de saxofone. Ele é pós-graduado em música popular pela Faccamp, bacharel em saxofone pela Faculdade Mozarteum de São Paulo, formado nos cursos de música popular e saxofone erudito pelo Conservatório de Tatuí.

Integra os grupos Hermeto Pascoal Big Band, Zé Barbeiro Quinteto, Banda Urbana, Cleber Almeida Septeto, Grupo Quebra Cuia (idealizado por Fernando Correa e Rubinho Antunes) e o Choroso Trio, formado pelo contrabaixista Marcos Paiva.

Foi professor de saxofone e improvisação no Conservatório de Tatuí e, atualmente, leciona saxofone na Faculdade Mozarteum de São Paulo (Famosp).

Na quarta-feira, 4, o convidado Paulo Braga apresenta workshop de piano, às 9h, no Salão “Villa-Lobos”. Ele é formado em piano pelo Conservatório de Tatuí, onde, em 1990, foi o responsável pela criação do Departamento de Música Popular.

Lecionou prática de conjunto, piano popular e arranjo na Unicamp de 1999 a 2002, atuou em diversos festivais e também como solista frente a importantes orquestras e grupos. Atualmente, é coordenador artístico e pedagógico da Escola de Música “Emesp- Tom Jobim”.

Mais tarde, às 14h, a professora Maria José Carrasqueira ministra master class de piano no Salão “Villa-Lobos”. A convidada desenvolve intensa carreira como solista, recitalista, camerista, professora e conferencista, atuando nos Estados Unidos, Europa, Nova Zelândia, Armênia e América Latina.

Doutora em artes, vinda de uma formação artística e musical recebida do pai, João Dias Carrasqueira, e dos professores  Lina Pires de Campos, Camargo Guarnieri,  Jacques Klein, Magda Tagliaferro, teve na Europa grandes orientadores, nas figuras de B. Seidlhoffer, E. Richepin, H.Dreyfus (Cravo), H. Datyner, D. Rossiaud, e G. Demus.

Na quinta-feira, 5, às 14h, no Salão “Villa-Lobos”, a soprano Laura de Souza ministra master class de canto lírico. Bacharel em piano pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), ela estudou canto em Hamburgo, Milão, Paris, Munique e Kassel, tendo entre seus mestres Ugo Ugaro, Hans Kagel, Eduardo Abumrad, Kammersänger Thomas Tipton e Bernhard Lang.

Premiada em grandes concursos e atuante em alguns dos principais teatros do país, ela atualmente integra o corpo docente da Escola Municipal de Música de São Paulo.

No mesmo dia e horário, na Sala de Percussão do Conservatório de Tatuí, o convidado Carlos Stasi apresenta workshop de percussão. Ele é compositor-intérprete de mais de cem obras para percussão, diretor do programa de percussão da Universidade Estadual Paulista (Unesp), bem como de seu grupo de percussão, o “PIAP”.

Realizou o mestrado no Instituto de Artes da Califórnia (CalArts), onde também lecionou, e é PhD pela Universidade de Natal em Durban, África do Sul.

É autor do livro “O Instrumento do Diabo – Música, Imaginação e Marginalidade”, no qual discute como a percussão em geral e o reco-reco em particular são “representados de forma depreciativa e como objetos limitados”.

Para encerrar a programação, sexta-feira, 6, às 14h, o convidado Antonio Carrasqueira apresenta master class de flauta transversal no auditório da Unidade 2 do Conservatório.

Doutor em artes pela Universidade de São Paulo, é graduado pelo Conservatoire National de Versailles e pela Ecole Normale de Musique, de Paris, ambos na França.

Foi integrante do Quinteto Villa-Lobos de 1997 a 2011. É, desde 1986, professor de flauta no Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome