Ser feliz e estar feliz!

285
Publicidade

Com o tempo, você vai percebendo que, para ser feliz, você precisa aprender a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
Mário Quintana

Ser feliz e estar feliz!

Você é feliz? Antes de responder a esta pergunta, perceba o verbo dessa oração. Aqui a indagação é se você é feliz e não se você está feliz por um motivo qualquer.

Muitos, prontamente responderão que são felizes outros não. Contudo, algo que deve ficar bem claro é que existe uma grande diferença entre você ser feliz e você estar feliz.

Quando alguém nos faz a pergunta se somos felizes devemos pensar no contexto geral de nossa vida, não apenas em felicidades ou alegrias momentâneas já vividas, pois a felicidade não se restringe a momentos, por mais especiais que sejam, mas em todo decorrer de nossa vida.

E como tem sido a sua vida? Olhando tudo o que já passou, você pode dizer com convicção que é uma pessoa feliz? Ou você é daqueles que simplesmente já viveu ocasiões que lhe trouxeram contentamento? O que você entende por felicidade? Se você não a tem, o que lhe falta? O que te faria uma pessoa realmente feliz?

Publicidade

Muitos, sem perceber, buscam a felicidade em motivações erradas. Em um bem material, por exemplo. Mas bens materiais acabam, e quando isso acontece, a felicidade da maioria vai embora com ele.

A felicidade é a nossa força motriz. É ela que impulsiona alguém a querer viver ou não. Uma pessoa que se considera infeliz não vê motivos para viver, sonhar, fazer planos e ter objetivos de vida. Ela para no tempo.

Devemos sempre lembrar também que para sermos felizes precisamos contribuir para a felicidade dos outros, pois a felicidade não é egoísta, ela se importa com os que estão ao redor.

Ela se prontifica a ajudar aos outros a serem felizes, e não simplesmente a terem momentos de regozijo ou prazer. Para ser feliz é preciso que haja esperança em nós.

Mas quando você é feliz, essa condição é constante, deixa de ser meramente algo passageiro e passa a se tornar algo diário.

Estar feliz é muito fácil, muitas vezes até mesmo com o sorriso de alguém especial, ou apenas cinco minutos de conversa com alguém é o suficiente para alegrar nosso dia.

Mas a chave mestre para o problema não está em como conquistar essa condição temporária, e sim como prolongar a mesma e transformar o simples estar em ser.

Todos nós sabemos que cada pessoa tem uma definição diferente de felicidade, isso está em nossa essência.

Algumas pessoas sentem que precisam de muito dinheiro para ser feliz, enquanto outras conseguem a mesma sensação com condições financeiras menores.

Algumas utilizam da vaidade, e da beleza, enquanto outras simplesmente não se importam com aparências.

Alguns querem se acabar em comilança e gula, enquanto outros mal têm o que comer, mas mesmo assim, são mais felizes do que os insanos gulosos.

Alguns por mais incrível que pareça conseguem alcançar a felicidade apenas ajudando o próximo, e creio que esse é o mais belo jeito de ser feliz.

Com tantos tipos diferentes de personalidades, não existe fórmula ou receita para ser feliz, basta você rever os seus conceitos e então chegar a uma conclusão pessoal daquilo que você acha que deve mudar.

A única certeza que eu posso dar é que quando finalmente as pessoas deixarem de ser preocupar tanto com as opiniões alheias e deixar de se importar com coisas que em nada as acrescenta, estaremos um passo mais próximo de deixar de estar, e ser.

Publicidade