Seja Verdadeiro!

336
Publicidade





Um dia talvez eu modifique o mundo, antes que ele me modifique. Talvez um dia eu encare a realidade e não haverá mais falsidade. (Agatha Sthefanini)

Seja Verdadeiro!

Lembre-se sempre de ser verdadeiro consigo mesmo. Para isso, é preciso estar atento: – Nunca ouça alguém que diga o que você tem de ser. Ouça sempre a sua voz interior, o que você gostaria de ser. Do contrário, toda a sua vida será desperdiçada.

Quando assumimos um compromisso devemos ter em mente de que cumprir com a nossa palavra é validar o nosso caráter diante das pessoas.

Publicidade

Muitas vezes nos vemos diante de situações onde precisamos tomar uma decisão e dar a nossa palavra.

Quando optamos por dizer sim ou não nos comprometemos com a decisão tomada, as pessoas a nossa volta vão se posicionar e movimentar a respeito daquilo de um jeito ou de outro tendo por base aquilo que nós assumimos fazer ou não.

Portanto, ao assumir um compromisso, ao chamar para nós a responsabilidade diante de alguma coisa, precisamos fazer isso de forma consciente, cientes das nossas capacidades e limitações, pois outras pessoas estarão depositando sua confiança naquilo que nos dispusemos a realizar.

É claro que imprevistos podem surgir no meio do caminho que nos impeçam de cumprir com a nossa palavra. Não há como evitar aquilo que foge ao nosso controle.

Ou ainda, podemos mudar de ideia e optarmos por desistir daquilo que assumimos. Não há problema em mudar de ideia.

De um jeito ou de outro, não importa o que aconteça, a partir do momento em que nos damos conta de que não será possível cumprir com aquilo que nos comprometemos é preciso respirar fundo, olhar de frente as pessoas que estão envolvidas conosco naquela situação e expor a verdade.

Seja eu algo alheio a nossa vontade ou ainda de nossa própria escolha, nosso caráter precisa ser validado com a nossa sinceridade e transparência.

Ainda que você se veja limitado no seu poder de escolha e de realização, e isso te faça sentir-se sem saída diante de uma situação, vale lembrar que não existe limitação de caráter para quem tem dentro de si mesmo o compromisso com a verdade.

Pois ainda que seja necessário se expor aos outros, é preferível vencer o véu do orgulho e se mostrar frágil, pequeno, e sensível, revelando-se grandioso ao ser capaz de assumir a própria incapacidade, do que levar adiante a palavra em um compromisso vazio que jamais será cumprido.

Mesmo que tudo tenha saído do seu controle e saído diferente do que você planejou inicialmente, o controle sobre si mesmo e o poder de manter a consciência tranquila ainda está em suas mãos, seja verdadeiro.

Somente quando somos honestos e verdadeiros conosco mesmo e com os outros, nos apresentamos diante da vida como pessoas de bem que merecem credibilidade, confiança e respeito.

Seja autentico e fique sempre no presente, porque toda falsidade vem do passado ou do futuro. O que passou, passou não se preocupe mais com isso. E não carregue o passado como um fardo; do contrário, isso não deixará que você seja autêntico no presente.

Além disso, tudo o que ainda não aconteceu de fato não aconteceu não fique se preocupando à toa com o futuro, senão isso interferirá no presente e o estragará. Seja verdadeiro no presente e você será autêntico. Estar aqui e agora é ser autêntico.

Assim, às vezes, você se sente triste. Não se julgue. Isso acontece. E depois você começa a sorrir de novo. Não se sinta culpado por se sentir triste ou por estar sorrindo. Simplesmente, seja verdadeiro consigo mesmo. Fique em paz!


Publicidade