Santa Casa de Tatuí recebe 10 novos respiradores do Ministério da Saúde

Deputado Guiga Peixoto informa ter indicado equipamentos ao município

480
Dos dez aparelhos recebidos cinco são portáteis e permitirão socorrer casos de urgência (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da reportagem

A Santa Casa de Misericórdia de Tatuí recebeu na tarde de terça-feira, 30 de junho, dez novos respiradores. Os equipamentos auxiliarão no tratamento dos pacientes internados com a Covid-19 ou suspeita da doença.

Em seguida, quinta-feira, 2, a assessoria de comunicação do deputado federal Guiga Peixoto (PSL/SP) emitiu nota à imprensa informando que os aparelhos foram encaminhados a partir de indicação do parlamentar tatuiano, “devido ao número crescente de casos confirmados do novo coronavírus no município”.

“Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro, general Pazuello, pelo atendimento do pedido, e espero que os leitos estejam funcionando o mais rápido possível”, declarou o deputado, pela nota.

“Os equipamentos ajudam a ampliar os leitos da unidade de terapia intensiva (UTI) na Santa Casa”, observou Guiga, acrescentando que, “com a chegada dos respiradores, o hospital dobra a capacidade de atendimento”.

A prefeitura, por sua vez, divulgou que, entre os dez respiradores, cinco são portáteis, “que permitirão socorrer com urgência” os casos que evoluam a partir do atendimento no Pronto-Socorro “Erasmo Peixoto” ou dos leitos clínicos de internação.

Publicidade

A secretária municipal da Saúde, Tirza Luiza de Melo Meira Martins, ressaltou que os novos respiradores ampliam de dez para 20 o número de equipamentos exclusivos para o tratamento de Covid-19. No total, a rede pública de saúde tatuiana soma 32 respiradores.

Cada um representa um leito de UTI disponível na cidade, dos quais dez estão em ala destinada à Covid, oito são reservados a pacientes com outras doenças, quatro estão no Pronto-Socorro Municipal e, a partir da chegada dos novos equipamentos, outros dez ficam de suporte.

“Vamos manter fixos na UTI para Covid-19 os dez leitos que já tínhamos, mas podemos aumentar, caso seja necessário. Por enquanto, em reunião com representantes da Saúde, decidimos deixar cinco novos equipamentos para dar suporte ao atendimento da enfermaria e os outros cinco, portáteis, para auxiliar no transporte de pacientes”, informou Tirza.

Segundo ela, os novos respiradores devem ser instalados a partir da próxima semana. “Para montar os leitos completos, precisamos de monitor cardíaco e outros equipamentos. Isso já foi adquirido pela prefeitura, e nós estamos aguardando a chegada dos itens para instalar e colocar em funcionamento”, assegurou.

A secretária ainda reiterou que, mesmo reservando uma área da unidade de terapia intensiva para pacientes confirmados e com suspeita de Covid-19, é possível remanejar os 32 aparelhos de uma ala para outra, em caso de necessidade.

Com relação ao atendimento em meio à pandemia, Tirza enfatizou que a cidade está “cada vez mais equipada” e classificou a situação do município como “tranquila”, pelos números de vagas para internações em UTI.

“Estamos em uma situação ótima neste sentido, acredito que em nenhuma cidade da região tenha este número de vagas e a possibilidade de aumentar os leitos como nós temos”, declarou a secretária.

Além disso, Tirza antecipou uma nova ampliação no número de leitos, anunciando que a cidade aguarda outros cinco respiradores, por meio de parceria entre a Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo) e do governo do estado.

O governador João Doria anunciou a distribuição dos novos equipamentos na segunda-feira, 29 de junho. Segundo o governo, 400 respiradores serão entregues às Santas Casas e hospitais filantrópicos do estado.

Em nota à imprensa, a prefeita Maria Jose Vieira de Camargo destacou a importância dos equipamentos para a cidade, contudo, ponderou ser necessário continuar seguindo os protocolos de prevenção para reduzir o índice de contaminações pela doença.

“Equipamentos salvam vidas, mas temos todos que fazer a nossa parte no combate ao coronavírus. Se for realmente necessário sair de casa, usar máscara, evitar crianças nas ruas e idosos em supermercados e filas, com aglomerações”, concluiu a prefeita.

Sobre o encaminhamento dos aparelhos por meio de indicação do deputado federal, a prefeitura divulgou, em nota à imprensa, que não recebeu nenhuma notificação oficial do Ministério da Saúde ou do parlamentar.

Publicidade