Sabesp declara que municí­pio não sofrerá desabastecimento

539
Publicidade





A chuva que caiu no final de semana foi insuficiente para que reservatórios de água do Estado ficassem com níveis altos e a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) continua campanha institucional visando a economia de água nas residências.

Em nota, entretanto, a assessoria de imprensa da empresa afirma que Tatuí não corre risco de desabastecimento. “É fundamental que a população economize água e evite o desperdício, como forma de preservação dos recursos hídricos e do meio ambiente”, divulgou.

São 364 municípios atendidos pela companhia, e ela esclarece que nenhum enfrenta qualquer tipo de restrição no abastecimento de água, tanto na região metropolitana de São Paulo quanto no interior.

A nota lembra que “a estiagem reduz a vazão dos principais mananciais paulistas e já traz problemas para dezenas de cidades do Estado”.

Publicidade

De acordo com a Sabesp, os rios que abastecem Tatuí estão com “níveis satisfatórios” e são monitorados diariamente. Várias ações teriam sido desenvolvidas para garantir a estabilidade do abastecimento.

“Foi instalada uma nova unidade de bombeamento, chamada booster, na captação de água do rio Sarapuí”. Esta medida, conforme a assessoria, aumentou a vazão de 180 para 260 litros de água por segundo.

Até o fim do mês, a Sabesp destaca que entrará em operação o terceiro conjunto de bombas, que permite ampliar a captação em mais de 40 litros por segundo.

Em Tatuí, a Sabesp produz e distribui 30 milhões de litros de água por dia. Ela é fornecida com “padrão de qualidade que atende todos os quesitos da legislação vigente”.

As dicas para economia doméstica fazem parte de um programa de conscientização da população para o uso “responsável” da água. Entre as recomendações, está manter a torneira fechada enquanto se escova os dentes.

Essa economia será de 11,5 litros para as casas e 79 litros no caso de apartamento. Mantendo-a fechada para fazer a barba, a economia é de nove litros para domicílios e 79 litros em apartamentos.

Para lavar o carro, as recomendações pedem que se use o balde, ao invés da mangueira, pois a economia chega a 176 litros.

Ao lavar roupas no tanque, mantenha a torneira fechada enquanto ensaboa e esfrega, pois cada 15 minutos de torneira aberta gera gasto de 270 litros de água – o dobro de um ciclo completo de lavagem em máquina com capacidade de cinco quilos.

Na cozinha, lembre-se de fechar bem a torneira. Uma torneira gotejando desperdiça 40 litros por dia. Já com um filete de água correndo, o desperdício é de 130 litros no dia.


Publicidade