Revitalização da Praça da Santa é iniciada

    Reforma é primeiro projeto realizado com recursos do MIT, por meio do Dadetur

    1106
    Imagem da santa deverá ser preservada junto com Pinheirão de Natal (foto: arquivo O Progresso)
    Publicidade
    Alessandra Bonilha, dra
    Anglo
    Siltec
    EleService institucional

    A praça Martinho Guedes, conhecida como Praça da Santa, começa a ser revitalizada. As obras tiveram início na semana passada, com a instalação de placas de proteção, e seguem nesta quarta-feira, 24, com a cerimônia de lançamento das obras, às 16h30, em frente ao Centro Cultural.

    O espaço é o primeiro ponto de Tatuí a receber recursos do MIT (Município de Interesse Turístico), por meio do Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos).

    A municipalidade terá à disposição R$ 1.192.649,52 para reforma e revitalização. O recurso vem de dois convênios com o Dadetur, sendo R$ 371.143.95 conquistados em 2017 e R$ 482.367,02 referentes a repasse de 2018, além de contrapartida da prefeitura, de R$ 339.138,55.

    O Dadetur liberou os recursos a partir de projeto apresentado pelo Departamento Municipal de Turismo. A proposta de uso do recurso foi aprovada pelo Comtur (Conselho Municipal de Turismo).

    De acordo com o secretário do Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, as obras serão realizadas em duas etapas, com uma fase envolvendo o paisagismo e outra, a infraestrutura, contendo iluminação e bancos.

    Publicidade
    EleService institucional
    Anglo
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec

    A responsável pela revitalização é a Romme Construtora – EPP, que venceu licitação realizada no dia 21 de fevereiro. A estimativa do secretário é de que a obra seja finalizada até novembro.

    “Agora, estamos na primeira etapa, fazendo todo o fechamento com placas de segurança; depois, a gente vem com as máquinas fazendo a demolição para iniciar a revitalização”, contou o secretário.

    Sinisgalli destaca que o propósito do projeto é manter as características originais da praça. “Queremos fazer um espelho d’água junto à Santa para valorizar ainda mais a imagem e também o Pinheirão, mas sem modificá-los nem tirá-los do lugar”, salientou.

    A meta da secretaria é promover uma espécie de renovação do espaço. Para isso, o recurso prevê troca de piso e adaptação às normas de acessibilidade, com a instalação de rampas de acesso e execução de projeto arquitetônico e paisagístico. O local ganhará novas lixeiras, bancos e iluminação.

    Segundo o secretário, o intuito das intervenções é promover a modernização do espaço, de forma a torná-lo mais receptivo à população e visitantes, além de dar-lhe recursos para evidenciar a vocação turística da cidade.

    Para o secretário, o espaço é tido como referencial para o fim de ano em Tatuí. Sinisgalli observa que a população “tem respondido bem à programação natalina”, em função de a praça já ser reconhecida como espaço cultural e por abrigar a Vila de Natal e a Casa do Papai Noel.

    “Até um dos motivos de nós usarmos a primeira verba do MIT ali na praça foi por causa desta vocação turística. Quando fazemos a Vila de Natal, a gente vê que tem mais movimento na região, fomentando o comércio. Isso é muito bom para a cidade, e a reforma só irá reforçar”, completou.

    Além disso, o secretário frisa que a praça, inaugurada em 1910, é a única da região central que ainda não passou por reforma. “Acredito que a Praça da Santa é uma das principais da nossa cidade, perdendo apenas para a Praça da Matriz, contudo, é a única entre as principais sem uma intervenção real”, argumentou.

    Após a reforma, a Praça da Santa poderá, novamente, receber eventos de pequeno porte, como o Projeto Música na Praça e apresentações culturais, de acordo com o secretário.

    “Queremos adequar a praça para esses pequenos projetos também, para que a gente possa utilizar o espaço o ano todo e não só no Natal. Queremos deixar ela para a parte cultural como um complemento, por estar em frente ao Centro Cultural”, explicou.

    Frequentada por jovens nas noites dos finais de semana, a Praça da Santa deverá aproximar todos os públicos após a reforma, segundo destacou Sinisgalli. Para ele, famílias, idosos e crianças deverão sentir-se mais à vontade no novo espaço e passarão a frequentá-lo ainda mais.

    “Todas essas melhorias que vão vir atrás da reforma devem movimentar a família tatuiana, o comércio central e a Praça de Alimentação. A própria população e também o turista vão poder utilizar um espaço novo e mais agradável”, comentou.

    Para o secretário, isso mostra o esforço de um trabalho iniciado há mais de quatro anos pelo Comtur, com a conquista do título de MIT.

    “É por isso que a gente está conseguindo essa verba e a estamos trazendo para a revitalização da cidade. Se não fosse o esforço do Comtur, nada disso seria conquistado e essa verba não existiria”, concluiu.

    Publicidade
    Anglo
    Siltec
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra