Quatro peças encerram a Mostra de Artes Cênicas do Conservatório

Apresentações gratuitas acontecem no sábado e domingo, às 15h e 20h

360
Peça 'El Edificio' será apresentada no domingo, às 20h (foto: AI Conservatório)
Publicidade
Antuerpia
Fabio Villa Nova

Quatro espetáculos neste sábado, 2, e domingo, 3, encerram a Mostra de Artes Cênicas realizada pelo Conservatório de Tatuí. As apresentações acontecem no teatro “Procópio Ferreira” e a entrada é gratuita. No entanto, os ingressos são limitados e devem ser retirados na bilheteria do teatro. A coordenação da mostra é de Fernanda Mendes.

A Mostra de Artes Cênicas começou no dia 30 de novembro e, desde então, já foram apresentadas quatro peças. No sábado, estão em cartaz “O Mágico de Oz” e “A Máquina”. No domingo, “Os Cigarras e os Formigas” e “El Edifício”.

“O Mágico de Oz” é apresentado às 15h por alunos do curso de teatro juvenil. Na peça (uma versão da obra clássica), um terrível ciclone passou pela cidade do Kansas. Dorothy e seu cachorrinho Totó vão parar na estranha Terra de Oz, onde enfrentam muitas aventuras e aflições.

Espetáculo ‘O Mágico de Oz’ tem apresentação a partir das 15h deste domingo (foto: AI Conservatório)

Ao lado de novos amigos – o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão Covarde – precisam encarar seus próprios medos numa longa viagem de volta, e de autodescoberta. Sempre ajudados pela bruxa boa Glinda e tentando escapar da Terrível Bruxa Má do Oeste. A classificação é livre.

Mais tarde, às 20h, sob a direção de André Luiz Camargo, alunos do curso de teatro adulto interpretam “A Máquina” de João Falcão.

Publicidade
Fabio Villa Nova
Antuerpia

É uma história de amor entre Antônio e Karina. Eles vivem em Nordestina, uma cidade do sertão, mas Karina decide tentar a sorte na cidade grande para ser atriz de tevê. Antônio, então, traz a tevê para o sertão, depois de anunciar que viajará no tempo e construirá uma máquina da morte. A classificação também é livre.

No domingo, às 15h, alunos do curso de teatro juvenil encenam “Os Cigarras e os Formigas” de Maria Clara Machado. Com classificação livre e direção de Dalila Ribeiro, a peça é uma comédia musical que mistura a fábula “A cigarra e a formiga”, de La Fontaine, e “Romeu e Julieta”, de Willian Shakespeare.

Julietinha Formiga e Billy Cigarra se amam, mas não podem viver esse amor porque suas famílias não se entendem. Sr. Amadeu Formiga jamais vai permitir que sua amada filha se case com o filho desocupado de dona Canária Cigarra.

Para encerrar a Mostra de Artes Cênicas, no domingo, às 20h, alunos do curso de teatro adulto do Conservatório apresentam “El Edifício”, inspirado nas obras “A vida na grande cidade”, de Will Eisner, e “Memórias delfuego”, de Eduardo Galeano.

Na peça, estrangeiros chegam a uma aldeia e modificam seus costumes, sua organização e, sobretudo, apropriam-se de sua cultura. Essa apropriação tem como consequência uma alteração radical na vida dos habitantes, algo que vai repercutir ao longo de vários séculos. A direção é de Rodrigo Scarpelli e a classificação é para maiores de 14 anos.

Publicidade
Antuerpia
Fabio Villa Nova