Quatro espetáculos de teatro são atrações do ‘Procópio Ferreira’

204
Publicidade





AI Conservatório / Kazuo Watanabe

‘Um Recorte de Dois Perdidos  Numa Noite Suja’ integra série de espetáculos com entrada gratuita neste fim de semana

 

Quatro espetáculos gratuitos de teatro são atrações deste sábado, 16, e domingo, 17, do teatro “Procópio Ferreira”. O espaço do Conservatório de Tatuí recebe série de apresentações que conta com peça convidada e, também, com uma mostra do curso de direção teatral com os resultados do último ano letivo.

Os ingressos podem ser retirados na bilheteria do teatro, que fica na rua São Bento, 415, momentos antes das apresentações.

Publicidade

A série inicia-se às 17 deste sábado, com “Pra Lavrar”, coordenado pela Cia. Ímpares de Teatro. Na produção, peças de roupas tomam o lugar das palavras que são lavadas aos olhos do público.

Enquanto os atores/bailarinos ensinam receitas para lavar as palavras e declamam poesias de Viviane Mosé, o espaço se transforma. As palavras são penduradas num varal, depois que são devidamente lavadas.

“O espetáculo propõe um grande mergulho no próprio vocabulário e um encontro com a poesia que vive no interior de cada pessoa”, afirmam André Kaires e Vinícius Oliveira, que integram o elenco do espetáculo.

A Cia. Ímpares tem como componentes, Kaires (formado pelo Conservatório de Tatuí) e Oliveira, aluno do primeiro ano do curso de artes cênicas da instituição. A companhia surgiu da busca “por um resultado poético unindo a dança e o teatro”.

Ainda no sábado, às 20h30, será apresentado “Devaneios Poéticos em Cenas de Agreste”, produzido no ano passado dentro do curso de direção teatral. Dirigido por Rose Tureck, o espetáculo tem texto de Newton Moreno adaptado pela própria diretora.

A direção musical é de Lala Nelly e o elenco é formado por dez atores e três músicos: Beatriz Lopes, Claudio Teles, Jeferson Rodrigues, Maria Carolina Taddei, Mira Ribeiro, Nicoli Costa, Rodrigo Vieira, William Rocha, Vinicius Oliveira, Lala Nelly, Wender Campi e Nando Colina, tendo Ju Assis como atriz convidada. A cenografia e iluminação são de Jorge Colina.

A partir de pesquisas sobre os temas “preconceito” e “intolerância”, a diretora deparou-se com “Agreste Malva Rosa”, de Newton Moreno. “O texto, além de nos encantar com sua poesia, apresenta o amor incondicional entre duas pessoas e, infelizmente, nos revela o quanto o ser humano pode ser terrível em suas ações, principalmente, quando está diante de uma situação que foge de seu conhecimento ou de suas convicções”, descreveu Rose.

“Depois da adequação do texto e das leituras, optou-se pela encenação não realista, aproveitando a obra que é narrativa, abrindo leques de possibilidades na encenação”, afirmou ela.

No domingo, 17, outros dois espetáculos serão apresentados a partir das 19h, ambos resultado do curso de direção teatral. O primeiro será “Fragmentos Sobre a Liberdade”, adaptação do texto “Liberdade, Liberdade”, de Millôr Fernandes, com direção de Ana Zilinskas.

Com elenco formado por Iuri Proença e Nathalie Abreu, a peça traça um painel de luta pela liberdade percorrendo momentos importantes da história.

“Os temas variam do dramático ao cômico, do discurso mais político ao mais explícito lirismo poético. Todos, concentrados num mesmo tema: a liberdade, pela qual homens e mulheres são capazes de sacrificarem suas vidas”, descreve Ana.

“Um Recorte de Dois Perdidos Numa Noite Suja” é o segundo espetáculo a ser apresentado. Adaptado do texto de Plínio Marcos, ele tem direção de Ronaldo Almeida.

Na peça, Paco e Tonho dividem um quarto em uma hospedaria. “Durante o dia, os dois trabalham como carregadores na zona portuária, mas diferenças entre eles os fazem entrar em conflitos, os levando ao limite”, destaca o diretor. No elenco do espetáculo, estão: Fabiano Amancio e Rodrigo Cotrim.


Publicidade