Quase 100% é favorável a ter Câmara com 11 parlamentares

    206
    Publicidade
    Siltec
    Da redação

    Quase 100% do total de participantes da enquete virtual realizada pelo jornal O Progresso nesta semana é favorável a ter a Câmara Municipal “menor”. Resultado da pesquisa levada ao ar no portal “O Progresso Digital” aponta que 99% dos votantes declararam ser “a favor da diminuição do número de vereadores”. Por outro lado, apenas 1% votou “não” para a questão.

    A Câmara pleiteia, por meio de projeto de emenda à LOM (Lei Orgânica do Município), reduzir de 17 para 11 vereadores. O PL (projeto de lei) tem a autoria do vereador Antonio Marcos de Abreu (PL), e conta com a assinatura de mais sete vereadores. A matéria lida na sessão ordinária do dia 18 deste mês está em apreciação em uma das comissões permanentes do legislativo.

    Na justificativa, o parlamentar argumenta que a Câmara deverá economizar mais de R$ 1 milhão por ano e, ao final de um mandato, gerará redução dos custos de manutenção em pouco mais de R$ 4 milhões. O valor é relativo somente a salários e encargos trabalhistas dos vereadores e dos assessores. Somando com o corte de outras despesas de manutenção (transporte e cursos, por exemplo), a redução para os cofres públicos chegaria a R$ 6 milhões.

    A pergunta permaneceu aberta à votação por uma semana, com acesso em www.oprogressodetatui.com.br. O portal abre, semanalmente, pesquisas virtuais sobre temas de relevância.

    Nesta semana, o bissemanário traz à baila das discussões uma temática pouco explorada: os cuidados sobre HIV e sífilis. As doenças são alvo de evento programado para este sábado, 30. Na data, o Centro de Testagem e Aconselhamento do Ambulatório de Infectologia, pertencente à Secretaria Municipal de Saúde, promove a realização de testes rápidos, das 9h às 13h, na Praça da Matriz.

    Publicidade
    Siltec

    A iniciativa antecipa a campanha “Fique Sabendo 2019”, organizada pelo governo do estado de São Paulo, juntamente com a Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD) e o Programa Estadual CRT (Centro de Referência e Treinamento) DST/Aids. O evento acontecerá de 2 a 20 de dezembro.

    Partindo das iniciativas, o jornal propõe a seguinte questão: “Você já realizou exame para diagnóstico de HIV?”. A pergunta pode ser respondida com “sim” ou “não” e deve gerar uma espécie de estatística inicial a respeito do comportamento dos tatuianos com relação à prevenção da doença.

    Publicidade
    Siltec

    DEIXE UMA RESPOSTA

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome