Programa do Senai capacita aprendizes para o trabalho

393
Publicidade
Siltec





O programa “Jovem Aprendiz”, prestado pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), oferece capacitação para jovens em sua primeira experiência profissional.

A instituição tem parcerias com empresas em todos os Estados. São elas que contratam os jovens aprendizes, e a escola fica responsável por ensinar a nova profissão.

Conforme os gestores do Senai Tatuí, José Roberto Rodrigues e Sandra Marisa Cecyn Bertrami, a intenção é “contribuir com a sociedade”, melhorar a qualificação da mão de obra futura e atender à cota legal de aprendizes, proporcionando aos jovens a oportunidade de serem inseridos no mercado de trabalho.

De acordo com a gestora, o programa foi iniciado efetivamente em julho deste ano, e, por ser uma iniciativa recente, as ações estão sendo gradativamente implantadas.

Publicidade
Siltec

“Neste ano, tudo para a gente foi novidade. Em termos de indústria, o começo da contratação é sempre no início do ano. A gente perdeu esse começo do ano e, por questões burocráticas, não houve contratações”, ressaltou.

Além disso, de acordo com ela, por consequência à crise econômica, a organização encontrou dificuldades para inserir os adolescentes, de 16 a 21 anos, no mercado de trabalho. Eles cursam mecânica geral e elétrica geral na unidade.

“A gente pegou um período de crise brava, mas estamos na luta. Acreditamos que, com transparência e credibilidade, podemos chamar a atenção das empresas que queiram atender nossos aprendizes”, afirmou.

Gestor interino do Senai, Rodrigues concorda e ressalta que, “na fase em que estamos, em que a indústria não está aquecida, a dificuldade de contratação é maior”.

No ano passado, ele conta que não houve procura das empresas para atender aos jovens aprendizes e que, por isso, o Senai abriu as 32 vagas disponíveis para a comunidade.

Entretanto, o gestor interino do Senai destaca que já percebeu melhora na indústria desde agosto deste ano, quando algumas empresas entraram em contato, interessadas na contratação dos alunos.

“Depois que iniciamos o curso, oito alunos de mecânica geral e elétrica geral foram contratados pelo setor. Hoje, nós temos 25% de alunos que já foram atendidos pela indústria”, afirmou.

Ainda segundo Rodrigues, o órgão está em negociação com empresas para contratação de jovens aprendizes e espera melhora no setor industrial até o final do ano. O Grupo Rontan é uma das empresas que colaboram para atender aos alunos.

Sandra pede que as indústrias busquem a contratação de jovens aprendizes. Segundo ela, o setor precisa enxergar que os jovens estão disponíveis, abertos para aprender e muito dedicados.

“A gente precisa da força da indústria para continuar. Sabemos que, nessa época da crise, as empresas também têm dificuldades, mas com a contratação de jovens aprendizes pode ser a saída”, disse.

De acordo com Rodrigues, para atender ao programa Jovem Aprendiz, as empresas fazem um contrato com o centro de qualificação, tendo a opção de escolher o termo de compromisso de quatro ou oito horas.

No primeiro caso, durante esse período, o aluno se dedica aos estudos. Com o contrato de oito horas, esse tempo é dividido, sendo quatro horas no Senai e as demais na indústria.

Segundo a gestora do Senai, a prioridade do órgão é a entrada de jovens aprendizes no mercado de trabalho pela indústria. Se não houver interesse, as vagas são disponibilizadas à comunidade.

As aulas de mecânica ocorrem das 8h às 12h, e as de elétrica, das 13h às 17h, ambas de segunda a sexta. Com carga horária de 800 horas, a formatura da primeira turma está prevista para acontecer em junho de 2016.

Vestibulinho

O Senai em Tatuí abre no dia 16 de novembro as inscrições para cursos regulares de mecânico geral e eletricista. As inscrições devem ser feitas até 16 de dezembro, de segunda a sexta, na rua Maneco Pereira, 619, no antigo Sesi, no centro.

As oportunidades têm o objetivo de atender à demanda do cumprimento de cotas do programa “Jovem Aprendiz” nas empresas de Tatuí e região. O aluno se capacita com aulas práticas e teóricas e desenvolve tarefas do ambiente de trabalho.

Os interessados em participar do processo seletivo devem ter concluído ou estar cursando o ensino médio e ter entre 16 e 21 anos. A prova para seleção dos alunos será feita no dia 20 de dezembro, na escola do Senai.

O resultado será divulgado no dia 6 de janeiro e o período das matrículas dos aprovados vai do dia 7 a 14 do mesmo mês. O início das aulas está previsto para o mês de fevereiro.


Publicidade
Siltec