Programa “A Gente Faz a Segurança na Estrada” vem a Tatuí

    251
    Publicidade
    Siltec
    Alessandra Bonilha, dra

    Nesta segunda-feira, 16, a carreta do programa “A Gente Faz a Segurança na Estrada” chega a Tatuí, onde ficará até terça-feira, 17, atendendo caminhoneiros e a população em geral, no Auto Posto Morro de Tatuí (rodovia SP-127 – quilômetro 112).

    O projeto, que teve a primeira edição no dia 8 de maio, junto ao lançamento nacional da campanha “Maio Amarelo”, no Ministério da Infraestrutura, percorrerá 11.009 quilômetros de estradas brasileiras até o fim de setembro, promovendo ações socioeducativas sobre segurança viária para caminhoneiros de 35 cidades em dez estados, além do Distrito Federal.

    Conforme a organização, em cada parada, serão realizadas várias atividades para o caminhoneiro e para o público, como checagem da luminosidade de faróis até atendimento médico gratuito.

    “Serão feitos check-ups completos tanto no caminhão como no caminhoneiro. Para o veículo, a equipe do projeto irá: aferir a pressão dos pneus; verificar a banda de rodagem e sulcos; analisar a condição dos freios, a luminosidade dos faróis e as condições das palhetas do limpador de para-brisa; Já para o motorista, será feita: aferição da pressão arterial, distribuição de preservativos e aplicação de vacinas, informa a assessoria de comunicação do evento, em nota à imprensa.

    “O objetivo é fazer do caminhoneiro um agente transformador. Como motorista profissional, ele precisa entender que o papel dele é fundamental para reduzir o número de acidentes”, afirma, em nota, Alexandre Corte, CEO do Grupo Cobram (empresa de comunicação que idealiza o projeto).

    Publicidade
    Alessandra Bonilha, dra
    Siltec

    Também haverá rodas de conversa sobre segurança viária conduzidas por observadores credenciados pelo Observatório Nacional de Segurança e por agentes e inspetores da PRF, que levarão para os bate-papos o “Cinema Rodoviário”.

    Além disso, jornalistas do segmento acompanharão de perto todas as atividades para instigar o debate sobre os principais problemas causadores de acidentes e como evitar que eles aconteçam

    O projeto também irá receber estudantes de escolas da região. Os jovens terão um bate-papo com agentes da PRF, que falarão sobre a importância de se começar desde cedo a formação para cada um se tornar um “ótimo motorista”.

    Os estudantes também irão interagir com os caminhoneiros para conhecerem mais de perto a profissão, “suas alegrias, dificuldades e curiosidades da vida na estrada”.

    “Queremos descobrir  como será o caminhoneiro do futuro e valorizar este profissional que, muitas vezes, se torna invisível dentro da boleia de um caminhão. Aqui, o caminhoneiro deixa de ser o coadjuvante a passa a ser o protagonista dessa discussão”, completa Corte.

    Uma carreta irá levar para todas as paradas a exposição interativa “A Gente que Faz”, dividida em dez “estações”. O objetivo é sensibilizar o público para a segurança e respeito no trânsito, em prol da redução de acidentes e preservação da vida.

    O circuito expositivo, que ficará dentro do veículo, contará com textos, fotos, vídeos, atividades interativas, totens com dicas de segurança e referências ao “Me Ouça”, campanha nacional do Maio Amarelo. Cada estação irá explorar um tema dentro da segurança viária.

    Publicidade
    Siltec
    Alessandra Bonilha, dra

    DEIXE UMA RESPOSTA

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome