Programa “A Gente Faz a Segurança na Estrada” vem a Tatuí

336
Publicidade
Siltec

Nesta segunda-feira, 16, a carreta do programa “A Gente Faz a Segurança na Estrada” chega a Tatuí, onde ficará até terça-feira, 17, atendendo caminhoneiros e a população em geral, no Auto Posto Morro de Tatuí (rodovia SP-127 – quilômetro 112).

O projeto, que teve a primeira edição no dia 8 de maio, junto ao lançamento nacional da campanha “Maio Amarelo”, no Ministério da Infraestrutura, percorrerá 11.009 quilômetros de estradas brasileiras até o fim de setembro, promovendo ações socioeducativas sobre segurança viária para caminhoneiros de 35 cidades em dez estados, além do Distrito Federal.

Conforme a organização, em cada parada, serão realizadas várias atividades para o caminhoneiro e para o público, como checagem da luminosidade de faróis até atendimento médico gratuito.

“Serão feitos check-ups completos tanto no caminhão como no caminhoneiro. Para o veículo, a equipe do projeto irá: aferir a pressão dos pneus; verificar a banda de rodagem e sulcos; analisar a condição dos freios, a luminosidade dos faróis e as condições das palhetas do limpador de para-brisa; Já para o motorista, será feita: aferição da pressão arterial, distribuição de preservativos e aplicação de vacinas, informa a assessoria de comunicação do evento, em nota à imprensa.

“O objetivo é fazer do caminhoneiro um agente transformador. Como motorista profissional, ele precisa entender que o papel dele é fundamental para reduzir o número de acidentes”, afirma, em nota, Alexandre Corte, CEO do Grupo Cobram (empresa de comunicação que idealiza o projeto).

Publicidade
Siltec

Também haverá rodas de conversa sobre segurança viária conduzidas por observadores credenciados pelo Observatório Nacional de Segurança e por agentes e inspetores da PRF, que levarão para os bate-papos o “Cinema Rodoviário”.

Além disso, jornalistas do segmento acompanharão de perto todas as atividades para instigar o debate sobre os principais problemas causadores de acidentes e como evitar que eles aconteçam

O projeto também irá receber estudantes de escolas da região. Os jovens terão um bate-papo com agentes da PRF, que falarão sobre a importância de se começar desde cedo a formação para cada um se tornar um “ótimo motorista”.

Os estudantes também irão interagir com os caminhoneiros para conhecerem mais de perto a profissão, “suas alegrias, dificuldades e curiosidades da vida na estrada”.

“Queremos descobrir  como será o caminhoneiro do futuro e valorizar este profissional que, muitas vezes, se torna invisível dentro da boleia de um caminhão. Aqui, o caminhoneiro deixa de ser o coadjuvante a passa a ser o protagonista dessa discussão”, completa Corte.

Uma carreta irá levar para todas as paradas a exposição interativa “A Gente que Faz”, dividida em dez “estações”. O objetivo é sensibilizar o público para a segurança e respeito no trânsito, em prol da redução de acidentes e preservação da vida.

O circuito expositivo, que ficará dentro do veículo, contará com textos, fotos, vídeos, atividades interativas, totens com dicas de segurança e referências ao “Me Ouça”, campanha nacional do Maio Amarelo. Cada estação irá explorar um tema dentro da segurança viária.

Publicidade
Siltec