Presidente do Soesp visita Tatuí trazendo propostas ao setor

310
Flávio Villa Nova, Wagner Rodrigues e Pedro Petrere (Foto: Diléa Silva)
Publicidade
Siltec
Da reportagem

O presidente do Sindicato dos Odontologistas do Estado de São Paulo, Pedro Petrere, esteve em Tatuí na sexta-feira, 24, para apresentar propostas à área de saúde bucal e aos profissionais da categoria.

A visita faz parte de uma programação que, segundo ele, objetiva atingir todo o interior do estado. Petrere afirmou que a intenção do Soesp é “estreitar laços com os políticos locais, buscar melhorias para a categoria e apresentar políticas públicas para a saúde bucal”.

Em Tatuí, a visita começou de manhã, quando Petrere esteve no escritório do pré-candidato a prefeito coronel Wagner Rodrigues (PP). Em seguida, ele esteve no jornal O Progresso, onde falou da importância da saúde bucal.

A visita à redação foi acompanhada por Rodrigues e pelo odontologista Fábio Villa Nova, também pré-candidato a vereador pelo Partido Progressista.

“Nós do sindicato temos essa preocupação de visitar os municípios e apresentar nosso ponto de vista, porque, às vezes, o administrador municipal deixa a odontologia meio de lado e esquece que muitas pessoas morrem por infecções que tiveram origem na boca. A boca também mata, e este é um ponto que queremos chamar a atenção”, disse o presidente.

Publicidade
Siltec

Pontuando a importância do investimento em saúde bucal, Petrere destacou que mais de 40% das mortes que ocorrem em hospitais por sepse (infecção generalizada) têm relação direta com problemas odontológicos.

Petrere apontou que pacientes com doenças sistêmicas e, principalmente, os que estão internados na UTI estão mais suscetíveis a infecções, o que torna o atendimento odontológico “imprescindível”.

Conforme ele, a sepse é a principal causa de morte nas unidades de terapia intensiva no país e uma das principais causas de mortalidade hospitalar tardia, superando o infarto do miocárdio e o câncer de mama.

“No estado, todos os hospitais são obrigados a ter cirurgião dentista na UTI para acompanhar a saúde bucal dos pacientes. Se não estiver saudável, o profissional tem que atuar, mesmo que o paciente esteja desacordado, para que ele não tenha infecção”, explicou o presidente.

“Queremos conscientizar os políticos para que eles tenham consciência da importância da saúde bucal e incluam este setor nos seus planos de governo. Por isso a minha presença na cidade. Inclusive, já estive aqui no ano passado apresentando minha visão para a atual administração”, completou.

Rodrigues, por sua vez, disse ter convidado o sindicalista para a reunião no comitê e prometeu incluir as propostas do sindicalista no plano de governo dele – ainda em fase de formatação.

“Essa conversa foi muito importante para nós, porque ele (Petrere) acabou nos trazendo diversas práticas importantes que estão sendo desenvolvidas no estado e que, certamente, podem ser empregadas na nossa cidade”, disse o pré-candidato.

Como profissional da área, Villa Nova apontou que os serviços da área de saúde bucal são essenciais. Ainda destacou serem necessários a maior valorização profissional e o planejamento para se reduzir as filas de espera e oferecer tratamentos mais complexos, como implantes e outros, no sistema público de saúde.

“Já fizemos próteses sobre implantes no SUS para estabilizar dentaduras inferiores e constatamos que os pacientes tinham uma melhora considerável na autoestima, além da melhoria da saúde como um todo. Temos que buscar melhorias para o atendimento, principalmente no setor público, e o presidente nos trouxe boas propostas”, completou Villa Nova.

Publicidade
Siltec

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome