Polícia Rodoviária faz ‘Operação Carnaval’ até a próxima quarta-feira

132
Ação da PMR visa prevenir acidentes de trânsito (foto: PMR)
Publicidade
Da redação

O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), órgão de execução da Polícia Militar do estado, alinhado ao “Programa Respeito à Vida – São Paulo Dirigindo com Responsabilidade” e ao “Programa de Redução de Acidentes de Trânsito e Segurança Viária 2011-2020 (ONU)”, realiza até às 23h59 de quarta-feira, 26, a Operação Carnaval 2020.

A ação teria início a partir da 0h desta sexta-feira, nos mais de 22 mil quilômetros da malha rodoviária do estado. Durante todos os dias, a atuação do policiamento rodoviário tem como objetivo “sedimentar um trânsito cada vez mais seguro, consciente e humanizado”.

Segundo informou a assessoria de comunicação da PMR, “diuturnamente, serão intensificadas as operações de fiscalização de trânsito em todo o estado, verificando as ultrapassagens proibidas, o uso de cintos de segurança e dos dispositivos de retenção para crianças, uso do celular ao volante e o excesso de velocidade”.

Os policiais também estarão fiscalizando a embriaguez na condução dos veículos nas “Operações Direção Segura Seletiva”, com o emprego dos novos equipamentos de indicação de uso de álcool, denominados etilômetros passivos (bafômetro).

A assessoria ainda ressalta que o policiamento rodoviário estará atento a outras questões que envolvem as normas, com o objetivo de reduzir o número de mortos e feridos no trânsito, conforme preconizado pela ONU, além do usar drones para o monitoramento em pontos estratégicos da malha paulista.

Publicidade

Para a operação de Carnaval, a PMR salienta que o policiamento permanecerá em regime especial de trabalho, com redução de folgas e emprego de 100% de todos os recursos humanos e materiais disponíveis.

São em torno de 3.500 homens e mulheres empregados de forma estratégica em 125 bases operacionais fixas, mais de 800 viaturas, “visando garantir a segurança pública e a fluidez do trânsito”.

O serviço dispõe, ainda, de câmeras de monitoramento das concessionárias de rodovias, etilômetros, radares para aferição de velocidade, binóculos para a fiscalização de infrações em movimento, drones e outros equipamentos.

O efetivo é empregado de maneira estratégica em toda a malha viária, englobando diversas modalidades de policiamento ostensivo em diferentes pontos de fiscalizações, horários e locais, conforme o volume de tráfego e índices de vulnerabilidade.

Publicidade