Pinheiro de Natal na Praça da Santa é iluminado na noite deste sábado

Evento agrega Casa do Papai Noel e apresentação da Banda Sinfônica

1603
Equipe produziu os enfeites natalinos da Praça da Santa (foto: Eduardo Domingues)
Publicidade

Por meio da Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude e do Fundo Social de Solidariedade de Tatuí (Fusstat), a Prefeitura realiza neste sábado, 1º, às 19h, a cerimônia de abertura do “Natal Encantado”, na Praça Martinho Guedes, a Praça da Santa.

A abertura conta com o acendimento do “Pinheiro de Natal”, o início da “Casa do Papai Noel” e uma apresentação musical da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí

A árvore, que ilumina a festividade, é considerada “o maior cartão postal do período” e recebe a iluminação natalina desde 1956, há 62 anos. Os enfeites foram confeccionados por meio do projeto “Natal Espetacular”, do Fusstat.

O projeto é fruto de convênio assinado pela Prefeitura, em junho deste ano, com o Fussesp (Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo).

Ele é coordenado por Viviane Campos e, além da colaboração de voluntárias e alunas dos centros de capacitação do Fusstat, foi desenvolvido por mais seis multiplicadoras permanentes: Inês Almeida, Mada Moraes, Rosemeire Marques, Rosa Maria Coração, Regiane Camargo e Berenice Galvão.

Publicidade

Elas trabalharam com o reaproveitamento de 30 mil garrafas “pet”. Com essa quantia, foram confeccionadas uma árvore de cinco metros e meio e outra de dois metros e meio, 140 bolas natalinas e mais 23 peças estilizadas, como o presépio completo, bengalas, bonecos de neve, sinos e guirlandas.

O “Natal Espetacular” começou a ser executado em julho. Durante este período, o projeto foi transferido para um barracão cedido pela rede Caetano, na rua Juvenal de Campos, em frente à Caixa Econômica Federal, que comportou o armazenamento e a montagem dos enfeites.

Iluminação do pinheiro de Natal acontece há 62 anos (foto: AI Prefeitura)

Inicialmente, o projeto previa somente uma decoração “um pouco mais modesta” da praça e a fabricação de uma árvore de quatro metros e meio. Viviane afirma que, apesar do aumento do trabalho, recebeu direcionamentos e apoio da presidente do Fusstat, Sônia Maria Ribeiro da Silva.

“Tudo que é novo requer um período de adaptação, mas tive uma equipe maravilhosa”, reconheceu a coordenadora.

A equipe de multiplicadoras revelou que desenvolvera o projeto em cima de metas e que, a cada dia, tinha um objetivo a atingir. Inês confessou que o ‘Natal Espetacular’ permitiu que ela aprendesse a trabalhar em grupo.

Elas destacam que poucas se conheciam, mas, diante do projeto e a convivência, criaram uma amizade muito grande. Ainda disseram que, no começo, a arrecadação foi iniciada com pedidos de garrafas para parentes e vizinhos.

Conforme Inês, a equipe está recebendo reconhecimento e valorização. Segundo ela, alguns moradores as parabenizam e outros chegam próximos, tentando conferir os artigos natalinos.

“Despertou a curiosidade de muitos, porque não acreditam que foi tudo produzido através de garrafas pets”, completou.

Viviane afirmou que espera que a população sinta “toda a dedicação, amor e carinho envolvidos no projeto”. Segundo ela, a intenção sempre foi buscar um resultado harmonioso, que transmitisse o real significado do Natal.

“Que o impacto causado a quem observa a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente permita que a pessoa leve isso para a própria vida, repassando as garrafas e outros produtos a locais que façam a reciclagem”, concluiu a coordenadora.

Neste ano, a Prefeitura possibilitou uma novidade no Centro Cultural, com a “Casa do Papai Noel”. O público poderá registar o momento com o Papai Noel e visualizar o Pinheiro de Natal do alto do prédio, deste sábado até o dia 23 de dezembro, das 19h às 22h.

Os itens confeccionados para o Centro Cultural também servirão de decoração temática durante o Bazar de Natal do Fusstat. A atividade ocorrerá entre os dias 10 e 21, oferecendo os itens produzidos pelos centros de capacitação durante o ano todo.

Publicidade