Pianista Lucas Thomazinho realiza concerto gratuito no Conservatório

234
Publicidade





O Conservatório de Tatuí recebe no próximo dia 7 de abril, uma quinta-feira, o pianista Lucas Thomazinho. Ele fará recital solo gratuito a partir das 20h, no teatro “Procópio Ferreira”, à rua São Bento, 415, no centro.

O recital é parte da premiação obtida por Lucas Thomazinho ao vencer em segundo lugar o Concurso Internacional de Interpretação Pianística da Obra de Osvaldo Lacerda, realizado no ano passado, em São Paulo.

Na apresentação com 60 minutos de duração, Thomazinho apresentará obras de Osvaldo Lacerda (Ponteio No1, Ponteio No4 e Variações sobre “Mulher Rendeira”), Radamés Gnattali (Negaceando e Vaidosa), Carlos Gomes (Valsa de Bravura), C. Czerny (Variações sobre um tema de Rode, Op33 “La Ricordanza”) e F. Liszt (Après une lecture du Dante “Fantasia quasi Sonata”).

O concurso internacional foi realizado no último mês de dezembro, na Academia Paulista de Letras, com apoio da Yamaha Musical. O evento teve como jurados Henrique Morelenbaum, Fernando Cupertino e Eudóxia de Barros. Parte da premiação dos três primeiros vencedores foram recitais em diferentes pontos do país, incluindo Tatuí.

Publicidade

O paulista Lucas Thomazinho nasceu em 1995 e aos nove anos de idade ganhou o primeiro concurso. A partir de então, iniciou trajetória de destaque, vencendo mais de uma dezena de concursos nacionais. Entre eles, o Concurso de Piano do Conservatório Villa-Lobos, o XI Concurso Nacional de Piano Magda Tagliaferro e o II Concurso Jovens Músicos – Música no Museu, no Rio de Janeiro.

Em 2015, foi premiado com o 1º lugar e melhor interpretação da obra de Rachmaninov, no IV “International Rachmaninov Piano Competition for Young Pianists”. No mesmo ano, também conquistou o 2o lugar no “Concurso Internacional de Interpretação Pianística da obra do compositor Osvaldo Lacerda”.

Em 2009, foi aceito para participar do 40°Festival de Inverno de Campos do Jordão, evento no qual trabalhou com grandes pianistas como Michel Dalberto, Cristina Ortiz e Richard Bishop. Em 2010 e 2011, atuou como solista da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, em Belo Horizonte, interpretando o Concerto no 2 de Mendelssohn e o Concerto no 2 de Saint-Saëns.

Já se apresentou em recitais no MUBE (Museu Brasileiro de Escultura), no MASP (Museu de Arte de São Paulo), na Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, no Centro Cultural São Paulo, na programação Música do Museu, no Rio de Janeiro, e na cidade de Campos do Jordão, pela AME Campos.

Em 2009, se apresentou para o compositor Almeida Prado, tocando obras de sua autoria, que foram saudadas com entusiasmo pelo autor. Desde o início de seus estudos, é bolsista na Fundação Magda Tagliaferro, tendo tido como professores Zilda Candida dos Santos, Armando Fava Filho e Flavio Varani.

Atualmente, cursa bacharelado na USP (Universidade de São Paulo), sob orientação de Eduardo Monteiro.


Publicidade