Oferecendo música de qualidade, Hotel Del Fiol comemora um ano de revitalização

Novo conceito e espaço gastronômico são atrativos a hóspedes e ao público tatuiano

759
Publicidade

Referência na hotelaria tatuiana, o Hotel Del Fiol completou na sexta-feira da semana passada, 22, um ano de reinauguração. A data marcou a entrega de uma grande reforma e 365 dias de lançamento do espaço gastronômico “Matriz26 Steakhouse”.

Presente em Tatuí desde 1936, o Del Fiol é uma das empresas mais antigas e tradicionais da cidade. Ao longo dos anos, o empreendimento passou por diversas reformas, porém, a revitalização concluída em 2018 foi a maior já realizada até o momento. As novas mudanças envolvem desde a estrutura física do prédio até os conceitos visuais e de atendimento em hospedagem.

De acordo com o gerente-geral do Del Fiol, Fábio Rogério Vieira – que está no hotel há 35 anos -, a idealização da nova fase começou em 2013, buscando entender às transformações do mercado, tendências, tecnologias e comportamentos que formam os novos panoramas do turismo.

Considerando que, com o passar do tempo, as necessidades dos hóspedes mudam e uma série de produtos vão sendo agregados, o hotel buscou criar novos serviços para suprir todas as necessidades dos clientes.

Neste processo, a diretoria iniciou um projeto de transformação total do hotel, com um olhar a longo prazo. Segundo Vieira, “as necessidades e conceitos de hotéis de grande porte nas capitais brasileiras, norte-americanas e europeias, foram adaptados à realidade tatuiana”.

Publicidade

“Nunca estivemos atrás, e nos mantemos bem posicionados, acompanhando as características do mercado”, atesta o gerente-geral.

Mesmo não tendo sido fechado durante a reforma, que agregou também 22 novas acomodações ao hotel, a direção se cercou de profissionais e consultores altamente gabaritados para desenhar um produto que atendesse completamente à legislação e aos anseios dos hóspedes e dos próprios tatuianos por período de 15 a 20 anos, pelo menos.

Apesar de o processo ter se desenvolvido em uma época de crise no país, Vieira reforça a decisão de seguir em frente. “Como quem está na chuva é para se molhar, não iríamos abortar o projeto naquele momento. Confiamos no potencial do nosso trabalho, da cidade como turismo de negócios, de lazer e cultural, e acreditamos que o país, embora cheio de altos e baixos, irá crescer”, frisa.

A reinauguração permitiu ao hotel a adequação ao “retrofit” – termo em inglês utilizado na engenharia, que não significa apenas reforma, mas uma completa remodelação através da mudança de conceitos.

“O ‘retrofit’ não é apenas paredes e novas construções, ele é uma mudança de comportamento e conceito do hotel, voltado à aprimoração da qualidade dos serviços, porém, com algo a mais, detalha.

Vieira revela que, durante o desenvolvimento do projeto, havia a intenção de se edificar um hotel temático, porém, diferente de temáticas estáticas – aplicadas em hotéis na capital.

Conjuntamente com os proprietários do hotel, Raul Antônio Del Fiol e Eliza Del Fiol Manna, foi então construído um “conceito” para a revitalização, alinhado com a música, tendo como eixo central o tema: “Hotel Del Fiol – uma sinfonia de experiência ao hóspede”.

Assim, a temática musical norteou todos os profissionais envolvidos na revitalização do hotel, com o objetivo de torná-lo um atrativo a mais no meio da hospedagem.

De forma sutil, a música permeia todos os espaços do hotel: em coquetéis autorais no Matriz26, nas playlists musicais que animam o bar, lobby e restaurante, no logotipo do hotel e no cardápio.

Valorizando a cultura da cidade, conhecida como a “Capital da Música”, o Hotel Del Fiol desenvolveu elementos decorativos e arquitetônicos com o objetivo de interagir com o hóspede para criar experiências.

“O cliente tem de ser levado a uma experiência diferente para que fique gravada no seu inconsciente. Temos trabalhado essa experiência para que o hóspede, ao entrar no hotel, possa perceber a música como elemento decorativo e também possa ouvi-la”, explica Vieira.

“Percebemos que, durante este período de reinauguração, a música é um componente extraordinário. A música, em várias vertentes para gostos diversificados, permite que as pessoas interajam e que consigamos atingir os nossos objetivos”, complementa.

Um piano profissional posicionado no lobby é mais que um elemento decorativo. A música acolhe os hóspedes do Del Fiol desde o momento em que estão fazendo o “check-in” no balcão.

“Ser acolhido ao toque de piano ou com um canto suave, é outro nível. Percebemos que toca, de fato, o coração do hóspede, e ele se sente bem naquele local”, garante Vieira.

A arte de acolher é representada nos pequenos detalhes e nas escolhas, como espelhos maiores nos banheiros, iluminação e um treinamento intenso da equipe de atendimento, tanto das áreas de alimentos e bebidas quanto de todos os demais serviços do hotel.

Os quartos foram projetados para maximizar o conforto do hóspede em cada detalhe, incluindo espelhos de aumento, secador, smart TVs, frigobar com opções nacionais e importadas e “room service”.

As acomodações são divididas em alas de músicas clássicas, internacionais e MPB. Como elemento dinâmico, o retrofit oferece ao hóspede uma decoração musical na cabeceira da cama, com o refrão de alguma canção conhecida.

Ao lado da canção, impresso na parede, há um “QR Code”. Por meio do código, o celular do hóspede é redirecionado ao Youtube ou ao Spotify, para que possa ouvir a música. “Estamos recebendo um feedback muito positivo”, aponta Vieira.

Dentro de tantas mudanças, a identidade visual do hotel e do restaurante foram redesenhadas, alinhadas com as tendências atuais do comportamento dos consumidores. O projeto arquitetônico contempla um lobby “hiperconectado” à internet, com opções para os hóspedes trabalharem, relaxarem e divertirem-se.

O Del Fiol explora todas as redes sociais, como o Facebook, Instagram e o WhatsApp.

Diante da quantidade de aspectos novos arquitetônicos, o hotel possui uma parede “instagramada”. No local, os hóspedes podem tirar fotos com amigos e familiares, marcando o perfil do hotel e, assim, criando novas experiências.

“Quando o cliente chega ao hotel, está em um universo diferente, não apenas para dormir ou tomar um café e ir embora. Ele acaba tendo contato com uma vasta quantidade de serviços interessantes”, assegura.

O Matriz26 Steakhouse, apresentado como uma grande novidade para o público de Tatuí e região, também completa um ano de lançamento, atendendo aos hóspedes e ao público externo com um cardápio gastronômico especializado em grelhados.

Para manter a tradição de excelência na alta gastronomia, a chef Paula Labaki executou o planejamento do Matriz26. A oferta gastronômica inclui a valorização dos ingredientes, da produção e dos sabores locais.

O restaurante tem a carne como ponto principal. Seguindo as orientações das profissionais, o hotel optou por desenvolver o produto em uma steak house de primeiríssima linha. O Matriz26 trabalha, exclusivamente, com carnes premium.

“As carnes que são servidas no comércio são excelentes, mas os produtos que trabalhamos são de outro patamar. São carnes e cortes especiais, desde o processo inicial, como o trato com os animais”, acentua Vieira.

Nesta nova fase, o Del Fiol quer atender não somente aos hóspedes, mas estar aberto aos visitantes. Conforme o gerente, a reforma teve como principal objetivo fazer com que o hotel e o restaurante fossem integrados à cidade.

“O restaurante Matriz26 está dentro do hotel, mas é um produto desenvolvido também para a população de Tatuí. Lógico que, para entrar no restaurante, as pessoas passam pela porta e a recepção do hotel, mas o produto foi concebido exatamente dessa forma, para criar um processo de acolhimento”.

“É uma barreira que a gente tem que vencer. O hotel em si, ele atende basicamente o público de fora, mas o restaurante é um produto aberto aos tatuianos para tomarem um café da manhã, almoço ou jantar”, reforça.

Vieira destaca que o hotel conta com espaços para receber não somente pessoas físicas, mas eventos de empresas corporativas. Também aponta que, nesta época, próxima ao final de ano, cresce a procura de reservas para confraternizações e encontros de famílias.

O Hotel Del Fiol oferece todas as opções necessárias aos eventos, como, por exemplo, músicos parceiros para uma trilha sonora. Vieira ainda conta que, às vezes, os visitantes perguntam se podem levar algum amigo para tocar nessas ocasiões. “Pode e deve”, acrescenta.

Na diversificação do conceito do hotel, inclusive, foram criados eventos para atrair público. Um deles é o Café Filosófico. O projeto é desenvolvido em parceria com a Faesb (Faculdade de Ensino Superior Santa Bárbara) e atende, mensalmente, cerca de 30 a 50 pessoas. Profissionais e professores são convidados para tratar sobre temas de interesse de um determinado segmento.

O gerente-geral do Del Fiol faz questão de agradecer todos os empresários que atuam no entorno da Praça da Matriz. Segundo Vieira, nos últimos anos, eles têm tido grande interesse em reposicionar os produtos.

Para Vieira, reformas em lojas e qualificação profissional com atendimento simpático e preocupado com aspectos culturais da cidade agregam valor a todos os estabelecimentos comerciais da região central.

“Nossos hóspedes comentam que a Praça da Matriz, um local privilegiado em Tatuí, é como um shopping a céu aberto. Esse shopping agrega valor para nós, assim como agregamos valor a ele”, observa.

Ele também destaca a importância dos eventos realizados na Praça da Matriz pela prefeitura, contribuindo com o desenvolvimento da cidade no aspecto cultural e turístico.

Para celebrar um ano da reinauguração e da abertura do Matriz26, na sexta-feira, 22, o Hotel Del Fiol promoveu, em parceria com a Perin Instrumentos Musicais, o “Music Festival”, das 8h às 22h.

O evento também valorizou o Dia do Músico (comemorado na mesma data) e o Dia de Santa Cecília, a padroeira dos músicos. O Music Festival foi composto por vários gêneros musicais, estrelado por Alison Henrique, Pedro Pavanelli e José Luiz Monteiro, Maria Antônia Negrão, Gustavo Kraemer, Eloisa Proença, Natália Campos e Noel Santos e Sam Jazz Band.

“As pessoas ouviam a música nas calçadas da rua 11 de Agosto e entravam no hotel para ouvir e ver o que estava acontecendo. Durante o dia todo, os hóspedes tiveram contato com músicas tocadas por profissionais de qualidade e altíssimo quilate”, celebra Vieira.

A história da música em Tatuí, aliás, confunde-se com a do próprio hotel. Tio de Raul, o conhecido João Del Fiol teve a ideia, dentro do hotel, da concepção de um conservatório de música na cidade.

“A música está no DNA do Del Fiol. Temos um orgulho pessoal muito grande, pois somos guardiões dessa história bonita da música, que acabou tendo seu aspecto mais profissional, a fundação do Conservatório, idealizada dentro do nosso hotel”, acentuou Vieira.

O restaurante Matriz 26 está aberto ao público das 6h às 23h. Mais informações e reservas podem ser obtidas pelo telefone (15) 3251-3355.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome