Notas policiais

650
Publicidade
  • Homem morre 17 dias após sofrer acidente na ‘SP-127’

Eriberto dos Santos Rocha, encarregado de 31 anos, morador de Tietê, faleceu na noite de terça-feira, 20, por volta das 20h, na Santa Casa de Misericórdia. O óbito ocorreu 17 dias após ele ter sofrido um acidente de motocicleta na rodovia Antonio Romano Schincariol (SP-127).

Conforme o boletim de ocorrência registrado pela irmã dele, uma inspetora de 33 anos, o encarregado se envolveu em acidente entre duas motocicletas, com um operador de 31 anos, no dia 3, às 23h14.

Segundo o boletim, Rocha acabou internado na unidade de terapia intensiva do hospital tatuiano até o falecimento, nesta semana. Um médico orientou a irmã da vítima a comparecer ao plantão policial para registrar a ocorrência, solicitando exame necroscópico do IML (Instituto Médico Legal).


  • Casal de idosos é agredido após colisão entre automóveis

Um aposentado, de 71 anos, e a esposa dele, de 70, foram agredidos por um indivíduo desconhecido, na vila Doutor Laurindo. As agressões teriam ocorrido após uma colisão entre os carros dos envolvidos, na manhã de quarta-feira, 21, por volta das 10h.

Segundo relatado pelo aposentado, ele estava dirigindo, pela rua Prefeito Alberto dos Santos, quando um veículo preto saiu de uma residência, de marcha à ré, e colidiu com o lado direito do automóvel, onde estava a esposa dele.

Publicidade

Na sequência, o condutor teria descido do carro e desferido socos no rosto do idoso. A esposa dele, ao tentar se soltar do cinto de segurança, também teria sido agredida no rosto e no peito. Após as agressões, o sujeito teria estacionado o veículo em uma rua próxima e deixado o local a pé.

Conforme o aposentado, pouco depois, ele encontrou uma viatura e pediu ajuda a guardas civis municipais. O casal foi levado ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, ao plantão policial. Lá, o aposentado disse que o agressor teria dito: “Você é um velho sem vergonha”.


  • Mulher é detida por suspeita de usar hidrômetro furtado

Uma mulher de 31 anos acabou detida, na manhã de quarta-feira, às 10h15, acusada de furto qualificado e receptação, na área central. O hidrômetro instalado na casa dela teria sidofurtado deum outro imóvel, em julho.

Conforme o boletim de ocorrência, um policial civil foi acionado por representantes da Sabesp para averiguar uma denúncia de furto de água em uma residência na rua Prudente de Moraes.

Posteriormente, segundo o boletim, o policial e os funcionários da companhia foram atendidos pela moradora do imóvel. No local, havia duas residências, sendo que a mulher residia na casa da frente. Questionada sobre o hidrômetro, ela disse não saber o que estaria acontecendo e foi levada à Central de Flagrantes.

De acordo com o BO, o hidrômetro apreendido havia sumido de um imóvel situado na rua 15 de Novembro, dia 10 de julho. A proprietária disse à PC que, após perceber que estava sem água no local e acionar a Sabesp, constatou que o registro estava fechado, assim como o sumiço do hidrômetro.


  • PM prende acusado de furtar condicionadores de mercado

Um desempregado de 41 anos foi preso, na manhã de quinta-feira, 22, às 11h45, suspeito de tentar furtar um mercado no Jardim Planalto. Com ele, foram recuperados seis condicionadores, avaliados em R$ 16, totalizando R$ 96.

Conforme a Polícia Militar, uma equipe foi acionada após funcionários do estabelecimento capturarem o suspeito, na rua vereador Lucas Pelagalli, no Lincoln Parque. O sujeito foi algemado e conduzido ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, à Central de Flagrantes.

De acordo com a PM, no plantão policial, o gerente do mercado informou que o acusado teriacolocado alguns produtos na cintura e saído sem pagar. O indivíduo foi abordado por uma funcionária e, após devolver três condicionadores, tentou fugir, mas acabou capturado.

Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito recebeu voz de prisão, com possibilidade de fiança no valor de R$ 1.050. Ele permaneceu detido para ser apresentado em audiência de custódia.


  • Embriagado, estudante de 16 furta carro e provoca acidente

A Polícia Militar apreendeu um estudante de 16 anos, acusado de furto, dano, embriaguez ao volante e por dirigir sem carteira de motorista. O caso aconteceu na tarde de quinta-feira, 22, por volta das 17h20, no Parque Gerbeli.

Segundo a PM, uma equipe fazia patrulhamento quando foi acionada, via rádio, após um adolescente ter furtado um carro, modelo Fiesta, e provocado um acidente ao trafegar pela rua Antônio Ferreira de Albuquerque, na contramão.

Conforme a PM, o volante do veículo conduzido pelo estudante travou e ele colidiu na lateral de um Ford Ka, arremessando-o contra uma caminhonete modelo Toro, que trafegava no sentido oposto.

De acordo com a PM, populares capturaram o adolescente, o qual ainda tentou, sem sucesso, fugir. Em busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado com ele. Indagado, o estudante confessou que furtara o veículo.

Ele foi encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal e, depois, à Central de Flagrantes, onde acabou liberado à mãe dele. Os veículos Fiesta e Ka, sem condições de rodar, ficaram apreendidos para serem periciados.

Publicidade