Notas policiais

730
Publicidade
  • Duas vítimas informam perda de FGTS na DC no mesmo dia

Na sexta-feira, 9, dois homens, de 42 e 44 anos, registraram boletins de ocorrência relacionados ao FGTS (Fundo de Garantia de Tempo de Serviço). Eles alegam ter sido vítimas de estelionato.

Segundo relatado por um encanador, de 42 anos, ele esteve em uma agência da Caixa Econômica Federal para consultar o saldo do FGTS, onde acabou informado de que haviam utilizado R$ 1.044,98 do FGTS dele em várias compras.

Conforme o boletim, o encanador disse a um funcionário do banco que não havia feito nenhuma compra usando o valor do FGTS, sendo informado de que as compras haviam sido efetuadas no litoral.

Mais tarde, um supervisor de compras e vendas, de 44 anos, disse na PC que tinha ido à CEF para efetuar um saque, pois sabia que teria R$ 1.045 na conta bancária dele.

De acordo com o BO, um atendente constatou que havia somente R$ 6,37 na conta do supervisor. Ele foi questionado sobre quem seria “Janaína dos Santos Torrini” e, após dizer que não a conhecia, o atendente informou que havia sido efetuado um pagamento de R$ 1.045 em benefício desse nome.

Publicidade

  • Morador vai a chácara e tem residência invadida e furtada

Um aposentado de 79 anos teve a casa dele, situada na vila Santa Helena, invadida e furtada na manhã de domingo, 11.

Conforme o boletim de ocorrência, o aposentado estava em uma chácara com familiares quando a neta dele recebeu ligação de uma amiga, informando que o portão da garagem do imóvel havia sido arrombado.

Segundo o boletim, a vítima retornou à residência e verificou que, além do portão, a porta da cozinha também fora arrombada. No imóvel, o aposentado constatou o furto de uma bicicleta, uma máquina fotográfica semiprofissional, um notebook e um relógio de pulso.


  • PM detém pintor suspeito de furtar imóvel em construção

Um pintor de 41 anos acabou preso, na madrugada de segunda-feira, 12, suspeito de furtar um imóvel em construção, localizado na rua Victor Alberto Genari, no Loteamento Santa Cruz. Com ele, a Polícia Militar apreendeu uma lata de tinta, peças hidráulicas e outros materiais de construção.

De acordo com a PM, por volta das 3h10, uma equipe fazia patrulhamento quando, pela rua Saladino Simões de Almeida, no bairro Rosa Garcia, encontrou um indivíduo carregando os materiais. Devido ao horário, os policiais suspeitaram dele e o abordaram.

Conforme a PM, ainda no local, o sujeito apresentou diversas versões conflitantes. Na sequência, o pintor admitiu que havia pulado o muro de um imóvel em construção e furtado: uma lata de 18 litros de selador para parede, um registro de plástico, 27 caixas de plástico para tomadas, três flanges fixos, um veda-rosca e duas luvas (peças hidráulicas).

Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito foi levado à Central de Flagrantes. Lá, a autoridade policial determinou a prisão preventiva dele. Os objetivos foram apreendidos e devolvidos, após reconhecimento pelo dono do imóvel.


  • Motociclista é preso por dirigir embriagado e sem habilitação

Um ajudante-geral de 39 anos foi preso, na madrugada de sábado, 10, acusado de dirigir embriagado e sem carteira de habilitação. Ele acabou detido pela Polícia Militar Rodoviária após se envolver em um acidente no quilometro 148 da rodovia Castello Branco (SP-280), no sentido a Quadra.

Conforme o boletim de ocorrência, a PMR menciona que os veículos (dois caminhões e a motocicleta do acusado) encontravam-se no acostamento quando a viatura chegou e os envolvidos – que apresentavam lesões leves – foram “convidados” a realizar o teste do bafômetro.

Segundo os policiais, durante a abordagem, os testes realizados nos dois condutores dos caminhões não mostraram resultados de embriaguez.

Já o teste do condutor da motocicleta apresentou resultado de 0,54 miligrama de álcool por litro de ar alveolar – o limite tolerado para que não se caracterize infração de trânsito é 0,04 miligrama.

Ainda durante a abordagem do motociclista, os militares constataram que, além de estar embriagado, ele dirigia sem carteira de habilitação.

O homem foi levado à Delegacia Central, onde permaneceu à disposição da Justiça, com possibilidade de fiança de R$ 1.000, por infração ao Código Brasileiro de Trânsito. A motocicleta foi apreendida e recolhida no pátio municipal.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome