Notas policiais

1087
Publicidade
  • Passageiro de ônibus é preso pela GCM com celular furtado

Um homem de 32 anos foi preso, na tarde de quinta-feira, 17, acusado de furtar o celular de um motorista de circular, no Mercado Municipal. Equipes da Guarda Civil Municipal encontraram o suspeito, já embarcado em outro coletivo, na rodoviária municipal.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima acionou os guardas informando o furto. O motorista relatou ter percebido a falta do celular após finalizar uma linha de costume e estacionar o ônibus, no Largo do Mercado.

De acordo com a GCM, o fiscal do ônibus apontou um dos passageiros como suspeito. O homem teria embarcado, por volta das 14h, no ponto de ônibus da Fazenda Chigueno e ficado ao lado do caixa, conversando com o funcionário, até chegar ao Mercado Municipal.

Antes do desembarque, o passageiro disse que iria  até a rodoviária para pegar um ônibus a Sorocaba, onde o motorista e o fiscal acabaram encontrando o suspeito, dentro de um ônibus da Viação Cometa.

No local, eles acionaram a GCM, enquanto o motorista fechou a porta do veículo para assegurar que o suspeito não sairia até a chegada da viatura. Segundo a GCM, O homem foi encontrado com o celular e confessou o crime.

Publicidade

O acusado, Gilmar Santiago Rodrigues Procópio, foi encaminhado à Delegacia Central, onde o delegado de plantão deu ordem de prisão com possibilidade do pagamento de fiança de R$ 1.000 e ele permaneceu à disposição da Justiça.


  • Homem tem celular roubado ao encostar em estrada rural

Um motociclista de 34 anos foi assaltado, na noite de quarta-feira, 16, ao estacionar a moto dele na estrada dos Fragas, área rural. A vítima informou o crime à Polícia Civil na tarde de do seguinte, quinta-feira, 17.

Conforme relatado, o homem voltava da chácara de um parente quando, próximo a uma capela do bairro, parou a moto – deixando-a ligada – para fazer “necessidades fisiológicas” e foi surpreendido por um homem anunciando o assalto.

Segundo a vítima, o assaltante já chegou pedindo para entregar o celular – mesmo com o veículo ainda ligado. Aos policiais, o proprietário do celular informou não ter reagido à ação criminosa.

Ele ainda disse à PC que não conseguiu visualizar as características do assaltante, alegando estar escuro no local do crime.


  • Placa de moto é furtada em frente à casa do proprietário

Um jovem de 21 anos, morador do Jardim Wanderley, teve a placa da motocicleta dele furtada na noite de sexta-feira da semana passada, 11. O veículo estava estacionado em frente à casa da vítima.

O proprietário do veículo, uma Yamaha, procurou a Central de Flagrantes na manhã de quinta-feira, 17, para registrar a ocorrência.

Segundo relatado, a vítima chegou do trabalho, por volta das 23h30, e deixou a motocicleta estacionada para tomar banho e sair novamente. Contudo, quando saiu, percebeu que haviam furtado a placa do veículo, com identificação FEL7809.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima não apresentou suspeitos nem testemunhas do ocorrido.


  • Nome de aposentado é usado para empréstimo fraudulento

Um aposentado de 71 anos teve o nome utilizado para a realização de um empréstimo bancário sem o consentimento dele. O caso foi informado no plantão policial na tarde de terça-feira, 15, sendo registrado boletim de ocorrência de falsidade ideológica.

Conforme o documento, o aposentado esteve em uma agência bancária na rua 15 de Novembro, na área central. No local, um “funcionário” informou que, se ele fizesse a portabilidade ao banco, as condições de juros seriam baixas e ainda ganharia uma diferença em dinheiro.

De acordo com o boletim, o aposentado recebeu orientações de que tinha de apresentar alguns documentos obrigatórios, inclusive, um extrato da conta dele no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), para poder dar continuidade ao procedimento bancário.

Após retirar o extrato, segundo o BO, o aposentado notou que havia um empréstimo realizado na segunda-feira, 14. A transação bancária feita no nome do aposentado acrescentou R$ 2.033,89 na conta dele.

Publicidade