Notas policiais

571
Publicidade
  • Casa no ‘Módena’ é invadida durante viagem de moradora

Uma costureira de 52 anos teve a residência invadida enquanto viajava na virada de ano. Do local, foram levados uma pulseira de prata e dois relógios. O crime aconteceu na madrugada de quarta-feira, 1º.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava ausente da residência, viajando. Contudo, familiares passaram na frente do imóvel e notaram que o portão estava parcialmente aberto.

A costureira disse à PC que os familiares ligaram para ela, comunicando-a sobre o ocorrido. A vítima teria retornado pela manhã e constatado o arrombamento do portão, o interior da residência bagunçado e o furto dos objetos.


  • Mulher cai em golpe ao tentar adquirir bonecas pela internet

Uma mulher de 31 anos foi vítima de estelionato ao tentar adquirir bonecas pela internet. Ela depositou a quantia de R$ 525 por três bonecas e o frete, mas os produtos não foram entregues. A mulher registrou boletim de ocorrência na Delegacia Policial na tarde sexta-feira, 3.

Conforme o documento, no dia 21 de dezembro, a mulher acessou o endereço digital “www.rebornanica.com.br” e ligou a um número de telefone informado no site de vendas com a intenção de adquirir a boneca “Bebê Reborn”.

Publicidade

Segundo o boletim, a vítima foi atendida pela funcionária “Fernanda” e, posteriormente, continuou conversando por um aplicativo de mensagens. A mulher escolheu, por meio de fotos, duas bonecas pelo valor de R$ 400 e mais R$ 35 pelo frete de entrega, sendo informada, pela suposta atendente, sobre a conta bancária para fazer o pagamento.

O valor teria sido depositado na conta de “Paulo Alexandre F. Sant.”. Na sequência, a vendedora teria proposto que a vítima comprasse mais uma boneca, por R$ 90, e o valor acabou sendo depositado na conta de “Reinaldo Barbosa da Cruz”.

A vítima enviou imagens dos comprovantes de depósito e a suposta atendente teria afirmado que as bonecas seriam entregues até o dia 23. Contudo, os produtos não teriam chegado à vítima e, acreditando ter caído em golpe, ela resolveu registrar o boletim de ocorrência.


  • PM detém acusado de furtar barbeadores em supermercado

Um pedreiro de 30 anos foi preso, no início da noite de sexta-feira, 3, acusado de furto em um supermercado na região central. Com o indivíduo, a Polícia Militar recuperou dois aparelhos de barbear e três caixas de lâminas.

De acordo com a PM, uma equipe fazia patrulhamento de rotina pelo centro quando observou uma pessoa “conhecida dos meios policiais, correndo e levando pequenos objetos consigo”.

O indivíduo foi abordado e a PM teria constatado que ele levava objetos de higiene facial masculina. Os agentes fizeram contato com representantes de um supermercado próximo e teriam sido informados de que o pedreiro estivera no local e os produtos pertenciam ao estabelecimento.

Conforme a PM, o homem foi conduzido ao plantão policial e confessou o crime, afirmando que venderia os produtos. O indivíduo recebeu voz de prisão em flagrante, sem o direito a fiança, pois era procurado pela Justiça.


  • Criminosos furtam pertences de 2 mulheres em 25 minutos

Duas mulheres, de 60 e 62 anos, tiveram pertences furtados do interior da bolsa delas, na região central, na manhã de sexta-feira, 3. Os dois casos, comunicados na Delegacia Policial, aconteceram em intervalo de 25 minutos.

Conforme o boletim de ocorrência registrado pela vítima do primeiro furto, uma mulher de 60 anos, ela esteve em uma agência bancária e, posteriormente, dirigiu-se a uma pastelaria.

Ela teria chegado ao estabelecimento por volta das 11h20 e, quando iria pagar a conta, notara a falta da carteira dela com documentos pessoais e cartões bancários. O lugar estaria bastante movimentado, mas a mulher não apontou suspeitos.

Já de acordo com o segundo boletim, registrado por uma aposentada de 62 anos, por volta das 11h45, ela esteve em duas lojas localizadas na rua 11 de Agosto antes de ir almoçar. Em seguida, notou que um dos bolsos externos da bolsa dela estava “meio aberto” e alguns documentos pessoais e R$ 1.700 haviam sumido.

Posteriormente, a aposentada teria encontrados os documentos pessoais próximo à sede da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). No entanto, quatro cartões bancários – sendo dois da vítima e dois pertencentes ao marido dela – não foram localizados.


  • GCM apreende menor de 16 anos com 11 pedras de crack

Um adolescente de 16 anos foi apreendido, na tarde de domingo, 5, acusado de tráfico de drogas. Durante a operação, realizada pela Guarda Civil Municipal, por volta das 11h, na vila São Cristóvão, foram recolhidas 11 porções de crack e R$ 17,25 em dinheiro.

Conforme a GCM, uma equipe fazia patrulhamento pela rua Antônio Pereira Fiuza quando suspeitou do adolescente. O rapaz estaria parado na calçada e teria colocado um pacote na boca ao perceber a aproximação da viatura.

Durante abordagem, o menor teria retirado da boca 11 porções de crack. Segundo a GCM, ele confessou que estava vendendo as drogas e entregou aos agentes a quantia em dinheiro que guardava no bolso da bermuda.

O rapaz foi encaminhado à Delegacia Central, onde foi ouvido e autuado por ato infracional no tráfico de drogas, permanecendo à disposição da Vara da Infância e da Juventude.

Publicidade