Notas policiais

554
Publicidade
  • Farmácia sofre furto e roubo em pouco mais de 24 horas

Uma farmácia, situada na rua 11 de Agosto, sofreu um furto e um roubo em intervalo de pouco mais de 24 horas, entre terça-feira e quinta-feira, 15 e 17. Os autores dos dois crimes foram presos em flagrante pela Polícia Militar e pela Guarda Civil Municipal.

De acordo com a PM, na terça-feira, por volta das 21h, uma equipe estava fazendo patrulhamento quando percebeu um homem correndo pela rua com uma sacola em mãos.

Em abordagem, nada de ilícito foi encontrado com ele, mas os policiais localizaram um desodorante aerossol e um kit de xampu e condicionador na sacola.

Segundo o boletim de ocorrência, os funcionários do estabelecimento reconheceram os produtos levados e o autor do furto. Conduzido ao plantão policial, ele confessou o crime, afirmando ser usuário de drogas e que furtara para sustentar o vício. Ainda declarou estar arrependido e que não queria “atrapalhar ninguém”.

Leandro Benedito de Oliveira, servente de 44 anos, recebeu voz de prisão em flagrante. A fiança foi negada, pois ele possui uma condenação criminal há menos de cinco anos.

Publicidade

Conforme a GCM, na quinta-feira, às 1h30, guardas foram acionados para uma ocorrência de roubo praticado por dois indivíduos na mesma farmácia. No local, os agentes tiveram acesso às imagens do sistema de monitoramento.

Segundo o boletim, a GCM localizou os dois homens próximos à antiga Estação Ferroviária e, questionados, ambos confessaram o crime. Jean Carlos Moraes de Lima e Gilmar José de Lima Júnior, irmãos de 23 e 21 anos, respectivamente, acabaram presos em flagrante. Com eles, foram apreendidos um tênis, roupas e R$ 70, além de R$ 224 que havia sido roubado.


  • Bandidos furtam uniforme de bombeiro no bairro Guaxingu

Um bombeiro de 25 anos teve o uniforme furtado na madrugada de segunda-feira, 14, no bairro Guaxingu. Os bandidos pularam o muro da chácara da vítima e fugiram de moto. O furto foi comunicado na Delegacia Central na tarde do mesmo dia.

Segundo relatado, por volta das 4h, o bombeiro teria escutado o cachorro latir “bastante agitado”. Ele soltou o cão e teria escutado um grito e visto um ladrão pulando o muro da chácara, subindo em uma moto que o aguardava e fugido no sentido a Iperó.

Posteriormente, a vítima teria notado o porta-malas do carro dele aberto e a falta de uma camiseta vermelha do serviço de brigadista. O bombeiro acionou a Guarda Civil Municipal e, após algumas averiguações pela corporação, foi orientado a registrar boletim de ocorrência.


  • Adolescentes de moto tentam fugir da PM e causam colisão

Dois adolescentes, de 17 e 14 anos, trafegando em uma motocicleta, tentaram escapar da Polícia Militar na noite de quinta-feira, 17. Durante a fuga, os menores colidiram com outra moto, na rua 11 de Agosto.

De acordo com a PM, por volta das 20h, os adolescentes estavam dirigindo uma moto Honda/CG 150, com a qual tentaram fugir quando os policiais deram ordem de parada.

Em velocidade, os menores colidiram com um estudante de 18 anos que estava em uma moto Honda/XRE transitando pela rua 11 de Agosto. No momento do impacto, todos caíram e sofreram lesões leves.

Conforme a PM, os três foram conduzidos ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, posteriormente, à Central de Flagrantes.

A motocicleta que estava com os menores foi apreendida por restrição de transferência e falta de licenciamento, enquanto o outro veículo acabou checado e devolvido ao dono.


  • Plantação invadida fica sem R$ 20 mil em cabos elétricos

Criminosos invadiram a plantação de uma fazenda, localizada na SP-280, a rodovia Presidente Castello Branco, para furtar cabos elétricos de irrigação. Ao todo, foram levados 600 metros de cabos, avaliados em R$ 20 mil. O caso ocorreu na madrugada de segunda-feira, 14.

Segundo o boletim de ocorrência, os fios furtados pertenciam ao equipamento de irrigação de uma plantação de, aproximadamente, 40 alqueires. Os bandidos levaram três vias de 16 milímetros e sete vias de 2,5 milímetros.

Conforme relato de um representante da fazenda, não há sistema de monitoramento no local e o vigia estava de folga. Ele afirma que somente teriam conseguido observar o rastro que os fios e as pegadas de uma possível bota deixaram.

O representante disse à PC que não há vizinhos próximos da fazenda, sendo que o mais perto fica a dois quilômetros de distância. Ele informou que reside no terreno da fazenda, a cerca de mil metros da plantação, e que ouvira os cachorros latindo e imaginara tratar-se de animais silvestres.

Ainda segundo relatado, um tratorista chegou ao local na manhã seguinte e foi o primeiro a perceber a subtração dos cabos elétricos, avisando ao representante da fazenda.


  • PM prende acusado de tentar levar carnes de supermercado

A Polícia Militar prendeu, na tarde de segunda-feira, 14, um homem de 38 anos acusado de tentar furtar carnes de um supermercado no bairro Valinho. O indivíduo foi abordado por seguranças do estabelecimento, que, posteriormente, acionaram a PM.

De acordo com o boletim de ocorrência, o chefe da segurança do local a tentativa de furto de carnes envolvia 6,578 quilos de picanha e 5,796 quilos de fraldinha, somando o valor de R$ 309,88.

O homem foi algemado e conduzido ao plantão policial, onde recebeu voz de prisão e foi-lhe arbitrado fiança de R$ 1.000. O indivíduo acabou recolhido ao cárcere e ficou à disposição da Justiça.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome