Notas policiais

636
Publicidade
  • Menor é apreendido acusado de roubar farmácia no centro

Um adolescente de 16 anos foi apreendido, na tarde de terça-feira, 10, acusado de roubar uma farmácia na área central. Ele teria usado um simulacro de arma de fogo para ameaçar a comerciante do local, pegar o dinheiro do caixa e o celular da vítima.

Conforme boletim de ocorrência, a Guarda Civil Municipal foi acionada por testemunhas, informando que um rapaz (usando camisa de time de futebol e boné preto) tinha invadido o comércio.

O adolescente teria aproveitado que a balconista estava sozinha e passou a ameaçá-la, exigindo dinheiro. Em seguida, o rapaz teria fugido, levando R$ 116 em dinheiro e o aparelho celular.

Segundo a GCM, a farmácia possui câmeras de segurança, que auxiliaram nos procedimentos de investigação. Equipes realizaram buscas pela área central e localizaram o suspeito na rua Francisco Vieira de Camargo.

Durante busca pessoal, o rapaz estaria carregando uma camisa de time, um boné preto e uma sacola plástica branca com um utensílio branco envolto em fita isolante, formando um cabo preto.

Publicidade

O acusado teria confessado que entrara na farmácia e utilizado o cabo preto como um simulacro, o ostentado na cintura. Ainda em declaração, o menor teria alegado que praticara o roubo por possuir dívidas provenientes da compra de drogas.

O rapaz foi encaminhado à Delegacia Central e autuado por ato infracional na prática de roubo e permaneceu à disposição da Justiça.


  • Professor vai a sítio e percebe furto de galinhas de raça no ‘SA’

Um professor de 34 anos esteve na Polícia Civil, terça-feira, 10, para registrar o furto de galinhas de raça. O crime teria ocorrido durante a madrugada de segunda-feira, 9, na propriedade da vítima, no bairro Santa Adélia.

A vítima esteve no sítio, na terça, por volta das 10h, para tratar dos animais e notou a falta de 14 galinhas da raça japonesa “Shamo”. O homem ainda disse que, no sábado anterior, 7, criminosos já haviam tentado furtar a propriedade.

Segundo ele, na ocasião, haviam cortado a cerca de alambrado, desligado os disjuntores e arrombado a tampa do padrão de energia elétrica. O proprietário do imóvel não apontou suspeitos nem testemunhas do crime.


  • Jovem em fuga invade casa e esconde-se debaixo de cama

Um ajudante-geral de 25 anos foi detido, na tarde de quarta-feira, 11, acusado de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo, no Jardim Thomaz Guedes. Durante a ação da GCM, foram apreendidos R$30 em dinheiro, uma espingarda e 25 porções de crack.

Segundo a GCM, uma equipe fazia patrulhamento pelo bairro quando suspeitou do rapaz. Ele estava caminhando com uma mulher na rua e teria corrido ao perceber a aproximação da viatura.

Durante a fuga, o rapaz teria escalado o muro de uma casa, entrado no imóvel e subido na laje, arremessando algo sobre o telhado. Em seguida, ele teria corrido na direção de outra casa e pulado no telhado.

O local foi cercado e, após a GCM informar o morador da residência sobre a possível presença do suspeito na casa, os agentes foram autorizados a entrar na moradia. Durante as buscas, o suspeito foi encontrado debaixo da cama de um dos cômodos da residência.

Conforme a GCM, foram encontradas 25 pedras de crack no pacote dispensado pelo acusado durante a fuga. Na casa dele, a GCM ainda recolheu R$ 30 em dinheiro e uma espingarda de fabricação caseira, modelo pica-pau (carregada pela boca), localizada em uma calha de construção feita de cano de PVC.

O acusado, Nagib Alex Sandro Nasir, foi encaminhado à Delegacia Central e autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Ele permaneceu à disposição da Justiça.


  • Mulher é detida acusada de furtar mercado no centro

Uma mulher de 41 anos foi detida, na manhã de quinta-feira, 12, acusada de furtar um supermercado na área central. Com ela, foram apreendidos cinco antitranspirantes, quatro condicionadores de cabelo, dois xampus, um pote de creme de avelã e cinco barras de chocolate.

Segundo a GCM, um funcionário informou que uma mulher havia colocado diversos produtos dentro da bolsa e que teria efetuado o pagamento de apenas um detergente no caixa.

Ao perceber que havia sido descoberta, a mulher teria tentado devolver as mercadorias, contudo, o funcionário teria levado a acusada até uma sala dentro do estabelecimento, onde ela aguardou a chegada a GCM.

Questionada, a mulher teria confessado que pegara as mercadorias, contudo, também alegado que iria devolvê-las.

A acusada foi encaminhada à Delegacia Central, ouvida e indiciada por tentativa de furto.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome