Notas policiais

652
Publicidade
  • Vítima vai até endereço falso e descobre ter caído em golpe

Um rapaz de 25 anos comprou passagens para viajar a Foz do Iguaçu (PR) e descobriu o golpe ao comparecer no falso endereço da agência. A vítima registrou boletim de ocorrência na sexta-feira, 12.

Segundo o documento, no dia 23 de abril, a vítima entrou em contato, por um aplicativo de mensagens, com a agência “Atho Trib Viagens e Turismo”, com sede Sorocaba, para tratar da viagem, sendo que as passagens de ida e volta custariam R$ 290.

No dia seguinte, o rapaz teria fechado negócio e efetuado o depósito em uma conta fornecida pela agência, em nome de “Elaine Figueiredo”.

A suposta empresa teria informado que, no dia 20 de junho, faria um grupo no aplicativo de mensagens para passar as informações da viagem.

Conforme o boletim, o grupo não foi feito e, posteriormente, a vítima acabou avisada de que a viagem havia sido cancelada e que precisava da conta bancária para fazer o reembolso. Segundo o rapaz, após enviar o número da conta, a suposta corretora ficou “enrolando”.

Publicidade

Ainda conforme o BO, a vítima encontrou o endereço da agência no site dela, foi até o local e encontrou uma residência fechada, com uma placa para ser alugada. Posteriormente, a vítima foi bloqueada no aplicativo e não conseguiu mais contato com os golpistas.


  • Indivíduo furta oito discos de serra, mas é detido pela GCM

Um homem de 44 anos foi detido, pela Guarda Civil Municipal, acusado de ter furtado oito discos de serra de um estabelecimento comercial da região central. O crime aconteceu na manhã de sexta-feira, 12.

De acordo com a GCM, uma equipe foi chamada para atender a uma ocorrência de furto na rua Prudente de Moraes.

No local, os guardas foram informados de que um indivíduo entrara no estabelecimento, colocara alguns produtos dentro das roupas e saíra sem realizar o pagamento.

O acusado, identificado como Orlando Aparecido dos Santos, foi encontrado na rua 11 de Agosto. Com ele, segundo a GCM, foram localizados oito discos de serra, que custam R$ 145, além de uma torneira nova.

Santos foi conduzido ao plantão policial e o representante do estabelecimento comercial reconheceu os discos de serra e recuperou os objetos.

Conforme o boletim de ocorrência, Santos confessou o crime e afirmou que os produtos haviam sido furtados para comprar remédios para a esposa.

Porém, questionado, ele não soube informar os medicamentos e a doença da mulher, sendo preso em flagrante, com fiança arbitrada em R$ 1.000.


  • Mobilete passa sinal vermelho e GCM pega condutor bêbado

A Guarda Civil Municipal prendeu um auxiliar de serviços gerais de 54 anos, na tarde de sábado, 13, acusado de estar conduzindo uma mobilete embriagado.

Conforme a GCM, uma guarnição patrulhava a região central quando flagou o condutor do veículo, sem placa, avançar um sinal vermelho próximo ao Mercado Municipal. O indivíduo chegou a ser advertido por outros motoristas.

Segundo a GCM, o homem foi “facilmente” interceptado. Os agentes constataram um “forte odor etílico, olhos avermelhados, fala pastosa e percepção desconecta da realidade”.

A GCM levou o condutor ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, posteriormente, encaminhou-o para audiência de custódia, enquanto a “mobilete” ficou apreendida.


  • Dois acusados de trazer drogas de Boituva a Tatuí acaba presa

Dois homens foram presos, na tarde de quarta-feira, 10, acusadas de tráfico de drogas no distrito de Americana. Com eles, a Polícia Militar apreendeu uma moto (Honda CG 160 Start), um celular e R$ 295 em dinheiro, além de três pedras de crack e dois papelotes de maconha.

De acordo com a PM, uma equipe da Força Tática recebeu denúncia anônima informando que dois homens estariam em uma motocicleta vindo com drogas do município de Boituva.

Ainda segundo a PM, a denúncia informava que os dois estariam em uma estrada de terra na área rural do distrito de Americana e que levariam as drogas até o bairro Vida Nova Pacaembu.

Os suspeitos foram encontrados na estrada informada. Ao perceber que seriam abordados, eles teriam tentado fugir, porém, sem êxito.

Durante busca pessoal, no condutor da motocicleta, nada de ilícito foi localizado. Contudo, com o passageiro, a PM teria localizado uma porção de crack e R$ 15 em dinheiro. Questionado, o homem teria confessado que havia trazido as drogas de Boituva e que teria mais escondidas na casa dele.

Conforme os militares, com apoio de outra viatura da Força Tática e do canil, equipes efetuaram buscas no imóvel e encontraram, em um pote sobre a geladeira, mais dois papelotes de maconha, uma porção de crack e R$ 280 em dinheiro.

Os acusados, Diogo Teixeira, 35, e Ademir Miguel Bueno, 30, foram encaminhados à Delegacia Central, onde permaneceram à disposição da Justiça. Eles devem responder por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Publicidade