Notas policiais

1233
Publicidade
  • “Falso” funcionário de banco furta R$ 700 de aposentado

Um aposentado de 74 anos teve prejuízo de R$ 700 ao entregar a quantia a um falso funcionário de uma agência bancária na região central. O caso aconteceu na manhã de sexta-feira, 3, e foi registrado como furto qualificado no plantão policial, pouco depois.

Conforme relatado, a vítima compareceu à agência bancária, por volta das 11h20, para sacar R$ 700. Após pegar a quantia, um indivíduo desconhecido – de pele branca, aproximadamente 35 anos, 1,75 metro de altura e com camisa social – aproximou-se e disse que “o pagamento foi feito errado, o banco se equivocou e deu uma quantia menor do que a que deveria ser entregue”.

De acordo com o boletim de ocorrência, por conta da vestimenta, o aposentado acreditou que o homem era funcionário da agência bancária.

O indivíduo teria pedido o dinheiro para a vítima e pego o telefone, afirmando que informaria à central do banco sobre o “equívoco” e, posteriormente, que o valor correto seria entregue ao aposentado.

Segundo o BO, a vítima aguardou por cerca de 30 minutos e voltou para o banco, momento em teria tomado ciência de que se tratava de um golpe e que o indivíduo não era funcionário da agência bancária.

Publicidade

  • Rapaz é preso com 76 porções com cocaína, crack e maconha

Um auxiliar de produção de 23 anos foi preso na manhã de domingo, 5, acusado de tráfico de drogas no Jardim Fundação Manoel Guedes. Com ele, a Guarda Civil Municipal informa ter apreendido 76 porções de cocaína, crack e maconha, além de R$ 66 reais em dinheiro.

Conforme a GCM, uma guarnição realizava patrulhamento de rotina pelo bairro quando avistou o jovem próximo a um terreno baldio “comumente” utilizado para a guarda de entorpecentes. Ao notar a presença dos guardas, o indivíduo teria alterado repentinamente o comportamento.

De acordo com o boletim de ocorrência, o acusado foi abordado e, em revista pessoal, encontrados R$ 10 e nada de ilícito. Questionado sobre o motivo de estar parado sozinho no local, o jovem teria admitido que estava indo até o “pasto” para buscar o dinheiro e o restante das drogas que haviam sobrado da venda da noite anterior.

No local, a GCM teria localizado: 22 papelotes de cocaína (totalizando 14,5 gramas), 18 pedras de crack (4,3 gramas), 36 porções de maconha (36,4 gramas) e mais R$ 56.

O acusado foi encaminhado à Delegacia Central, onde permaneceu à disposição da Justiça. O indivíduo deve responder por tráfico de drogas.


  • Ajudante tem moto e celular roubados no bairro Santa Rita

Um ajudante de pintor de 47 anos teve uma moto (da marca Honda, modelo CG 125 Titan Ks, cor azul), um celular e R$ 300 roubados no bairro Jardim Santa Rita de Cássia. O crime aconteceu no sábado, 4, e foi comunicado no plantão policial somente no final da tarde do dia seguinte.

De acordo com a PM, no período da manhã de domingo, 5, foi comunicado o roubo de uma motocicleta no dia anterior. Conforme os policiais, uma equipe fazia patrulhamento na região quando recebeu denúncia anônima informando que dois menores de 15 anos estariam transitando, em alta velocidade, em uma moto azul e sem placa e, que naquele momento, estariam parados em um ponto de ônibus na rua Benedito Nunes.

Os PMs se deslocaram ao local e abordaram os indivíduos, porém, nada de ilícito foi encontrado. Posteriormente, na casa de um dos adolescentes, os agentes teriam localizado a moto e o celular roubados do ajudante de pintor, sendo que o veículo estaria sem a placar e “parcialmente desmontado”.

Questionado, o menor que reside no imóvel teria alegado ter “achado” a moto e o celular próximos a um bar, enquanto o outro adolescente teria afirmado que havia apenas transitado como garupa na motocicleta.

Segundo o boletim de ocorrência, além do aparelho de telefone e do veículo, na casa do menor, ainda foram apreendidas 14 ferramentas – entre chaves de boca, marreta, alicates, chave de fenda, chave “l”, chave Philips e alavanca – e 10 peças diversas da carenagem da motocicleta.

Conforme o BO, na delegacia policial, a vítima afirmou que não tinha condições de fazer o reconhecimento dos menores, pois, no momento do crime, os indivíduos estariam utilizando capuz.

A autoridade policial determinou a liberação ao responsável legal, após firmar termo de compromisso e responsabilidade, conforme o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).


  • Bandidos furtam celulares do interior de bolsas no centro

Duas mulheres tiveram os celulares furtados das bolsas delas na região central. Uma comerciante de 76 anos foi vítima na terça-feira, 30 de abril, e uma aposentada de 64 anos, na sexta-feira, 3, mas os ambos os crimes foram comunicados no plantão policial na tarde de segunda-feira, 6.

Segundo relatado pela comerciante, na segunda-feira, 30 de abril, por volta das 13h, ela compareceu a uma lotérica para efetuar o pagamento de contas.

Ao retornar para a casa, a vítima teria percebido que a bolsa estaria aberta e que o celular (marca Motorola, modelo Moto G5S) e alguns documentos pessoais haviam sumido.

Três dias depois, na sexta-feira, 3, aproximadamente às 11h30, uma aposentada esteve em uma loja e, no interior do estabelecimento comercial, haveria uma grande aglomeração de pessoas.

De acordo com o relato, ao deixar o local, a mulher notou que o compartimento lateral da bolsa estava aberto e que o celular (marca Samsung, modelo Galaxy J1 Mini) havia desaparecido.

Segundo o BO, a vítima não teria apontado suspeitos devido ao grande número de pessoas que estavam dentro da loja.

Publicidade