Notas policiais

811
Publicidade
  • Procurado pela Justiça salta no Manduca em fuga da PM

Um homem de 25 anos, procurado pela Justiça, foi preso, na manhã de terça-feira, 9, na área central. Uma equipe da Polícia Militar Ambiental encontrou o acusado e o apresentou na Delegacia Central.

De acordo com a PM, uma guarnição fazia patrulhamento pela rua 11 de Agosto, na altura do Posto Ipiranga, quando suspeitou do rapaz. Ele teria mudado de atitude e fugido ao receber ordem de parada dos militares.

Os policiais seguiram o suspeito por diversas ruas do centro até que, na rua São Martinho, o jovem teria se jogado no ribeirão Manduca e acabou sendo detido por um dos militares. Questionado, o rapaz teria afirmado que havia fugido do sistema prisional.

Em consulta ao sistema de segurança, os militares constataram que o homem estava evadido do CPP (centro de progressão penitenciária) de Porto Feliz desde segunda-feira, 8. Ele foi encaminhado à Delegacia Central, onde permaneceu aguardando transferência à unidade prisional.


  • Mulher sofre golpe de R$ 800 ao comprar moto pela internet

Uma mulher de 36 anos perdeu R$ 800 ao comprar uma motocicleta por meio de uma rede social, na manhã de sábado, 6. A vítima registrou boletim de ocorrência na Central de Flagrantes da Polícia Civil na terça-feira, 9.

Publicidade

Conforme relatado, a mulher viu o anúncio de uma “Biz” no Facebook e negociou a compra com um anunciante, por meio da página “Classificados Tatuiano”. Logo depois, a vítima teria depositado R$ 800 em uma conta poupança.

A mulher não informou à PC se esse seria o valor total combinado pela compra, contudo, registrou que, após entrar em contato o suposto vendedor para saber como pegaria o veículo, o homem teria dito: “Que dinheiro moça, você perdeu”.

Segundo o boletim, a mulher entrou em choque ao perceber o golpe, mas não conseguiu recuperar o dinheiro e procurou a Polícia Civil para informar o crime.


  • Tecelã tem veículo furtado ao fazer compras em “mercado”

Uma tecelã de 35 anos teve o veículo furtado na tarde de terça-feira, 9, por volta das 17h, próximo a um supermercado na região central. A vítima informou a ocorrência à PC cerca de duas depois do crime.

De acordo com a vítima, o veículo ficou estacionado em frente a um supermercado, na avenida Salles Gomes, enquanto ela fazia compras no estabelecimento. Contudo, ao retornar para buscar o carro, percebeu que o automóvel fora furtado.

Conforme o boletim, o documento de licenciamento obrigatório do veículo, duas carteirinhas do Sesi e chaves da residência da vítima também foram levados com o veículo. A mulher não apontou suspeitos ou testemunhas.


  • Trio ameaça motorista e rouba caminhão no bairro Jd. Tatuí

Três pessoas ameaçaram um motorista de 56 anos e roubaram um caminhão, na tarde de terça-feira, 9, no Jardim Tatuí. O proprietário do veículo informou o crime à PC já no período da noite.

Segundo relatado, o homem seguia pela rodovia Gladys Bernardes Minhoto no momento em um carro preto, modelo Gol “Bola”, entrou na frente do caminhão e ficou atravessado, impedindo a passagem.

Um homem teria saído do veículo e corrido ao encontro da vítima, anunciando o assalto, enquanto outros dois estariam dando cobertura. Segundo a vítima, os três usavam capuz, não sendo possível identificá-los.

Ainda conforme a vítima, os bandidos fizeram-na ficar de costas para eles, enquanto fugiam levando o caminhão. Além do veículo, foram levados documentos e R$ 680 em dinheiro, que estariam dentro do automóvel.


  • Idosa tem carteira furtada em loja de roupas na área central

Uma idosa de 80 anos teve a carteira furtada da bolsa dela dentro de uma loja de roupas na área central, quarta-feira, 10, por volta das 12h. A vítima informou o crime no plantão da PC algumas horas depois.

Conforme o boletim, a aposentada estava vendo roupas em uma loja da rua Prudente de Moraes e, depois de algum tempo, deixou o estabelecimento para ir até um supermercado, local onde percebeu o furto.

A vítima teria procurado a carteira para pagar as mercadorias no caixa do supermercado, momento em que constatou a falta da carteira. Além do acessório, foram levados documentos pessoais e R$ 222 em dinheiro.

Um sobrinho que acompanhava a vítima pagou as compras e levou-a para a Delegacia Central.  No local, a mulher contou à PC que, enquanto estava na loja, teria estranhado a atitude de três mulheres.

As suspeitas estariam paradas em uma escada da loja e teriam atrapalhado a passagem da idosa, aglomerando-se e deixando um pequeno espaço para que ela pudesse passar, ficando uma de frente e outras duas pelas costas da vítima.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome