Notas policiais

3252
Publicidade
  • Mulher perde mais de R$ 7 mil após aceitar “ajuda” em banco

Uma mulher de 55 anos teve prejuízo de mais de R$ 7.000 ao aceitar a “ajuda” de um estranho em uma agência bancária, na área central da cidade. O crime aconteceu na sexta-feira, 18, por volta das 19h. A vítima informou a Polícia Civil na tarde de segunda-feira, 21, após descobrir o golpe.

Conforme relatado, a mulher estava retirando um extrato bancário quando um homem estranho aproximou-se oferecendo ajuda. Ela teria aceitado e entregado o cartão para que o rapaz fizesse a operação, porém, o caixa eletrônico acusava cartão bloqueado.

A vítima pegou o cartão, foi embora para casa e, depois de dois dias, percebeu que o cartão que estava com ela era de outra pessoa e que o original havia sido trocado.

Na agência bancária, a vítima soube que, desde sexta-feira, haviam sido efetuadas diversas transações na conta dela, desde compras em um posto de combustíveis de Capão Bonito até saques e transferências para contas de terceiros, somando prejuízo de R$ 7.452,21.


  • Dupla de mulheres rouba loja e vítima é ameaçada com faca

Duas mulheres invadiram uma loja de roupas, na tarde de sexta-feira, 18, e ameaçaram a uma comerciante com uma faca, no Jardim Rosa Garcia II. A lojista informou o crime à PC na tarde de sábado.

Publicidade

De acordo com o boletim, a comerciante estava sozinha no estabelecimento quando a dupla entrou e começou a ameaçá-la, pedindo dinheiro, mercadorias e o celular. Segundo a vítima, uma das mulheres estava armada com uma faca e apontava o objeto para o pescoço dela enquanto fazia as exigências.

Seis pares de sapato, um celular da marca Motorola (avaliado em R$ 794) e R$ 100 em dinheiro foram levados. Entre os sapatos, estão um tênis da Nike, dois da marca Adidas e três sandálias modelo rasteirinhas, sendo que as últimas foram deixadas no caminho durante a fuga e, posteriormente, teriam sido recuperadas.


  • Bando rouba carro de idoso de 72 anos na rua Capitão Lisboa

Um idoso de 72 anos teve o carro roubado, na madrugada de sábado, 19, por volta de 1h, na rua Capitão Lisboa, área central da cidade.

Cinco homens renderam o aposentado e levaram o veículo, um Fiat Uno Vivace, sendo que um deles estaria carregando uma arma de fogo. A vítima registrou o crime no plantão policial da Delegacia Central cerca de três horas depois do assalto.

Conforme relatado, o bando rendeu a vítima no momento em que ela estacionou o carro para um amigo descer. Além do automóvel, documentos pessoais, cartões bancários, um GPS, um celular da LG e R$ 150 em dinheiro, que estavam no dentro do veículo, também foram levados.

Segundo a vítima, após anunciar o assalto, os homens fugiram no sentido à vila Esperança. O aposentado não soube descrever os assaltantes.


  • Vítima recupera itens furtados e irmão acaba preso pelo crime

Na tarde de sexta-feira, 18, a Guarda Civil Municipal prendeu um homem de 35 anos no Jardim Rosa Garcia II. O acusado teria sido encontrado com diversos itens em uma construção e deve responder por receptação.

Parte do material apreendido com o rapaz foi reconhecida pela irmã do suspeito, uma idosa de 62 anos, moradora do bairro CDHU, que havia registrado uma ocorrência de furto na terça-feira passada, 15.

Segundo o boletim, denúncias anônimas informaram à GCM que um rapaz trajando camiseta azul e calça jeans estaria em uma construção na rua Marcelino de Souza, com produtos eletrônicos de “procedência duvidosa”.

Durante a abordagem, o suspeito estaria carregando uma mala preta, onde teriam sido encontrados diversos documentos e ferramentas, algumas “aparentemente adaptadas para arrombamento”.

Ainda segundo a GCM, no mesmo cômodo onde estava o rapaz, foram localizados um aparelho de som da marca Sony, um DVD player Philco, duas caixas de som, mais ferramentas e, dentro de uma sacola, diversas carteiras contendo documentos de terceiros.

Questionado, o acusado teria afirmado que estava ali trabalhando e que não sabia como os objetos tinham ido parar lá.

Em seguida, os agentes se dirigiram até a casa do rapaz, onde foram recebidos pela esposa dele. A mulher teria autorizado a entrada dos guardas e, ainda, apontado uma série de aparelhos eletrônicos os quais ele teria afirmado que recebera em troca de dividas.

Um forno de micro-ondas, um home theater com caixas de som, dois aparelhos de DVD, uma televisão de 32 polegadas, um conversor digital, oito copos e uma caneca que estariam no quarto do casal foram recolhidas pela GCM.

Na sequência, os agentes levaram o homem à Delegacia Central, onde o material encontrado teria sido reconhecido pela irmã do acusado como os produtos que foram furtados da casa dela na semana passada.

A mulher teve a casa furtada na terça-feira passada, 15, no bairro CDHU. Segundo o boletim registrado na ocasião, a vítima notou a falta de um rádio portátil, dois home theaters, um micro-ondas, dois DVD players, um conversor de canais e duas televisões. Na ocasião, a mulher não apontou nenhum suspeito.


  • Ladrões invadem casa da zona rural para furtar ferramentas

Ferramentas e objetos pessoais foram furtados de uma casa na área rural do município, durante a madrugada de sábado, 19. Uma furadeira, ferramentas manuais, gás de cozinha e roupas foram levadas.

A vítima, um aposentado de 66 anos, informou o crime à PC na manhã de domingo, 21. Conforme relatado, o homem notou que os objetos haviam sido levados no momento em que entrou no imóvel. Ele não apontou suspeitos.

Publicidade