Notas policiais

945
Publicidade
  • Caminhão Ford de gerente de loja é furtado na quarta-feira

Um caminhão Ford F-350, com placas de Tatuí, foi furtado na rua Ayrton Senna da Silva, no Jardim Aeroporto, na madrugada de quarta-feira, 31 de maio.

De acordo com a vítima, um gerente de 40 anos, o veículo estava estacionado quando desapareceu. O furto foi percebido na manhã seguinte.

O caminhão foi fabricado em 2011 e tem cor prata. Conforme o boletim de ocorrência, ele estava travado. O veículo possui seguro.


  • Comerciante é levado ao ‘DP’ por comércio irregular de gás

Um comerciante de 49 anos foi conduzido ao plantão policial por vender irregularmente botijões de gás. O caso ocorreu na vila Minghini, na manhã de quarta-feira, 31 de maio, durante operação da Polícia Civil.

Conforme o boletim de ocorrência, o comerciante expunha, na loja dele, dois botijões de gás para venda. Ao ser questionado pelos agentes da PC, apresentou uma autorização, entretanto, o documento era referente a outro ponto comercial, no São Conrado.

Publicidade

Levado ao plantão, o responsável pela empresa confirmou a venda de gás em local distinto ao da autorização. Ele disse acreditar que, por ser uma quantidade pequena, não seria necessária nova documentação.

O comerciante foi liberado, entretanto, os botijões de gás permaneceram apreendidos. Um inquérito foi instaurado para investigação.


  • Chácara situada no bairro dos Mirandas é invadida e furtada

Uma propriedade rural no bairro dos Mirandas foi invadida e furtada no dia 23 de maio, terça-feira. O caso foi comunicado à Polícia Civil na quarta-feira, 31.

Segundo o caseiro, de 64 anos, foram levados uma roçadeira que estava em um barracão e um receptor de parabólica da sede. A testemunha não soube dizer o horário em que o furto pode ter ocorrido.


  • GCM apreende criança de 11 anos por comércio de cocaína

A Guarda Civil Municipal prendeu um estudante de 18 anos e apreendeu três menores na rua Pedro Domingues Menke, na vila Angélica, na noite de sábado, 27 de maio.

Conforme o boletim de ocorrência, o local é conhecido nos meios policiais pelo tráfico de drogas. Os agentes chegaram ao endereço após denúncia anônima apontar o envolvimento de quatro pessoas na venda de entorpecentes.

Conforme a denúncia, dois dos suspeitos ficariam encarregados de receber o dinheiro e outros dois, pela entrega dos papelotes. A droga estaria escondida nos arredores da mesma rua.

Ao chegarem, os guardas municipais abordaram uma criança de 11 anos, dois adolescentes, com idades entre 16 e 17 anos, e o estudante Paulo Ricardo de Souza de Oliveira, 18.

Os agentes encontraram, com a criança, R$ 120 em dinheiro e, com o adolescente de 17 anos, R$ 45. Com os demais, foi achada uma porção de cocaína cada.

Nas proximidades, foram encontradas cinco porções da mesma droga. Segundo o boletim de ocorrência, os papelotes teriam acondicionamento semelhante aos que estavam com os suspeitos.

O menino de 11 anos foi liberado para a mãe. A PC conduziu os adolescentes à Fundação Casa. O estudante permaneceu preso.


  • Foragido é recapturado pela PM em avenida da Prefeitura

Policiais militares recapturaram um homem de 24 anos que estava foragido da Justiça. A prisão ocorreu na noite de domingo, 28 de maio, na avenida Cônego João Clímaco de Camargo, no centro.

Conforme o boletim de ocorrência, José de Menezes Cabeleira passava pela via quando foi abordado. Durante a checagem da documentação, os policiais descobriram que o jovem figurava em mandado de prisão em aberto. Cabeleira foi levado ao plantão policial, onde permaneceria à disposição da Justiça.


  • Jovem de 27 anos é preso por roubar celulares de mulheres

GCMs prenderam um jovem de 27 anos suspeito de roubar duas mulheres em um estabelecimento comercial na avenida Dr. Salles Gomes, no centro. O caso ocorreu na noite de sábado, 27 de maio.

Conforme boletim de ocorrência, Carlos Alexandre Marques de Oliveira teria se utilizado de uma faca para ameaçar e roubar celulares de uma idosa de 63 anos e uma artesã de 47 anos.

Após o roubo, o suspeito foi cercado por populares e imobilizado. Com a chegada da GCM, o suspeito foi algemado e conduzido ao plantão policial.

O delegado plantonista Carlos Augusto Palumbo Del Gallo decidiu manter Oliveira preso. Dois dos três celulares roubados foram recuperados e entregues às vítimas.

Publicidade