NOTAS POLICIAIS

212
Publicidade





Mulher leva cão para banho em ‘pet shop’ e não retorna

No sábado, 26, uma mulher deixou um cão em um “pet shop” e não voltou para buscá-lo. O estabelecimento fica localizado na rua São Bento, no centro.

De acordo com o boletim de ocorrência, o dono do pet shop teria recebido um cachorro de pequeno porte para o trabalho de banho e tosa.

Para “burlar” o estabelecimento, a mulher teria se recusado a fornecer dados para contato. Ela alegou que iria até o banco sacar dinheiro para o serviço e não voltou mais.

Publicidade

O cão, de raça indefinida, encontra-se em poder do pet shop, em bons cuidados, aguardando para ser entregue ao dono ou responsável.


Mulher é vítima de ‘saidinha de banco’ e perde R$ 7.000

Uma mulher foi assaltada após sair de uma agência bancária localizada na rua 11 de Agosto, no centro. O caso aconteceu por volta das 15h15 de quarta-feira, 30.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima relata que foi até o Banco do Brasil para sacar a quantia de R$ 7.000 na “boca do caixa”. O dinheiro teria sido colocado em um envelope da agência.

Após efetuar o saque, a mulher teria ido a uma farmácia e, logo depois, retirar o veículo de um estacionamento na rua Cônego Demétrio.

A vítima afirma que estava indo para a casa da irmã, na rua Humaitá. Devido à falta de vagas, ela retonou ao centro pela rua Coronel Aureliano de Camargo. Lá, encontrou um lugar para estacionar, próximo ao local.

Naquele momento, antes mesmo de sair do veículo, a mulher teria sido abordada por dois homens, que estavam numa motocicleta. Um deles desceu armado e anunciou o assalto, enquanto o outro permaneceu na moto.

De acordo com a vítima, o suspeito estava armado com um revólver e teria exigido que lhe fosse entregue o envelope. Ela teria respondido que não sabia de envelope nenhum.

Percebendo que a vítima estava segurando uma bolsa, o homem teria a puxado das mãos dela, encontrado e levado o envelope de dinheiro.

Além do valor, os suspeitos levaram veículo e celular da vítima. O carro foi encontrado logo depois, abandonado em via pública.


Assalto em mercado termina com duas pessoas feridas

Duas pessoas ficaram feridas durante assalto a um mercado na rua Prefeito Manoel Luís da Silva Sá, na vila Paulina. O crime ocorreu no dia 12 de setembro, mas só foi registrado na terça-feira, 29.

Conforme o boletim de ocorrência, dois agentes da Polícia Militar foram acionados pela vítima – um policial militar aposentado, que alegou estar ferido após o assalto.

A vítima disse que estava vistoriando o mercado, quando foi até o estacionamento do estabelecimento. Lá, teria sido abordado por três homens encapuzados. Dois deles estariam portando um “pé de cabra”, enquanto outro simulava estar armando.

Segundo relatou a vítima, os suspeitos foram com ela até o interior do mercado e danificaram a porta de vidro lateral do estabelecimento, onde estavam duas funcionárias.

Lá, as vítimas teriam sido levadas para o banheiro do mercado, com um dos suspeitos. Nesse momento, uma das funcionárias ficou ferida quando bateu o rosto na porta, depois que os suspeitos tentaram arrombar essa entrada.

Segundo o BO, enquanto um dos suspeitos vigiava as vítimas, os outros dois tentavam violar o caixa automático com o pé de cabra, mas não obtiveram sucesso.

Durante a tentativa, o militar aposentado teria entrado em luta corporal com um dos suspeitos. Ele teria escorregado no piso do banheiro e machucado a perna e o olho.

Quando o alarme do mercado soou, os suspeitos fugiram levando o celular de umas das funcionárias. Os feridos foram encaminhados ao pronto-socorro e passam bem.


Rapaz é pego suspeito de usar menores para traficar drogas

Policiais militares flagraram um homem suspeito de tráfico de drogas na praça Aldo Zani I, na vila Brasil. O flagrante ocorreu na manhã de terça-feira, 29.

De acordo com o boletim de ocorrência, denúncias anônimas davam conta de que Aguinaldo Saturnino de Assis, 18, estaria traficando drogas no local.

As denúncias davam conta, ainda, de que o jovem utilizaria menores na prática de delitos. No endereço indicado, os militares encontraram duas pessoas com “atitudes suspeitas”. Elas teriam saído de um matagal e, rapidamente, subido em uma moto preta, da marca Honda, modelo BIS, e fugido.

Logo em seguida, os PMs avistaram mais dois indivíduos saindo do mesmo local. Eles foram abordados, e um deles, o maior de idade, foi identificado como o suspeito relatado pela denúncia.

No bolso dele, os militares teriam encontrado uma porção de maconha, R$ 195 e um aparelho celular com mensagem sobre o tráfico de drogas. Com o adolescente, foram localizados outra porção de maconha e R$ 47. Aguinaldo foi preso em flagrante e o menor, apreendido.


Publicidade