Mestre Jair

264
Publicidade
CLÁUDIO ALDECIR

Numa cidade pequena, Quatis, perto de Volta Redonda no Estado do Rio de Janeiro, nasceu o grande jogador de futebol brasileiro dos anos 1940, 50 e começo de 60.

Jair Rosa Pinto, era um maestro na meia-cancha, como se falava antigamente.

Meia-esquerda hábil, inteligente, ótimo lançador, de bom passe e de chutes bem colocados.

Surgiu com destaque no Madureira, formando um trio famoso, ao lado de Lelé e Isaías, denominado de Os Três Patetas.

Seguiu com sucesso no Vasco, Flamengo, Palmeiras, Santos, São Paulo (conforme a foto) e encerrou na Ponte Preta.

Publicidade

Sua grande mágoa foi ter perdido o Mundial de 1950 no seu próprio país, um craque que merecia um título mundial pela seleção.

NOTA: As fotos são do arquivo pessoal do autor, que data de 50 anos. Ele, como colecionador e historiador do futebol, mantém um acervo não somente de fotos, mas de figurinhas, álbuns, revistas, recortes e dados importantes e registros inéditos e curiosos do futebol, sem nenhuma relação como os sites que proliferam sobre o assunto na rede de computadores da atualidade

Publicidade