Médico tatuiano conquista mais de 130 mil seguidores em canal online

Gastrocirurgião Juliano Piunti Teles recebe placa dos 100 mil do YouTube

11162
Publicidade

O gastrocirurgião tatuiano Juliano Piunti Teles recebeu, no final do mês passado, uma premiação do YouTube por ter conquistado 100 mil seguidores, por meio do canal “Dr Juliano Teles”.

A plataforma de vídeos oferece aos produtores de conteúdo que alcançam essa marca o denominado “Botão de Prata”, uma placa com o símbolo da mídia social e o nome do canal, parabenizando-os pela audiência.

Conforme o médico, chegar à marca foi uma “grande surpresa”. Ele afirma que, quando começou a produzir vídeos, não imaginava que teria tanto retorno.

“O principal objetivo era ajudar as pessoas a terem acesso a informações sobre saúde e qualidade de vida. Nem em sonho imaginava que chegaria a esse número. Nem era minha pretensão, mas fiquei muito feliz. Esta placa é uma forma de sentir que estou conseguindo chegar às pessoas”, ressaltou.

Teles é formado há mais de 20 anos, com especialização em cirurgia geral e do aparelho digestivo, pela Unesp – Faculdade de Medicina de Botucatu, e iniciou a trajetória profissional em Tatuí, onde atua há 16 anos como gastrocirurgião, nutrologista e especialista em medicina integrativa.

Publicidade

Há aproximadamente dois anos, ele decidiu utilizar a internet como instrumento para orientações sobre diversos assuntos relacionados à saúde.

A busca por novos meios de promover o conhecimento e passar informações sobre qualidade de vida surgiu a partir do pedido de uma paciente.

O canal no YouTube possui, atualmente, 134 mil inscritos e conta com mais de 3 milhões de visualizações.  No vídeo de maior sucesso, ele fala sobre “como acabar com os gases e o inchaço abdominal”. O tema, publicado há dois meses, rendeu mais de 800 mil visualizações até o fechamento desta reportagem.

De acordo com Teles, a primeira plataforma usada foi o Facebook, visando contribuir com informações básicas, que pudessem melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas. Com a ferramenta, os pacientes e internautas de outros locais, além de Tatuí, passaram a acompanhar os primeiros vídeos.

Como o algoritmo da rede social restringe as visualizações, a equipe passou a usar o YouTube como mídia principal, já visando a um maior número de seguidores. Teles comenta que tudo começou como uma “brincadeira”, que, aos poucos, foi tomando forma e tornou-se compromisso.

Dr. Juliano Teles comemora os 100 mil inscritos no canal online (foto: Diléa Silva)

No canal, são postados vídeos novos todas as sextas-feiras. Nele, o internauta pode encontrar conteúdos relevantes e que vão além da medicina tradicional.

A página já conta com mais de 60 vídeos publicados, nos quais o médico aborda, de forma didática, assuntos como emagrecimento, suplementos vitamínicos e plantas de uso medicinal, entre muitos outros assuntos.

“São assuntos que fazem parte do dia a dia no meu consultório, e, ainda, dicas que recebo dos meus seguidores. Mas, gosto de usar uma linguagem simples, para que qualquer pessoa possa entender”, afirmou.

Com o canal, além dos seguidores, o médico conta ter ganhado novos pacientes e até novos amigos, já que mantém uma interativada com os internautas, por meio dos comentários. “Respondo pessoas do Brasil inteiro, além de pessoas de vários países”.

Conforme as regras do YouTube, o criador de conteúdo pode ganhar as placas comemorativas com os botões de “prata”, “ouro” e “diamante”. As recompensas são enviadas a canais qualificados, que ultrapassam 100 mil inscritos, um milhão e 10 milhões, respectivamente.

Apesar do crescimento do número de inscritos, o médico garante que não tem pretensão de chegar a um milhão de inscritos.

“Meu objetivo não é viver do YouTube; tenho muitos pacientes e o consultório é a minha prioridade. Quero continuar ajudando as pessoas e fazendo os vídeos semanais, mas sem pretensão. Se chegar a acontecer, ficarei feliz, mas não é minha prioridade”, garantiu.

Ele ainda reforça que os planos dele visam a melhorar a qualidade dos vídeos e manter o padrão e qualidade. “Tenho procurado melhorar desde que comecei. Já investi em iluminação, melhoria do áudio e do vídeo, e ainda quero trocar uns equipamentos e melhorar a qualidade técnica”, assegurou.

Teles acrescentou que, mesmo com pouco tempo, o canal já tem alguns “haters” (termo usado na internet para classificar pessoas que postam comentários de ódio ou crítica sem critério). Contudo, o médico comenta já estar aprendendo a conviver com a situação.

“Trato numa boa. Se for um comentário extremamente maldoso, eu excluo a pessoa; já as críticas são importantes. Tem algumas pessoas que dão o ‘deslike’, não gostam do conteúdo. Mas, eu compreendo, acho que está valendo a pena fazer os vídeos. Percebo que a maioria das pessoas quer que eu cresça e dá um retorno positivo”, concluiu.

As postagens semanais do gastrocirurgião tatuiano também podem ser acessadas a partir da página de abertura do jornal O Progresso em seu portal de notícias (www.oprogressodetatui.com.br).

Conheça o canal “Dr Juliano Teles”

https://www.youtube.com/channel/UC7NJX2zaHwaoy8tOc_BVhZw/videos

Publicidade